Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/38685
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Embargado
Embargo Date: 2025-07-23
Title: Influência dos protocolos de finalização de preparos protéticos em dentina na adesão à compósito vitrocerâmico
Alternate title (s): Influence of finalization protocols for dentin prosthetic preparations on adhesion to glass-ceramic composite
Author: Bernardes, Paola
First Advisor: Raposo, Luís Henrique Araújo
First member of the Committee: Prudente, Marcel Santana
Second member of the Committee: Pacheco, Rafael Rocha
Summary: Este estudo teve como objetivo avaliar a influência de diferentes protocolos de acabamento em dentina pós-preparo protético na resistência de união ao compósito vitrocerâmico para CAD-CAM - Brava Block (FGM Dental Group, Joinville, SC, Brasil). Foram utilizados 126 terceiros molares humanos hígidos, nos quais a superfície oclusal foi seccionada e a superfície dentinária exposta foi padronizada com disco de lixas carbeto de silício (#600) e preparada com ponta diamantada cilíndrica (#3145, KG Sorensen, Cotia, SP, Brasil). Os espécimes foram divididos em 7 grupos (n=18) com diferentes instrumentos de acabamento: FB (pontas diamantadas F e FF), MB (brocas multilâminadas), UT (insertos ultrassônicos), MS (pedras montadas de óxido de alumínio e carbeto de silício), SB (pontas diamantadas sinterizadas), APA (jateamento com óxido de alumínio) e RC (selamento dentinário imediato com recobrimento de resina composta). Espécimes representativos foram analisados por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e microscopia confocal à laser - LEXT para avaliação da rugosidade superficial e características da camada de smear layer depositada. Blocos do compósito vitrocerâmico para CAD-CAM - Brava Block (FGM Dental Group, Joinville, SC, Brasil) (14x14x5 mm) foram preparados e cimentados com cimento resinoso dual convencional (Panavia V5, Kuraray Noritake Dental, Tóquio, Japão) sob controle de pressão. Os espécimes resultantes foram armazenados sob umidade absoluta por 24 h e posteriormente seccionados em série perpendicularmente à superfície adesiva, obtendo palitos retangulares de cerca de 1 mm² de área adesiva. Esses palitos foram fixados em dispositivo específico de microtração e submetidos a uma tensão de tração com velocidade de 0,7 mm/min até a falha dos espécimes. Os resultados da análise de variância revelaram diferenças estatisticamente significantes na resistência adesiva entre os diferentes métodos de finalização do substrato. O grupo RC apresentou maior resistência de união, seguido dos grupos MS, APA e FB. Não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos APA e FB. O grupo com menor resistência de união foi o grupo MB, seguido dos grupos SB e UT. A análise da rugosidade demonstrou diferenças estatisticamente significantes entre os grupos. Os grupos FB, APA e RC apresentaram maior rugosidade e diferiram 9 estatisticamente dos demais. No entanto, não houve diferenças estatisticamente significantes entre esses três grupos. A análise da espessura de smear layer demostrou diferenças estatisticamente significantes entre os grupos. O grupo FB apresentou a maior espessura de smear layer depositada na superfície dentinária, seguido pelo grupo APA e MB. Os grupos UT, MS e SB apresentaram menor espessura de smear layer e não apresentaram diferenças significantes entre si, porém diferiram dos demais grupos. Em conclusão, os métodos de acabamento e finalização do substrato dentinário pós-preparo protético influenciaram a resistência de união, rugosidade superficial e formação de camada de smear layer.
Abstract: This study aimed to evaluate the influence of different post-prosthetic preparation dentin finishing protocols on the bond strength of the glass-ceramic composite for CAD-CAM - Brava Block (FGM Dental Group, Joinville, SC, Brazil). 126 sound human third molars were used, in which the occlusal surface was sectioned and the exposed dentin surface was standardized with a silicon carbide sandpaper disc (#600) and prepared with a cylindrical diamond bur (#3145, KG Sorensen, Cotia, SP, Brazil). The specimens were divided into 7 groups (n=18) with different finishing instruments: FB (F and FF diamond burs), MB (multilaminated burs), UT (ultrasonic diamond tips), MS (mounted stones of aluminum oxide and silicon carbide), SB (sintered diamond burs), APA (airborne-particle abrasion), RC (resin coating). Representative specimens were analyzed by scanning electron microscopy (SEM) and confocal laser microscopy - LEXT to evaluate the surface roughness and characteristics of the deposited smear layer. Glass-ceramic composite blocks for CAD-CAM - Brava Block (FGM Dental Group, Joinville, SC, Brazil) (14x14x5 mm) were prepared and cemented with conventional dual resin cement (Panavia V5, Kuraray Noritake Dental, Tokyo, Japan) under control of pressure. The resulting specimens were stored under absolute humidity for 24 h and then serially sectioned perpendicularly to the adhesive surface, obtaining rectangular sticks of approximately 1 mm² of adhesive area. These sticks were fixed in a specific microtensile device and subjected to a tensile stress at a speed of 0.7 mm/min until the specimens failed. The results of analysis of variance revealed statistically significant differences in bond strength between different substrate finishing methods. The RC group showed the highest bond strength, followed by the MS, APA and FB groups. There was no statistically significant difference between the APA and FB groups. The group with the lowest bond strength was the MB group, followed by the SB and UT groups. Roughness analysis showed statistically significant differences between groups. The FB, APA and RC groups showed greater roughness and statistically differed from the others. However, there were no statistically significant differences between these three groups. The analysis of the smear layer thickness showed statistically significant differences between the groups. The FB group had the highest 11 thickness of the smear layer deposited on the dentin surface, followed by the APA and MB groups. The UT, MS and SB groups had lower smear layer thickness and did not present significant differences between themselves, but differed from the other groups. In conclusion, the methods of finishing and finalizing the dentin substrate after prosthetic preparation influenced the bond strength, surface roughness and formation of the smear layer.
Keywords: Aderência Dental
Dental Bonding
Acabamento Dentário
Dental Polishing
Restauração Dentária Permanente
Dental Restoration, Permanen
Preparo do Dente para Prótese
Tooth Preparation, Prosthodontic
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::MATERIAIS ODONTOLOGICOS
Subject: Odontologia
Prótese dentária fixada por implante
Restauração (Odontologia)
Aderências
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Odontologia
Quote: BERNARDES, Paola. Influência dos protocolos de finalização de preparos protéticos em dentina na adesão à compósito vitrocerâmico. 2023. 38 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2023. http://doi.org/10.14393/ufu.di.2023.357
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2023.357
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/38685
Date of defense: 14-Jul-2023
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InfluênciasProtocolosFinalização.pdf
  Until 2024-07-23
Dissertação1.13 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.