Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12274
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: As estações ferroviárias do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba e suas interfaces: história e conservação
metadata.dc.creator: Carili, Clayton França
metadata.dc.contributor.advisor1: Vale, Marília Maria Brasileiro Teixeira
metadata.dc.contributor.referee1: Soares, Beatriz Ribeiro
metadata.dc.contributor.referee2: Carsalade, Flávio de Lemos
metadata.dc.description.resumo: A implantação da ferrovia, no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba/MG, auxiliou no desenvolvimento da região e na ligação com outros estados: São Paulo, Goiás e Mato Grosso. A ferrovia transportava mercadorias e pessoas e para isso foram construídas várias estações, tanto no meio urbano quanto na zona rural e em alguns locais grandes complexos ferroviários. Vários foram os fatores que levaram à decadência e ao abandono desses bens: as políticas governamentais que privilegiaram os transportes rodoviários e a indústria automobilística; a subtituição da locomotiva a vapor por locomotivas elétricas e elétricasdiesel; a mudança de parte do traçado ferroviário, com a retirada da linha e a perda da função do edifício; extinção dos trens de passageiros, o que levou a estação a perder sua principal função: o transporte de pessoas. Na área em estudo, das estações aqui construídas 53% destes imóveis foram demolidos, e a maioria estão na zona rural dos municípios. Temos várias situações: estações em precário estado de conservação, a maioria na zona rural dos muncípios; estações que estão sendo utilizadas na zona urbana e rural, com novos usos; estações em funcionamento com a operação para o transporte de cargas e mercadorias. O objeto de estudo deste trabalho são as estações da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, em Minas Gerais; no entanto, com um interesse particular sobre as estações que se encontram em uso, 21 exemplares, buscando verificar seus processos de conservação, seus agentes e seu papel na preservação da memória ferroviária. Para o desenvolvimento do trabalho, foram elaborados mapas, quadros e tabelas, visando o entendimento deste acervo, bem como a realização de visitas às estações que são tombadas e que estão sendo utilizadas com novos usos. Foram preenchidas as fichas de visitas de campo permitindo, assim, entender estes bens em uso. Observa-se que somente o tombamento, apesar de garantir a não demolição do bem, não auxilia no processo de utilização e conservação dessas estações, pois existem estações que, embora possuam esse grau de proteção, estão abandonadas e em péssimo estado de conservação. A utilização dessas estações, por uma concessionária, com a operação do transporte de cargas e mercadorias, também não garante a conservação desses imóveis, pois não são tratados como bens alvos de preservação, e a sua manutenção é ruim. Os usos pelas concessionárias são diversos, porém são poucas as estações que possuem espaços internos dedicados à memória ferroviária, o que não garante a preservação dessa memória; a maioria das estações em uso não tiveram projetos de conservação com a participação de arquitetos e especialistas, sendo que a maior preocupação, durante os processos de manutenção, está na preservação do exterior do edifício; a conservação dessas estações parte do interesse das prefeituras que conservam estes imóveis, e a maioria que está conservada encontra-se na área urbana dos municípios; o grande desafio é a definição dos usos para ocupação destes espaços, principalmente na zona rural, sendo que estes usos além de preservarem o edifício devem ser sustentáveis, no que se refere à valorização e gestão deste patrimônio.
Abstract: The implementation of the railway in Triângulo Mineiro and Alto Paranaíba helped to develop the area and connexion with other states: São Paulo, Goiás and Mato Grosso. The railway used to transport people and goods throughout many train stations in urban and rural areas and some major railroad complexes. There were many factors that led to the decline and abandonment of these properties: governmental policies which were in favour of road transportation and automotive industry, the replacement of the steam locomotive for electric and electric-diesel locomotives, changing part of the railway plan, removal of railways and loss of function of the buildings, extinction of passenger trains, which led the stations to lose its main purpose: people transport. 53% of the stations built inside the study area were demolished and most of them are in rural areas. There are several situations: stations on a precarious conservation state, most of them in the city s rural area, stations being used in urban and rural areas with new uses, stations working with cargo and goods transportation. The stations in Triângulo Mineiro and Alto Paranaíba area in Minas Gerais are the object of this dissertation, wherein the main interest lies on the stations that are in operation, 21 buildings, seeking to verify their conservation state, their agents and role in preserving the train memory. Maps, charts and tables were made for this collection s understanding, having visited the stations that are listed by the cultural heritage and the ones that are in operation with new functions. Field records were made allowing the understanding of these properties in operation. It is observed that only the buildings listing, despite ensuring the non-demolition, does not help on the use and preservation of these stations, because there are some buildings that have this protection level, but are abandoned and in disrepair. The use of these stations by a train company, operating with cargo and goods transportation do not also guarantee the buildings preservation, as they are not treated with any preservation interest, their maintenance are precarious. The using by these companies are various, however, only a few stations have internal spaces dedicated to the railroad memory. Most of the stations did not have preservation projects with architects and specialists participation and the major concern, during maintenance process, is on the building s external part. The stations conservation begins on the local government interest, that preserve these properties, most of them are in urban areas, the major challenge is on their using definition and occupancy, especially in the countryside, wherein the buildings uses must be sustainable, as regards the appreciation and management of this heritage.
Keywords: Patrimônio ferroviário
Estações ferroviárias
Preservação
Conservação
Railroad heritage
Railway stations
Preservation
Conservation
Patrimônio histórico
Ferrovias - Estações
Arquitetura - Conservação e restauração
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: CARILI, Clayton França. As estações ferroviárias do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba e suas interfaces: história e conservação. 2015. 417 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12274
Issue Date: 1-Sep-2015
Appears in Collections:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstacoesFerroviariasTrianguloMineiro (2).pdf24.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.