Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11784
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: O paradoxo e o mito em Tutaméia
metadata.dc.creator: Caixeta, Maryllu de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Tollendal, Eduardo José
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Araújo, Joana Luiza Muylaert de
metadata.dc.contributor.referee1: Guido, Humberto Aparecido de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Leitão, Claudio Correia
metadata.dc.description.resumo: Essa dissertação tem por tema as estruturas do paradoxo e do mito na organização geral de Tutaméia. Escolhemos o primeiro prefácio para a discussão de uma economia poética, que o autor pontua nele, e que se relaciona com essa concepção do conjunto de prefácios e contos: simultaneamente paradoxal e mítica. Essas duas estruturas, paradoxo e mito, são semelhantes num aspecto que também as aproxima da mimesis: o sentido de indeterminação ou de errância entre a palavra e a verdade. Ao estruturar a indeterminação do sentido, sugerido por supra-senso, a outra leitura é garantida como obstáculo ao controle hermenêutico. Assim, a luta pela verdade é perpetuada para além de uma significação ou de um sentido último. A afirmação dessa errância é também, por um paradoxo, a afirmação da inexistência do erro: todos os sentidos são valorizados como perspectivas unívocas num cosmo de diferenças. O não senso, que em série ou no conjunto de textos nos dá o paradoxo, e o mito são mecanismos arcaicos, anteriores ao bom senso e seu raciocínio instrumental. Esses mecanismos, não senso e mito, produzem as surpresas ou os efeitos de desautomatização do jogo : uma espécie de transcendência materialista. O tema do erro e da verdade é central em toda Tutaméia. Escolhemos, para análise, doze contos em que sobressai a tematização do erro como limite do sentido, de modo que as anedotas são fundo para supra-sensos que sugerem e dão centralidade ao tema do abismo entre a palavra e a verdade.
Abstract: This work is focused on the structures of the paradox and the myth in the general organization of Tutaméia. We have chosen the first preface to the discussion of a poetic economy, which the author gives his point of view about it, and which is related to this conception of the whole set of preambles and stories: paradoxical and mythical, at the same time. These two structures, paradox and myth, are similar in one point of view, which brings these two aspects closer to the mimesis: the sense of uncertainty or wrongness between word and fact. By structuring the uncertainty of meaning, suggested by above-sense, the alternative reading is guaranteed as obstacle to hermeneutic control. Thus, the fight for truth is going beyond the truth itself or definitive sense. The assertion of that wrongness is also, by a paradox, the affirmation of the absence of mistake: all the senses are valued as unique perspectives in whole space of differences. The nonsense, when comes in series or in a compilation of texts, gives us the paradox and the myth, are archaic mechanisms, prior than the wisdom or instrumental reasoning. These mechanisms, no sense and myth, produce the surprises or the effects of discredit of the game: a kind of materialistic transcendence. The theme of the error and truth is central throughout Tutaméia. We have chosen, for analysis, twelve stories in which the theme of the mistake as limit of signification is more evident, in a way which these short tales become backgrounds for those above-senses, putting in central space the theme of the abysm between the word and the truth.
Keywords: Paradoxo
Mito
Mimesis
Verdade
Erro
Paradox
Myth
Mimesis
Truth
Mistake
Líteratura brasileira - História e crítica
Rosa, João Guimarães, 1908-1967 - Tutaméia - Crítica e interpretação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Letras
Citation: CAIXETA, Maryllu de Oliveira. O paradoxo e o mito em Tutaméia. 2008. 164 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11784
Issue Date: 31-Jul-2008
Appears in Collections:PGLETRAS - Mestrado em Teoria Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ParadoxoMitoTutameia.pdf803.61 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.