Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13387
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Adaptação e serviços de polinização de Melipona quadrifas- ciata Lepeletier, 1836 (Hymenoptera, Meliponina) em cultivo fechado de Lycopersicon esculentum Mill. (Solanaceae)
Other Titles: Adaptation and pollination services of Melipona quadrifasciata Lepeletier, 1836 (Hymenoptera, Meliponina) in greenhouses of Lycopersicon esculentum Mill. (Solanaceae)
metadata.dc.creator: Bartelli, Bruno Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Fernanda Helena Nogueira
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Paulo Eugenio Alves Macedo de
metadata.dc.contributor.referee2: Campos, Maria José de Oliveira
metadata.dc.description.resumo: Estudos envolvendo o manejo de polinizadores em casas de vegetação tem apontado uma melhora na produtividade e na qualidade dos frutos produzidos. As abelhas sem ferrão são consideradas as mais promissoras no uso como polinizadores comerciais, porém, o conhecimento sobre técnicas de manejo dessas abelhas em estufas ainda é escasso. Este estudo teve como objetivos avaliar a adaptação e a eficiência de polinização de Melipona quadrifasciata em cultivo fechado de Lycopersicon esculentum, variedade sweet grape, assim como analisar a biologia floral dessa espécie vegetal. O trabalho foi desenvolvido em duas casas de vegetação localizadas em Araguari-MG, Brasil. Em uma delas, utilizou-se somente o método mecânico de polinização e, na outra, a polinização pelo método mecânico foi associado à realizada pelas abelhas por meio da introdução de seis ninhos de M. quadrifasciata. O desenvolvimento das colônias no interior da estufa foi investigado e o comportamento de forrageamento das operárias foi avaliado antes da introdução, dentro da casa de vegetação e depois dos ninhos terem sido retirados. A produtividade das estufas foi comparada e a qualidade dos tomates foi avaliada através do tamanho, peso, número de sementes e concentração de açúcares totais. Com o confinamento, o período diário de forrageamento diminuiu e as abelhas iniciaram a coleta de pólen nas flores após cerca de seis meses. Tomates originados de flores visitadas por operárias de M. quadrifasciata apresentaram cerca de 47% mais sementes e foram aproximadamente 14% mais concentrados em açúcares. Esses resultados sugerem que a utilização de M. quadrifasciata para polinização do tomateiro se mostra promissora, uma vez que efeitos positivos são gerados na qualidade dos frutos. Entretanto, a difusão dos raios solares e o bloqueio da radiação ultravioleta provocados pela cobertura plástica da estufa dificultam a orientação e identificação das flores pelas operárias. Mudanças estruturais nas casas de vegetação, assim como o aprimoramento das técnicas de manejo, são necessárias para o melhor aproveitamento de abelhas sem ferrão na polinização de espécies vegetais cultivadas em ambientes protegidos.
Abstract: Studies involving the management of pollinators in greenhouses have indicated an improvement in productivity and fruit quality. The stingless bees are considered the most promising in use as commercial pollinators. However, the knowledge about management techniques of these bees in greenhouses is still scarce. This study aimed to evaluate the adaptation and efficiency of pollination of Melipona quadrifasciata in greenhouses of Lycopersicon esculentum, sweet grape variety, as well as analyze the floral biology of this plant species. The study was conducted in two greenhouses located in Araguari-MG, Brazil. In one, we used only the mechanical method of pollination and, in the other, pollination by mechanical method was associated with pollination performed by bees by the introduction of six nests of M. quadrifasciata. The development of the colonies inside the greenhouse was investigated and the foraging behavior of workers was assessed before introduction, into the greenhouse and after the nests had been removed. The productivity of the greenhouses was compared and quality of tomatoes was evaluated by size, weight, number of seeds and total sugar content. With confinement, the daily period of foraging decreased and bees started collecting pollen in flowers after approximately six months. Tomatoes originated from flowers visited by workers of M. quadrifasciata produced about 47% more seeds and were approximately 14% more concentrated in sugars. These results suggest that the use of M. quadrifasciata for pollination of tomato shows promise, since positive effects were generated on fruit quality. However, the diffusion of sunlight and blocking of ultraviolet radiation caused by the cover of the greenhouse hinder orientation and identification of flowers by workers. Structural changes in the greenhouses, as well as the improvement of management techniques are required for better utilization of stingless bees in the pollination of plant species grown in greenhouses.
Keywords: Abelhas sem ferrão
Manejo de abelhas
Casa de vegetação
Tomate
Stingless bees
Management of bees
Greenhouse
Tomato
Ecologia
Polinização por insetos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: BARTELLI, Bruno Ferreira. Adaptation and pollination services of Melipona quadrifasciata Lepeletier, 1836 (Hymenoptera, Meliponina) in greenhouses of Lycopersicon esculentum Mill. (Solanaceae). 2013. 53 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13387
Issue Date: 27-Feb-2013
Appears in Collections:PPGECO - Mestrado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruno Ferreira.pdf838.12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.