Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11827
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Nacionalismo e talento individual em Mário de Andrade: ambivalências de um projeto poético-crítico
Other Titles: Nacionalism and individual talent in Mário de Andrade: ambivalences of a critical-poetic project
metadata.dc.creator: Santos, Nubia Silva dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Tollendal, Eduardo José
metadata.dc.contributor.referee1: Souza, Enivalda Nunes Freitas e
metadata.dc.contributor.referee2: Melo, Márcio Araújo de
metadata.dc.description.resumo: Este estudo se pauta na discussão das condições de criação do nacionalismo literário brasileiro, a partir do talento do intelectual Mário de Andrade, que em meio ao embate da ordem de ser ou não ser nacionalista acabou atrelando a este outro embate não menos importante: ser ou não ser pedagógico. Isso porque o crítico assumiu para si a incumbência de dialogar com os jovens escritores e intelectuais brasileiros, por meio da troca profícua de correspondências, sobre os problemas centrais de constituição da arte de orientação brasileira, da nacionalidade brasileira e da cultura genuinamente brasileira. Nesse sentido, destacamos a correspondência de Mário de Andrade com Carlos Drummond de Andrade, um poeta paulista e outro mineiro, um que se encontra em meio da efervescência do desenvolvimento tecnológico, cultural, político, econômico e estético de São Paulo símbolo de progresso; e o outro que se encontra ―isolado‖ entre as montanhosas paisagens da interiorana Belo Horizonte ainda símbolo de atraso. Assim, o que objetivamos realizar nesse trabalho não é propriamente um estudo da poesia de Mário ou de Drummond, o que pesquisaremos é de que maneira o poeta Mário de Andrade, por meio de sua arte ―interessada‖, social, consciente e de ação, realiza o seu projeto poético de nação, de identidade nacional, o qual se coaduna com a visão de Brasil de certa intelectualidade brasileira. O recorte feito, a leitura das cartas que estabeleceram diálogo profícuo entre Mário e Drummond, é uma escolha metodológica, sobretudo porque diálogo semelhante também se deu entre o poeta-crítico Mario de Andrade e tantos outros escritores, poetas, jovens autores do Brasil, que retomava após a proclamação da República, abolição da escravatura, entrada no mercado econômico capitalista, início de industrialização e progresso as discussões políticas, culturais, econômicas, sociais e literárias em torno da necessidade de construção de sua nacionalidade, de sua brasilidade, ou no dizer do próprio Mário: de ―sua alma brasileira‖.
Abstract: This study is based in the discussion of the conditions of creation of the Brazilian literary nationalism, from the intellectual talent of Mario de Andrade, who amidst the clash of the order of being or not being nationalist linked this to another struggle not less important: to be or not to be a pedagogical person. This is because the critic has assumed to himself the incumbency to dialogue with young Brazilian writers and intellectuals, through the profitable exchange of correspondences about the central problems of constitution of the art of Brazilian orientation, the Brazilian nationality and about the genuinely Brazilian culture. In this regard, we highlight the correspondence of Mário de Andrade with Carlos Drummond de Andrade, the first poet is from São Paulo and was in the middle of an effervescence of technological, cultural, political, economical and esthetic development, symbol of progress; and the other one is from Minas Gerais, and was ―isolated‖ between the landscapes of the provincial of Belo Horizonte symbol of backwardness. Thus, what we aims to carry through this work is not properly a study of the poetry of Mario de Andrade or Drummond, what we will research is in such a way the poet Mario de Andrade, through his ―interested‖, social, conscious and active art makes his poetic project of nation and of national identity, which is consistent with the vision of Brazil from specific Brazilian intellectuality. The cutting made, the reading of the letters that had established a profound dialogue between Mário de Andrade and Drummond, is a methodological choice because similar dialogue also happened between the critical poet Mário de Andrade and lots of other writers, poets, young Brazilian authors, that retook after the Republic announcement, slavery abolition, beginning of the capitalist economic market, beginning of industrialization and progress the cultural, economical, social and literary politics arguments around the necessity of the construction of their nationality, of being Brazilian, or as said by Mário de Andrade: of ―their Brazilian soul‖.
Keywords: Mário de Andrade
Nacionalismo
Poético-crítico
Brasilidade
Modernismo
Correspondência
Nacionalism
Poetic-critic
Brazilianness
Modernism
Correspondence
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Letras
Citation: SANTOS, Nubia Silva dos. Nacionalism and individual talent in Mário de Andrade: ambivalences of a critical-poetic project. 2011. 137 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11827
Issue Date: 2-Aug-2011
Appears in Collections:PGLETRAS - Mestrado em Teoria Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf1.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.