Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13467
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Estudo sobre as exportações dos estados do Nordeste
metadata.dc.creator: Andrade, Maria Elza de
metadata.dc.contributor.advisor1: Vieira, Flavio Vilela
metadata.dc.contributor.referee1: Neder, Henrique Dantas
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Guilherme Jonas Costa da
metadata.dc.contributor.referee3: Salles, Alexandre Ottoni Teatini
metadata.dc.contributor.referee4: Almeida, Alexandre Nunes de
metadata.dc.description.resumo: Esta tese teve por objetivo fazer um estudo referente ao comportamento das exportações dos nove estados do Nordeste do Brasil com ênfase no entendimento de seus determinantes. Para tanto foram construídos três capítulos. A análise compreendeu o período de 1999 a 2012. O primeiro capítulo apresenta por meio de indicadores econômicos e sociais um diagnóstico para os estados da região Nordeste e uma análise de correlação entre as taxas de crescimento das exportações e do PIB e do valor das exportações e o PIB per capita. O segundo expõe dados que permitem traçar um panorama do comportamento das exportações da região Nordeste e seus estados para o período considerado. No terceiro capítulo foi estimado dois modelos de vetor autorregressivo (VAR) buscando compreender a influência da taxa de câmbio real efetiva, da renda externa ponderada pela participação dos dez principais parceiros comerciais e do preço internacional das commodities nas exportações de cada um dos estados da região Nordeste. Os resultados permitem concluir que a região Nordeste e seus estados obtiveram avanços econômicos e sociais no período, no entanto, com algumas exceções, estes permanecem abaixo dos indicadores nacionais. Com base nesta análise preliminar percebe-se que as exportações podem ser um canal de estímulo ao crescimento e desenvolvimento das economias estaduais. As exportações tiveram crescimento significativo, não obstante a queda em 2009 no valor das exportações em oito dos nove estados do Nordeste. A pauta é constituída basicamente de commodities agrícolas e minerais, e manufaturados de baixo valor agregado, além disso foi notório a inserção de novos parceiros comerciais. Constatou-se que a principal variável capaz de explicar o comportamento das exportações é ela própria, no entanto observou-se que o preço das commodities introduzida no modelo VAR também assumiram importância significativa sobre o comportamento das exportações de alguns estados. Taxa de câmbio real efetiva e renda externa ponderada exerceram menos influência, quando comparada às demais variáveis, como determinantes das exportações estaduais.
Abstract: This dissertation main goal is to develop a study on the exports determinants for nine Northeast Brazilian States. In order to achieve this goal the dissertation includes three chapters and the analysis relies on the period of 1999 to 2012. The first chapter uses a set of economic and social indicators to construct a diagnostic for the Northeast States and develops a correlation analysis between the growth rates of exports and GDP and the export value and per capita GDP. The second one develops a set of data that allow one to have an overview of the export behavior for the States of the Northeast region during the investigation period. The third chapter estimates two vector autoregressive (VAR) models in order to understand the role played by the real effective exchange rate, the trade weighted foreign income based on the major ten export partners and the international commodity prices on exports for each one of the Northeast States. The empirical results suggests that the States of the Northeast Region have experienced significant economic and social advances during the period of analysis, but with few exceptions, these advances are still below the national indicators. Based on this preliminary analysis one can say that exports can be a channel to foster economic growth and development for the state economies. Exports have a significant growth, regardless of the decrease during 2009 for eight out of nine Northeast States. The export composition relies mainly on agriculture and mineral commodities, and manufactured products with low aggregate value and it is clear that there has been an increase in the number of new export partners. The empirical results (VAR) provides evidence that exports relies mainly on its own dynamics, however once commodity prices are included in the model there is some significant role for this variable. The real effective exchange rate and the trade weighted foreign income do not seem to have a significant role in explaining State exports.
Keywords: Exportações
Estados no Nordeste
Modelos VAR
Exports
Northeast States
VAR Models
Exportação - Brasil
Brasil, Nordeste - Aspectos econômicos
Exportação - Brasil, Nordeste
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Economia
Citation: ANDRADE, Maria Elza de. Estudo sobre as exportações dos estados do Nordeste. 2015. 230 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13467
Issue Date: 6-Mar-2015
Appears in Collections:TESE - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstudoExportacoesEstados.pdf2.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.