Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31605
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-5228-5277
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Presença do ideário católico na Revista do Ensino de Minas Gerais (1925-1940)
Alternate title (s): Presence of the catholic creed in the Revista do Ensino de Minas Gerais (1925-1940)
Author: Coelho, Monalisa Lopes dos Santos
First Advisor: Ribeiro, Betânia de Oliveira Laterza
First member of the Committee: Araújo, José Carlos Souza
Second member of the Committee: Almeida, Maria Zeneide Carneiro Magalhães de
Summary: Este trabalho se inscreve na linha de pesquisa História e Historiografia da Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia PPGED-UFU. O objeto de estudo é a presença de elementos do ideário católico na Revista do Ensino de Minas Gerais entre os anos 1925 e 1940. A problematização do objeto se projetou no contexto histórico da primeira metade do século XX (República, cisão Estado–Igreja, movimento da restauração católica e o da Escola Nova). Questionou-se como a Igreja Católica conseguiu conquistar espaço na Revista do Ensino? Quais e como eram os conteúdos de fundo religioso católico que esse periódico veiculou? Tais conteúdos contribuíam ou ajudaram a compor um magistério e uma pedagogia católico-cristã? O objetivo geral é compreender nuances de como a Igreja Católica conseguiu se manter ativa e influente no campo da educação após a decretação do Brasil como Estado laico; e os objetivos específicos são caracterizar conteúdos pedagógicos católicos veiculados na Revista do Ensino; averiguar como tais conteúdos se apresentavam ao professorado mineiro (catequista e não católico); entender o que era a Pedagogia de Jesus Cristo e a Escola Nova Cristã na publicação; reconhecer como os conteúdos de fundo católico legitimavam o magistério como sinônimo de missão, vocação, destino, sacrifício, sacerdócio e lugar da mulher. Esta pesquisa é documental e bibliográfica, e enquanto estudo histórico, seguiu postulados e procedimentos teórico-metodológico do método materialismo histórico dialético, preocupando-se com as contradições, os conflitos, os embates, os antagonismos nas relações existentes entre o macro e micro, isto é, entre o nacional, e o local. A fonte histórica central foi a Revista do Ensino de Minas Gerais com o exame dos 175 números no período 1925–1940, e de fontes complementares como encíclicas papais, cartas pastorais, jornais oficiais e católicos, leis, decretos, e o livro de época Minas Gerais em 1925. As categorias analíticas foram: Pedagogia de Jesus Cristo, Escola Nova Cristã, e magistério como sinônimo de: missão, vocação, destino e sacerdócio e lugar da mulher. O capítulo 1 contextualiza o período republicano inicial no Brasil, aborda sobre a separação entre Estado e Igreja Católica, o movimento da restauração católica, e o movimento da Escola Nova, em que se procura caracterizar a conjuntura histórica-político-educacional-religiosa. O capítulo 2 focaliza Minas Gerais, abordando sobre a tradição católica mineira, e o envolvimento da Igreja com os governantes estaduais sucessivamente. São feitas reflexões sobre a reforma Francisco Campos, a formação de professores, a gênese da Revista do Ensino criada em 1892 e reativada em 1925, caracterizando a conjuntura histórica-político-educacional-religiosa neste estado, e suas reverberações neste impresso pedagógico. O capítulo 3 traz a análise dos dados pesquisa, examina capas e os discursos de autoridades eclesiásticas e educacionais mineiras veiculados no impresso, com base no levantamento geral das publicações vinculadas ao catolicismo (1925-1940) e o gráfico derivado do levantamento; analisa-se os princípios da Pedagogia de Jesus Cristo, e como os conteúdos pedagógicos recomendavam o magistério para a figura feminina. Os resultados apontaram que a Igreja Católica reuniu forças e estabeleceu um movimento de reação à escola laica, e em Minas Gerais, o clero encontrou não apenas uma sociedade de tradição católica conservadora, como também sucessivos governos estaduais dispostos a aceitarem a colaboração da Igreja nos rumos da educação. Com essa abertura, a Igreja pôde contar com a Revista do Ensino para veicular o seu ideário pedagógico inclusive seus postulados da Escola Nova Cristã, para alcançar professores, professoras primárias, e as normalistas, sob um discurso que instava as educadoras a seguirem o Mestre Jesus Cristo, e a encararem o magistério como missão terrena, abnegadas, sacrificadas, como sacerdotisas na qualidade de mestras, aceitando uma baixa remuneração, importando-se entretanto mais em desempenhar bem a sagrada missão pedagógica.
