Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/32867
ORCID:  http://orcid.org/0000-0001-9389-1794
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Influência do posicionamento e do uso de equipamentos auxiliares no içamento de vigas pré-moldadas
Alternate title (s): Positioning and use influence of auxiliary equipment in lifting precast beams
Author: Silva, André Fontebassi Amorim
First Advisor: Lima, Maria Cristina Vidigal
First coorientator: Krahl, Pablo Augusto
First member of the Committee: Cunha, Jesiel
Second member of the Committee: Rocha, Fábio Martin
Summary: A instabilidade lateral de vigas pré-moldadas durante as fases transitórias é um fenômeno preocupante, considerando a ocorrência de acidentes relatados na literatura técnica. Durante a fase transitória de içamento, a configuração adotada quanto ao acoplamento entre os cabos do guindaste e o elemento estrutural influencia na segurança desse procedimento, devendo ser criteriosa a definição dos equipamentos auxiliares para o manuseio. O objetivo desta pesquisa é analisar numericamente, por meio de simulações realizadas no software ANSYS, o comportamento de vigas pré-moldadas com relação à estabilidade lateral, considerando a influência do tipo e posicionamento dos equipamentos auxiliares de içamento. Foram estudadas quatro situações para a disposição do içamento: uma alça em cada extremidade da viga (sem barra rígida), consideração da barra rígida (yoke) para içamento acima da face superior da viga, duas alças posicionadas transversalmente na mesa superior (sem barra rígida) e uso de haste metálica disposta abaixo da mesa superior da viga (içamento por hastes). Essas possibilidades de vinculações do equipamento para o içamento são consideradas para três vigas, sendo uma delas simétrica transversal e longitudinalmente, outra com assimetria na seção transversal (parapeito) e a demais com seção transversal variável longitudinalmente. Os resultados mostram que o pior caso se trata do içamento por uma alça sem uso de barra rígida, pois apresentou os maiores valores de ângulo de equilíbrio e quando comparado com o uso de barra rígida, assim como já defendido pela literatura, observou-se menores valores para ângulo de equilíbrio, confirmando que o içamento mais afastado do centro de gravidade da viga é mais seguro. Em contrapartida, concluiu-se que mesmo com o içamento próximo do centro de gravidade, o uso de duas alças posicionadas transversalmente na mesa da viga apresenta os melhores resultados dentre todas as modelagens realizadas. Observou-se também que o içamento por hastes apresentou resultados a favor e contra a segurança e que o comprimento da haste é inversamente proporcional ao resultado de ângulo, sendo a posição mais favorável as mais distantes do centro de gravidade. Por fim, viu-se que em ambos os casos, a configuração do equipamento de içamento é determinante para segurança do içamento, visto que foram identificadas situações de estabilidade e instabilidade por meio da comparação com o ângulo de fissuração numérico ou analítico das estruturas.
Abstract: The lateral instability of precast beams during transitory phases is a worrying phenomenon, considering the occurrence of accidents reported in the technical literature. During the transitory phase of lifting, the configuration adopted for the coupling between the crane cables and the structural element influences the safety of this procedure, and the definition of auxiliary equipment for handling must be judicious. The objective of this research is to numerically analyze, through simulations carried out in ANSYS software, the behavior of precast beams in relation to lateral stability, considering the influence of the type and positioning of auxiliary lifting equipment. Four situations were studied for the lifting arrangement: a handle at each end of the beam (without rigid bar), consideration of the rigid bar (yoke) for lifting above the upper face of the beam, two handles positioned transversely on the upper table (without rigid bar ) and use of a metal rod placed below the upper table of the beam (rod lifting). These possibilities of linking the lifting equipment are considered for three beams, one of which is symmetrical transversely and longitudinally, another with asymmetry in the cross section (parapet) and the other with a longitudinally variable cross section. The results show that the worst case is the lifting by a handle without the use of a rigid bar, as it presented the highest values of equilibrium angle and when compared to the use of a rigid bar, as already defended in the literature, smaller values were observed. values for balance angle, confirming that lifting farther from the beam's center of gravity is safer. On the other hand, it was concluded that even with the lifting close to the center of gravity, the use of two handles positioned transversely on the beam table presents the best results among all the modeling carried out. It was also seen that the lifting by rods presented results for and against safety and that the rod length is inversely proportional to the angle result, with the most favorable position being the ones farthest from the center of gravity. Finally, it was seen that in both cases, the configuration of the lifting equipment is crucial for the safety of the lifting, since situations of stability and instability were identified through comparison with the numerical or analytical crack angle of the structures.
Keywords: Instabilidade lateral
Vigas pré-moldadas
Içamento
Fases transitórias
Análise numérica
Lateral instability
Precast beams
Lifting
Transient phases
Numerical analysis
Area (s) of CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::ESTRUTURAS
Subject: Engenharia civil
Análise numérica
Vigas de concreto
Concreto armado
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil
Quote: SILVA, André Fontebassi Amorim. Influência do posicionamento e do uso de equipamentos auxiliares no içamento de vigas pré-moldadas. 2021. 104 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Faculdade de Engenharia Civil, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2021. DOI http://doi.org/10.14393/ufu.di.2021.543
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2021.543
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/32867
Date of defense: 21-Sep-2021
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InfluênciaDoPosicionamento.pdfDissertação5.64 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons