Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13471
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A lei do valor e o planejamento econômico de natureza capitalista
metadata.dc.creator: Lopes, Tiago Camarinha
metadata.dc.contributor.advisor1: Almeida Filho, Niemeyer
metadata.dc.contributor.referee1: Garlipp, José Rubens Damas
metadata.dc.contributor.referee2: Sampaio Júnior, Plínio Soares de Arruda
metadata.dc.contributor.referee3: Sawaya, Rubens Rogério
metadata.dc.contributor.referee4: Cardozo, Soraia Aparecida
metadata.dc.description.resumo: O conceito de lei do valor e o planejamento econômico próprio da dinâmica de valorização do valor são analisados a partir do entrelaçamento entre a Economia Política de Marx e a ciência econômica em geral. O trabalho é dividido em duas partes. A primeira parte conecta o conceito de lei do valor da Economia Política Clássica com as discussões sobre planejamento que antecederam a Primeira Guerra Mundial para explicitar como o ideal da mão invisível se chocou com a realidade da ascensão do controle social da reprodução econômica. A segunda parte desenvolve a relação entre Estado e capital para apontar que o controle sobre a lei do valor não implica no fim do modo de produção capitalista. Assim, a reprodução ampliada infinita do valor deve ser admitida como possibilidade formal e a saída projetada por Keynes deve ser reconhecida como uma reação anticomunista altamente capaz que impele uma revisão da ruptura abrupta entre o socialismo científico (marxista) e o socialismo utópico. Os dois principais resultados da investigação são que: (i) em confluência com as conclusões finais de Celso Furtado em Economia Política, a conquista política da técnica de planejamento econômico é a única maneira de escapar da alienação contida no planejamento econômico de natureza capitalista e de evitar o caminho desenvolvimentista/reformista que afasta o radicalismo de Keynes em relação ao fluxo progressivo dos socialistas utópicos e (ii) a corrente keynesiana-estruturalista (em todas as suas variações e espectros políticos) que hegemonizou a formação do economista brasileiro desde meados do século 20 não se beneficiará das consequências da crise de 2008 e tende a ser substituída por uma polarização cada vez mais nítida que deve elevar a presença das Escolas Marxista e Austríaca no percurso de educação do cientista econômico no país.
Abstract: The concept of law of value and the economic planning adequate for the dynamics of value expansion are analyzed on the basis of the links between Marx s Political Economy and economic science in general. The thesis is divided into two parts. The first part connects the concept of law of value of the Classical Political Economy with the debates about planning before World War One in order to show how the ideal of invisible hand contradicted the ascension of social control of the economic reproduction. The second part develops the relationship between capital and state to indicate that the control over the law of value does not imply the end of the capitalist mode of production. Thus, the infinite amplified reproduction of capital must be admitted as a formal possibility and the solution sketched by Keynes must be recognized as a highly capable anti-communist reaction which leads to a revision of the abrupt rupture between scientific (Marxist) socialism and utopian socialism. The two main results of the research are: (i) in convergence with Celso Furtado s final conclusions on Political Economy, the political conquer of the technique of planning is the only way to escape from the alienation inside the economic planning of capitalist nature and to avoid the reformist/developmentalist way which detaches Keynes radicalism from the progressive flow of the utopian socialists, and (ii) the Keynesian-structuralist approach (in all its variations and political perspectives) which dominated the education of the Brazilian economist since the first half of the 20th century will not benefit from the crisis of 2008 and tends to be replaced by a growing polarization which will increase the presence of the Marxist and Austrian Schools along the formation of the economic scientist in Brazil.
Keywords: Teoria do valor
Lei do valor
Economia política
História do pensamento econômico
Planejamento econômico
Marx
Keynes
Value theory
Law of value
Political economy
History of economic thought
Economic planning
Valor (Economia)
Keynes, John Maynard, 1883-1946
Marx, Karl, 1818-1883
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Economia
Citation: LOPES, Tiago Camarinha. A lei do valor e o planejamento econômico de natureza capitalista. 2015. 290 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13471
Issue Date: 17-Dec-2015
Appears in Collections:TESE - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LeiValorPlanejamento.pdf2.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.