Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11849
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Autoria e subjetividade lírica em Manoel de Barros: estudo sobre os elementos paratextuais
metadata.dc.creator: Péres, Daniel Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1: Cintra, Elaine Cristina
metadata.dc.contributor.referee1: Grácia-rodrigues, Kelcilene
metadata.dc.contributor.referee2: Grossi, Maria Auxiliadora Cunha
metadata.dc.description.resumo: Manoel de Barros (1916-), poeta nascido em Cuiabá (MT) e radicado em Corumbá (MS), defende desde seu primeiro livro Poemas concebidos sem pecado, publicado em 1937, a pesquisa formal e a renovação da linguagem como as premissas centrais de sua lírica. Assim, sua poesia apresenta uma maneira bastante peculiar de lidar com a linguagem, baseada na criação de neologismos e na negação dos usos cotidianos de certas palavras. Além disso, no que diz respeito à forma dos poemas, utiliza os elementos estruturais, como a forma do poema e os paratextos, para problematizar a representação lírica e os papéis ocupados tradicionalmente neste processo: a subjetividade lírica, a figura autoral, as personagens (aqui chamadas personas), dentre outros. Os espaços ocupados por estes papéis no corpo do poema, bem como as limitações do gênero lírico serão desdobrados, ampliados e desconstruídos, para servir à constante investigação da forma, exigida pela proposta poética de Barros. Este estudo analisará a importância que os paratextos exercem na realização de sua poesia, bem como na configuração da subjetividade lírica e da figura autoral. Serão analisados os paratextos de maior recorrência e relevância em sua lírica, dentre eles, notas de rodapé, didascálias, epígrafes, adivinhas, ditados, ilustrações, dentre outros. Também serão analisadas as entrevistas que o poeta concedeu ao longo dos anos, consideradas aqui como um paratexto que repete e continua a obra poética, permitindo a construção ficcional da figura autoral e sua mescla com a voz lírica.
Abstract: Manoel de Barros (1916-), a poet born on Cuiabá (MT) and long-established on Corumbá (MS), sets from his first book Poemas concebidos sem pecado (Poems conceived without sin), published on 1937, the formal search and the language renovation as the mainly arguments of his lyric poetry. Thus, his poetry stands a very peculiar way of dealing with the language, based on neologism\'s creation and on the denial of common uses of some words. Besides, regarding the poem\'s form, his lyric voice uses structural elements, like poems\' form and paratexts, to place a reflection about the lyric representation and some of the tradicional roles in this process: lyric subjectivity, autoral figure, characters (named here as personas), among others. The spaces occupied by this roles on the poem\'s body, as well as the restrictions of lyric genre are unfurl, expanded and deconstructed, to serve the constant form investigation, demanded by Barros\' poetical proposal. This study is going to analyze the importance of paratexts to Barros\' lyric, as well as to the lyric subjectivity and autoral figure configuration. The paratexts of greater recurrence and relevancy of his poetry are going to be anilyzed, among these, footnotes, didaskalias, epigraphs, adivinhas, proverbs, illustrations, among others. Also, the interviews, granted by the poet over the years, are going to be analyzed, as they are considerated here as a paratext that duplicates and continues the poetical opus, allowing the construction of a ficcional autoral figure, blended with the lyric voice.
Keywords: Manoel de Barros
Poesia contemporânea
Autoria
Subjetividade lírica
Paratextos
Contemporary poetry
Authorship
Lyric subjectivity
Paratexts
Literatura
Literatura brasileira - História e crítica
Barros, Manoel de, 1916- - Crítica e interpretação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Letras
Citation: PÉRES, Daniel Pereira. Autoria e subjetividade lírica em Manoel de Barros: estudo sobre os elementos paratextuais. 2012. 186 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11849
Issue Date: 30-Aug-2012
Appears in Collections:PGLETRAS - Mestrado em Teoria Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf2.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.