Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13470
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Inovação organizacional na indústria brasileira
Author: Oliveira, Carlos Eduardo de
First Advisor: Avellar, Ana Paula Macedo de
First member of the Committee: Corrêa, André Luiz
Second member of the Committee: Rapini, Márcia Siqueira
Third member of the Committee: Botelho, Marisa dos Reis Azevedo
Fourth member of the Committee: Damasceno, Aderbal Oliveira
Summary: O objetivo geral desta tese é verificar se a Inovação Organizacional (IO) é capaz de influenciar positivamente o desempenho das empresas industriais brasileiras e a existência de complementaridade com a Inovação Tecnológica (IT). Para a análise empírica, utilizou-se como base de dados as edições de 2008 e 2011 da Pesquisa de Inovação (PINTEC), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os resultados encontrados no Capítulo 1, apontam que, no contexto teórico, a inovação é considerada importante para as empresas obterem vantagem no processo competitivo, sendo a IO fundamental para a evolução da gestão organizacional e para a realização de outros tipos de inovação (produto, processo ou marketing). Realizada análise descritiva dos dados das empresas situadas no Brasil, comparando-os com o das empresas situadas em alguns países selecionados da Comunidade Europeia (CE), observou-se que o percentual das empresas situadas no Brasil, que realizaram somente IO e/ou marketing, é superior, em todas as faixas de pessoal ocupado, às empresas da CE. Porém, em relação à realização de mais de um tipo de inovação concomitantemente, alguns países da CE tiveram percentual de empresas consideravelmente superior, demonstrando a escolha das empresas situadas na CE por realizar mais de um tipo de inovação simultaneamente, em detrimento da realização de somente um tipo. O Capítulo 2 verificou a relação entre IO e Inovação Tecnológica (IT). Os resultados da análise empírica realizada nas empresas situadas no Brasil evidenciam que: i) a quantidade de empresas que realizaram IO concomitantemente com outro tipo de inovação (produto, processo ou marketing) são superiores ao grupo de empresas que realizaram apenas IT (produto ou processo); ii) as empresas que realizam mais de um tipo de inovação apresentam um perfil diferenciado, no que se refere aos indicadores: relações de cooperação, capital estrangeiro, grupo, exportação, apoio do governo, P&D contínuo e dispêndios nas atividades inovativas superiores aos grupos e empresas que realizam apenas um tipo de inovação; iii) a análise de correlação mostra a existência de correlação positiva e fraca entre IO e IT. Os resultados do estudo econométrico desenvolvido no Capítulo 3 evidenciam que apenas nos grupos de empresas que realizaram inovação de produto e inovação em marketing tiveram o coeficiente associado à atividade inovativa positivo e estatisticamente significativo, demonstrando que a realização de inovação de produto e inovação de marketing afetam positivamente o desempenho financeiro (Receita Líquida de Vendas) das empresas. As variáveis Capital Estrangeiro e Gastos em Atividades Inovativas possuem coeficientes associados positivos e estatisticamente significativos, indicando que afetam positivamente o desempenho financeiro em todos os grupos de empresas. Em relação ao desempenho produtivo (Produtividade do Trabalho), somente o grupo de empresas que realizou inovação de produto apresenta coeficiente associado positivo e estatisticamente significativo para a PT. No que se refere ao conjunto das variáveis explicativas, Capital Estrangeiro , Gastos em Atividades Inovativas , Cooperação e Apoio do Governo possuem coeficientes associados positivos e estatisticamente significativos, demonstrando sua influência positiva sobre o desempenho produtivo das empresas brasileiras.
Abstract: The overall objective of this thesis is to verify that the Organizational Innovation (OI) is able to positively influence the performance of brazilian industrial companies and the existence of complementarity with Technological Innovation (IT). For the empirical analysis, it was used editions database as 2008 and 2011 Innovation Survey (PINTEC) conducted by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). The results in Chapter 1, point out that, in the theoretical context, innovation is considered important for companies to obtain advantage in the competitive process, and the fundamental IO to the evolution of organizational management and to carry out other types of innovation (product, process or marketing). Performed descriptive data analysis companies located in Brazil, comparing them with the companies located in selected countries of the European Community (EC), it was observed that the percentage of companies located in Brazil, which held only IO and/or marketing it is superior in all personnel tracks busy to EC business. However, in relation to the performance of more than one type of innovation concurrently, some EC countries had percentage considerably higher than companies, demonstrating the preference of businesses located in the EC to conduct more than one type of innovation simultaneously, rather than conducting only a kind. Chapter 2 investigated the relationship between IO and Technological Innovation (IT). The results of empirical analysis in companies located in Brazil, show that: i) the number of enterprises that have IO concurrently with other types of innovation (product, process or marketing) are higher than the group of companies held just IT (product or process); ii) companies that perform more than one type of innovation present a different profile, with regard to indicators cooperative relations, foreign capital, group, exports, government support, R&D and continuous expenditures on innovative activities superior to those groups and companies that carry only one type of innovation; iii) the correlation analysis shows the existence of positive and weak correlation between IO and IT. The results of the econometric study conducted in Chapter 3 show that only groups of companies that made product innovation and marketing innovation had the coefficient associated with the positive and statistically significant innovative activity, demonstrating that the realization of product innovation and marketing innovation positively affect financial performance (Net Sales Revenue) companies. The variables Foreign Capital and Spending on Innovative Activities have positive and statistically significant coefficients associated, indicating that positively affect the financial performance in all business groups. In relation to productive performance (Labor Productivity), only the group of companies held product innovation has a positive and statistically significant coefficient associated to LP. With regard to the set of explanatory variables, Foreign Capital , Spending on Innovative Activities , Cooperation and Support the Government have positive and statistically significant coefficients associated, demonstrating its positive influence on performance of brazilian companies.
Keywords: Inovação organizacional
Inovação tecnológica
Desempenho
Organizational innovation
Tecnologic innovation
Performance
Desenvolvimento organizacional
Inovações tecnológicas - Aspectos econômicos
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Sociais Aplicadas
Program: Programa de Pós-graduação em Economia
Quote: OLIVEIRA, Carlos Eduardo de. Inovação organizacional na indústria brasileira. 2015. 144 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13470
Date of defense: 21-Sep-2015
Appears in Collections:TESE - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InovacaoOrganizacionalIndustria.pdf14.95 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.