Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13472
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeitos do aumento da participação da China sobre as exportações brasileiras: 1983-2013
metadata.dc.creator: Vieira, Edson Roberto
metadata.dc.contributor.advisor1: Xavier, Clesio Lourenco
metadata.dc.contributor.referee1: Vieira, Fabrício de Assis Campos
metadata.dc.contributor.referee2: Vieira, Flavio Vilela
metadata.dc.contributor.referee3: Silva, Guilherme Jonas Costa da
metadata.dc.contributor.referee4: Silva, Karine Aparecida Obalhe da
metadata.dc.description.resumo: O objetivo desse trabalho é analisar os impactos do crescimento da participação da China no total das exportações brasileiras sobre tais exportações, verificando o que ocorreu com sua estrutura, com a composição de sua pauta e com o papel que elas desempenharam para o crescimento da economia doméstica no período 1983-2013. Para levar a cabo seu objetivo, o trabalho analisou modelos que consideram o impacto da China sobre as exportações brasileiras e outros que desconsideram esse impacto. Em primeiro lugar, foi utilizado o método de controle sintético para estudos comparativos visando construir uma melhor unidade para comparação com o Brasil após o aumento da participação da China no total de suas exportações, aqui denominada País Sintético. Depois de constituído esse País Sintético, passou-se à estimação dos modelos econométricos definidos no trabalho, pretendendo-se, com isso, fazer comparações entre os resultados dos parâmetros dos modelos referentes ao Brasil e dos referentes ao País Sintético, tendo como base análises de resposta a impulso, de decomposição da variância do erro, o teste de causalidade de Granger e o método de cointegração de Johansen. Foi constituído também o Índice de Impacto da China Sobre as Exportações Brasileiras (ICEB), com o objetivo de verificar com mais detalhes e didaticamente se o aumento da participação da China no total dos embarques brasileiros afetou as variáveis que determinam as exportações do país. Além das exportações agregadas, todas as análises foram realizadas também sobre as exportações brasileiras desagregadas, observando-se nesta desagregação a tipologia de Pavitt. Os principais resultados do trabalho sugerem que as exportações do Brasil e as do País Sintético tiveram aumento significativo no período 1983-2013, só que as brasileiras cresceram de maneira mais intensa após o aumento da participação da China no total das exportações do Brasil. Os resultados encontrados para o ICEB ajudam a ilustrar que a renda externa ponderada continua sendo a variável mais relevante para explicar os movimentos das exportações brasileiras, mas também dão indícios de que há um processo de aumento do papel dos preços na explicação dessas exportações. Em termos das exportações desagregadas, as análises feitas neste trabalho indicam que o crescimento das exportações brasileiras tem sido alavancado, sobretudo, pelas exportações de produtos básicos em detrimento daquelas de produtos manufaturados e de maior valor agregado, o que não deixa claro se o aumento da participação da China no total das exportações causou alguma alteração no papel dessas exportações na alavancagem do crescimento da economia brasileira.
Abstract: This study analyze the impact of China's share of growth in total Brazilian exports of these same exports, checking what happened to their structure, the composition of its agenda and the role they play in the growth of leverage domestic economy in the period 1983-2013. To carry out its purpose, the study analyzed models that consider the impact of China on Brazilian exports and others who disregard this impact. First, we used the synthetic control method for comparative studies to build a better unit for comparison with Brazil after the rise of China's share of total exports, here called Synthetic country. After made this synthetic Country, it went to the estimation of econometric models defined in the work, and we want it, thereby making comparisons between the results of the model parameters for the Brazil and for the Synthetic country, based on analysis of impulse response, error variance decomposition, the Granger causality test and co-integration method of Johansen. It was also made China's Impact Index About the Brazilian Exports (ICEB) in order to check in more detail and didactically the increase of China's participation in the total Brazilian exports affected the variables that determine the country's exports. In addition to exports aggregated, all analyzes were also performed on disaggregated Brazilian exports, observing this breakdown the types of Pavitt. The main results of the study suggest that exports from Brazil and the Synthetic Country had a significant increase in the period 1983-2013, only Brazilian grew more intense after the increase in China's share of total exports from Brazil. The results for the ICEB help illustrate the weighted foreign income remains the most relevant variable to explain the movements of Brazilian exports, but also give evidence that there is a process of increasing the role of prices in explaining these exports. In terms of disaggregated exports, the analyzes in this paper indicate that the growth of Brazilian exports have been boosted mainly by exports of commodities at the expense of those of manufactured products with higher added value, which does not make clear whether the increased China's share of total exports has caused a change in the role of these exports on leveraging the growth of the Brazilian economy.
Keywords: Exportação - Brasil
Análise conformacional
Exportação - China
Exportações brasileiras
Brasil- China
Determinantes das exportações
Análise contrafactual
Brazilian exports
Brazil-China
Determinants of Exports
Counterfactual analysis
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Economia
Citation: VIEIRA, Edson Roberto. Efeitos do aumento da participação da China sobre as exportações brasileiras: 1983-2013. 2015. 182 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13472
Issue Date: 25-Nov-2015
Appears in Collections:TESE - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosAumentoParticipacao.pdf14.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.