Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11870
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Lar, (2009) de Armando Freitas Filho: uma autobiografia do absurdo
metadata.dc.creator: Cardoso, Tiago Henrique
metadata.dc.contributor.advisor1: Cintra, Elaine Cristina
metadata.dc.contributor.referee1: Biella, João Carlos
metadata.dc.contributor.referee2: Correia, Everton Barbosa
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação investe na leitura de Lar, (2004 2009), do poeta carioca Armando Freitas Filho e pretende investigar o modo de composição do livro, cuja proposta é conceber uma autobiografia em versos. Dono de um extenso rol de publicações, Armando Freitas Filho, em seu último livro, busca a leitura e a escrita de si mesmo, vasculhando no tempo, episódios e experiências pretéritas que dão sentido ao agora, permitindo-lhe reflexões que tocam temas como o tempo, a poesia, a vida e a morte. Nosso estudo, portanto, concentra-se nessa obra, que permite uma investigação não só da poesia contemporânea como também de questões que dizem respeito à memória e a subjetividade. Assim, nosso método de trabalho é a análise dos poemas contidos nas três partes do livro: Primeira série , Formação e Numeral . A obra permite uma rediscussão das premissas da autobiografia e da memória, possibilitando ao poeta uma maneira de escrever sobre o próprio eu, que absurdamente encontra no infinito a possibilidade de ser e viver.
Abstract: This dissertation focuses on the reading of Lar, (2004 2009), by Armando Freitas Filho, a Brazilian poet, and it intends to investigate its composition, whose proposal is to conceive a lyrical autobiography. Author of many books, Armando, in his last work, seeks for the reading and the writing of himself, going through the past in order to review experiences and situations which give him ways of dealing with the present, enabling him to create reflections that concern time, poetry, life and death. The purpose of our study is the investigation of the contemporary poetry and also the questions that involves memory and subjectivity. Therefore, we analyze the three sections of the book: Primeira série , Formação and Numeral . Based on this work, we can propose a revision of the following notions: autobiography and memory, which enable the author to write about himself, who finds in the infinite the nonsense possibility to be and to live.
Keywords: Poesia contemporânea
Armando Freitas Filho
Autobiografia
Memória
Sísifo
Absurdo
Contemporary poetry
Autobiography
Memory
Sisyphus
Absurd
Autobiografia - Armando Freitas Filho
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Letras
Citation: CARDOSO, Tiago Henrique. Lar, (2009) de Armando Freitas Filho: uma autobiografia do absurdo. 2013. 106 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11870
Issue Date: 30-Apr-2013
Appears in Collections:PGLETRAS - Mestrado em Teoria Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LarArmandoFreitas.pdf875.36 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.