Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12294
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O texto crítico em artes visuais na Revista Bravo!: análise estrutural
metadata.dc.creator: Sábio, Aida Rosa Dieguez
metadata.dc.contributor.advisor1: Camargo, Isaac Antônio
metadata.dc.contributor.referee1: Andrade, Marco Antônio Pasqualini de
metadata.dc.contributor.referee2: Mesti, Regina Lúcia
metadata.dc.description.resumo: O tema da pesquisa teve como ponto de partida a linha de pesquisa Fundamentos e Reflexões em Artes, voltado principalmente para a Teoria e Crítica de Arte Contemporânea possibilitando assim a análise de textos críticos de difusão cultural da Revista Bravo!, escolhida por abordar a arte e a cultura. O corpus do trabalho se constitui de três textos críticos editados no ano de 2007, retirados da seção Artes Plásticas , especificamente aqueles intitulados Crítica e assinados por Marcelo Rezende. Para o desenvolvimento desse trabalho, buscou-se a ancoragem em alguns autores, cada um para uma determinada característica da pesquisa. Dentre eles, Lucia Teixeira (1996), que realizou uma análise extensa sobre a produção dos textos críticos em arte visual em revistas informativas e usou como base metodológica a semiótica greimasiana e sua proximidade com o estruturalismo. De um modo geral, o Método Estruturalista se propõe a explorar as inter-relações, as estruturas que pelos significados são produzidas dentro da cultura e a Semiótica estuda o discurso que tem como base a estrutura narrativa podendo ser identificada em qualquer gênero textual. As análises dos textos serão realizadas tomando por base a contribuição que os mesmos trazem para: difusão das manifestações artísticas; conteúdo e consistência das informações contidas nos textos em relação às teorias da arte no contexto nacional; consolidação de um pensamento em arte visual. Sendo o objeto de pesquisa a mídia impressa, que tem como finalidade convencer o leitor a comprar e visitar, dando maior visibilidade ao produto que o crítico está descrevendo em seu texto. O quadrado semiótico elaborado por Greimas está situado na Estrutura Fundamental, uma combinação de relações de contradição e afirmação, pontos contrários no texto, é o ponto de partida do percurso gerativo, pode ser aplicado a qualquer instância significativa, isso é, qualquer objeto verbal ou não-verbal. Os resultados da pesquisa permitem revelar as Estruturas Fundamentais, compostas das duas categorias semânticas que são trabalhadas no quadrado semiótico a Interioridade e a Exterioridade. A Interioridade é o momento em que, o autor desenvolve seu raciocínio crítico, interno, fazendo as reflexões e constatações a respeito do tema abordado no texto. E a Exterioridade é o uso ou aplicação do texto em que o discurso atinge o público expectador da obra de arte. Essas duas categorias semânticas junto com os elementos que integram o eixo coexistência de contrários, não-interioridade e não-exterioridade são o ajuste de relações de contradição e afirmação que permite indexar todas as diferentes relações que podem ser determinadas através do percurso gerativo de sentido. Nos textos, Marcelo Rezende, trabalha com autoridade os contrários, essa característica do crítico ficou em evidência após a análise utilizando o quadrado semiótico. Perante isso, pode-se concluir que nos três textos analisados, o crítico trabalha muito bem as questões relacionadas com as categorias semânticas, Interioridade e Exterioridade, fazendo com que seja estabelecido um diálogo franco com o leitor. Fica evidente quando o crítico possibilita ao leitor criar a imagem em sua mente da exposição que está sendo descrita no texto.
Abstract: The theme of the research had as its starting point in the search line and Reflections Fundamentals of Arts, focused primarily on the Theory and Criticism of Contemporary Art, thus enabling the analysis of critical texts of cultural diffusion of Bravo Magazine!, Chosen by the art and address culture in the current language. The corpus of work consists of three critical texts published in 2007, taken from the \"Fine Arts\", specifically those entitled \"Critical\" and signed by Marcelo Rezende. To develop this work, we sought to anchor some authors, each for a certain characteristic of the research. Among them, Lucia Teixeira (1996), who conducted an extensive analysis on the production of critical writing on visual art in news magazines and used as a methodological basis Greimas semiotics and its proximity to structuralism. In general, the Structuralist method is proposed to explore the inter-relationships, structures that are produced within the meaning of culture and semiotics studies the discourse that is based on the narrative structure can be identified in any genre. The analyzes of the texts will be made building on the contribution that they bring: dissemination of artistic expression, content and consistency of the information contained in the texts in relation to theories of art in the national context; consolidation of a thought in visual art. Being the object of research, print media, which aims to convince the reader to shop and visit, giving greater visibility to the product that the critic is describing in his text. The semiotic square developed by Greimas is located in the elementary structure, a combination of relations of contradiction and affirmation, contrary points in the text, is the starting point of generative route, can be applied to any significant instance, that is, any object or verbal non-verbal. The survey results allow to reveal the fundamental structures, composed of two semantic categories that are worked in the semiotic square - Interiority and Exteriority. The Interiority is the time in which the author develops their critical thinking, internal reflections and making findings regarding the subject addressed in the text. And the Exteriority is the use or application of the text in the speech reaches the public viewer of the artwork. These two semantic categories along with the elements that make up the shaft - the coexistence of opposites, non-interiority and exteriority are non-adjustment of relations of contradiction and affirmation that allows you to index all the different relationships that can be determined through the course of generative sense. In the texts, Marcelo Rezende, works with the authority to the contrary, this critical feature was evident after the analysis using the semiotic square. Given this, we can conclude that in the three analyzed texts, the critic works very well the issues related to semantic categories, Interiority and Exteriority, making it established an open dialogue with the reader. It is evident when the critic enables the reader to create the image in your mind of the exhibition that is being described in the text.
Keywords: Revista Bravo!
Textos críticos de arte
Semiótica greimasiana
Percurso gerativo
Interioridade e exterioridade
Bravo!
Critical art
Semiotics greimasiana
Generative way
Interiority and exteriority
Arte História e crítica
Revista Bravo Crítica textual
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Artes
Citation: SÁBIO, Aida Rosa Dieguez. O texto crítico em artes visuais na Revista Bravo!: análise estrutural. 2012. 107 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12294
Issue Date: 27-Feb-2012
Appears in Collections:CPART - Mestrado em Artes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf6.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.