Abstract: This study is part of the research line History and Historiography of Education of the Postgraduate Program in Education of the Universidade Federal de Uberlândia PPGED-UFU. The object of study is the presence of elements of the Catholic creed in the Revista do Ensino de Minas Gerais between the years 1925 and 1940. The problematization of the object was projected in the historical context of the first half of the 20th century (Republic, State-Church split, movement of Catholic restoration and the New School). It was questioned how the Catholic Church managed to conquer space in the Revista do Ensino? What and how were the catholic religious contents conveyed by this periodical? Did such contents contribute or help to compose a catholic-christian teaching and pedagogy? The general objective is to understand the nuances of how the Catholic Church managed to remain active and influential in the field of education after the decree of Brazil as a secular state; and the specific objectives are to characterize the catholic pedagogical contents published in Revista do Ensino; To understand what the Pedagogy of Jesus Christ and the New Christian School were in the publication; to recognize how the contents with a Catholic background legitimized teaching as synonymous with mission, vocation, destiny, sacrifice, priesthood, and the place of women. This research is documental and bibliographic, and as a historical study, it followed the theoretical and methodological postulates and procedures of the dialectical historical materialism method, concerning itself with the contradictions, conflicts, clashes, antagonisms in the existing relations between the macro and the micro, that is, between the national and the local. The central historical source was the Revista do Ensino de Minas Gerais with the examination of 175 issues in the period 1925-1940, and complementary sources such as papal encyclicals, pastoral letters, official and Catholic newspapers, laws, decrees, and the epoch book Minas Gerais in 1925. The analytical categories were: Pedagogy of Jesus Christ, New Christian School, and teaching as synonymous with: mission, vocation, destiny and priesthood, and the place of women. Chapter 1 contextualizes the early republican period in Brazil, discusses the separation between the State and the Catholic Church, the catholic restoration movement, and the New School movement, in which the historical-political-educational-religious conjuncture is characterized. Chapter 2 focuses on Minas Gerais, dealing with the Minas Gerais catholic tradition, and the Church's involvement with successive state governors. Reflections are made on the Francisco Campos reform, teacher training, the genesis of the Revista do Ensino created in 1892 and reactivated in 1925, characterizing the historical-political-educational-religious conjuncture in this state, and its reverberations in this pedagogical press. Chapter 3 brings the analysis of the research data, examines covers and the speeches of ecclesiastical and educational authorities of Minas Gerais conveyed in the print, based on the general survey of publications linked to Catholicism (1925-1940) and the graph derived from the survey; the principles of the Pedagogy of Jesus Christ are analyzed, and how the pedagogical contents recommended teaching to the female figure. The results pointed out that the Catholic Church gathered forces and established a movement of reaction to the secular school, and in Minas Gerais, the clergy found not only a society of conservative catholic tradition, but also successive state governments willing to accept the collaboration of the Church in the directions of education. With this opening, the Church could count on the Revista do Ensino to convey its pedagogical creed, including its postulates of the New Christian School, to reach teachers, elementary school teachers, and schoolmistresses, under a discourse that urged educators to follow the Master Jesus Christ, and to face teaching as an earthly mission, self-sacrificing, sacrificing, as priestesses in the quality of teachers, accepting a low remuneration, but caring more about performing well the sacred pedagogical mission.
Keywords: ideário católico
catholic creed
restauração católica
catholic restoration
imprensa pedagógica
pedagogical press
Revista do Ensino
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Subject: Educação
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: COELHO, Monalisa Lopes dos Santos Coelho. Presença do ideário católico na Revista do Ensino de Minas Gerais (1925–1940). 2021. 164 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2021. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2021.6021
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2021.6021
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/31605
Date of defense: 26-Jan-2021
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PresençaIdeárioCatólico.pdfDissertação Monalisa Lopes dos Santos Coelho12.32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons