Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/39227
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Efeito do tratamento de superfície do etileno acetato de vinila na delaminação de protetores bucais customizados
Alternate title (s): Effect of surface treatment of ethylene vinyl acetate on the delamination of custom-fitted mouthguards
Author: Melo, Calebe de
First Advisor: Soares, Carlos José
First member of the Committee: Carlo, Hugo Lemes
Second member of the Committee: Filho, Paulo Nelson
Summary: O presente estudo investigou o efeito do tratamento de superfície do etileno acetato de vinila (EVA) na delaminação de protetores bucais personalizados. A contaminação do EVA durante a fabricação do protetor bucal pode causar delaminação. Nesse estudo foi avaliado o efeito de diferentes tratamentos de superfície do EVA no ângulo de contato, resistência da ligação laminada e capacidade de alongamento. Amostras de duas placas de EVA coladas foram preparadas (n = 30). A dureza Shore A das amostras de placas de EVA foi medida antes e após a termoplástificação. As placas de EVA foram aleatoriamente alocadas em um dos 5 grupos de tratamento de superfície: sem tratamento (controle); álcool isopropílico, 100%; clorofórmio, 99,8%; monômero de resina acrílica autopolimerizável (metacrilato, dimetacrilato de etileno glicol e iniciador químico - tipo amina); e álcool etílico, 70%. A força máxima de ruptura e o alongamento no momento da fratura foram calculados por meio de ensaio de tração axial em máquina de teste universal. O ângulo de contato na superfície do EVA foi medido usando o software ImageJ. Foi realizada microscopia eletrônica de varredura da superfície do EVA. A resistência à delaminação foi obtida dividindo a força máxima de ruptura pela área de união entre as placas de EVA. Os dados de resistência da união e alongamento máximo foram analisados por meio de ANOVA em um fator, seguido pelo teste de Tukey e o teste de Dunnet. Os dados do modo de falha foram analisados usando o teste do Qui-quadrado (α = .05). Os resultados mostraram que o tratamento da superfície do EVA influenciou significativamente a resistência da união e o alongamento máximo (p < .001). O grupo controle apresentou maior ângulo de contato e resistência de união e alongamento máximo significativamente menores que os demais grupos (p < .001). As amostras tratadas com monômero de resina acrílica e clorofórmio apresentaram resistência de ligação laminada e alongamento máximo semelhantes. O grupo do monômero de resina acrílica apresentou um ângulo de contato significativamente menor (p <.001). Todos os tratamentos apresentaram resistência de união e alongamento máximo significativamente maiores que o grupo controle. O tratamento com monômero de resina acrílica e clorofórmio apresentaram resistência de união e alongamento máximo significativamente maiores, e o grupo de monômero de resina acrílica apresentou um ângulo de contato menor que os outros grupos. Contudo, o clorofórmio deve ser evitado devido aos seus efeitos prejudiciais.
Abstract: The present study investigated the effect of surface treatment of ethylene vinyl acetate (EVA) on the delamination of custom-fitted mouthguards. Contamination of EVA during mouthguard fabrication can cause delamination. We evaluated the effects of different EVA surface treatments on the contact angle, laminate bond strength, and elongation capacity. Specimens of two bonded EVA plates were prepared (n = 30). The Shore A hardness of standardized EVA plate specimens was measured before and after thermoplasticization. The EVA plates were randomly allocated to one of five different surface treatment groups: no treatment (control); isopropyl alcohol, 100%; chloroform, 99.8%; self-cure acrylic resin monomer (methacrylate, ethylene glycol dimethacrylate, and chemical initiator—amine type); and ethyl alcohol, 70%. The maximum breaking force and elongation at the site of fracture were recorded using a universal testing machine. The contact angle surface was measured using ImageJ software. Scanning electron microscopy of the EVA surface was performed. The laminate bond strength was obtained by dividing the maximum breaking force by the bonding area between the two EVA plates. The laminate bond strength and maximum elongation data were analyzed by one-way ANOVA, followed by the Tukey's and the Dunnet test. The failure mode data was analyzed using the chi-square test (α = .05). Results showed that EVA surface treatment significantly influenced the laminate bond strength and maximum elongation (p <.001). The control group had a higher contact angle and significantly lower laminate bond strength and maximum elongation than the other groups (p < .001). The acrylic resin monomer and chloroform-treated specimens had similar laminate bond strength and maximum elongation. The acrylic resin monomer group had a significantly lower contact angle (p < .001). All treatments had a significantly higher laminate bond strength and maximum elongation than the control group. The acrylic resin monomer and chloroform groups had a significantly higher laminate bond strength and maximum elongation, and the acrylic resin monomer group had a lower contact angle than the other groups. Chloroform should be avoided due to its hazardous effects.
Keywords: Protetores bucais personalizados
Etileno acetato de vinila
Delaminação
Resistência da ligação laminada
Capacidade de alongamento
Ttratamento de superfície
Custom-fitted mouthguards
Ethylene vinyl acetate
Surface treatment
Delamination
Laminate bond strength
Elongation capacity
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::MATERIAIS ODONTOLOGICOS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Quote: MELO, Calebe de. Efeito do tratamento de superfície do etileno acetato de vinila na delaminação de protetores bucais customizados. 2023. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Faculdade de Odontologia, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2023. DOI https://doi.org/10.14393/ufu.di.2023.7082.
Document identifier: https://doi.org/10.14393/ufu.di.2023.7082
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/39227
Date of defense: 18-Jul-2023
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitoTratamentoSuperfície.pdf2.35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons