Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30789
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorLima, Ápia Aurelia Xavier-
dc.date.accessioned2020-12-22T18:46:21Z-
dc.date.available2020-12-22T18:46:21Z-
dc.date.issued2020-12-07-
dc.identifier.citationLIMA, Ápia Aurelia Xavier. Análise espaço-temporal dos impactos do desmatamento no município de Águas Vermelhas -MG. 2020. 60 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenharia de Agrimensura e Cartográfica ) – Universidade Federal de Uberlândia, Monte Carmelo, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30789-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSensoriamento remotopt_BR
dc.subjectDesmatamentopt_BR
dc.subjectBioma Mata Atlânticapt_BR
dc.titleAnálise espaço-temporal dos impactos do desmatamento no município de Águas Vermelhas - MGpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Silva, Mirna Karla Amorim da-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4710509Z2pt_BR
dc.contributor.referee1Indjai, Luziane Ribeiro-
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4745611P7pt_BR
dc.contributor.referee2Gallis, Rodrigo Bezerra de Araújo-
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4706376Y8pt_BR
dc.description.degreenameTrabalho de Conclusão de Curso (Graduação)pt_BR
dc.description.resumoAs florestas brasileiras têm sofrido com desmatamento, desde a chegada da corte portuguesa e suas instalações, onde a vegetação foi, ao longo do tempo, substituída pelas atividades antrópicas aumentando a cada dia e resultando em graves consequências ao meio ambiente. O bioma Mata Atlântica é um dos biomas mais importantes e mais ricos em biodiversidade, que beneficia a 17 estados brasileiros e, no entanto, é um dos biomas mais ameaçados e que vem sofrendo grandes alterações com desmatamento, restando pouco de sua vegetação original. Águas Vermelhas é um município que, durante algum tempo, foi destaque em desmatamento. Dentro deste contexto, o objetivo deste trabalho foi realizar uma análise temporal do processo do desmatamento neste município, por meio de imagens orbitais dos anos de 1999, 2009 e 2019. Águas Vermelhas é um município que está situado na mesorregião do Norte de Minas, no estado de Minas Gerais. Para alcançar o objetivo proposto foram realizadas metodologias utilizando imagens orbitais dos satélites Landsat 5 e Landsat 8, técnicas do Sensoriamento Remoto, Processamento Digital de Imagens e Geoprocessamento, através de vários softwares (Envi, Arcgis, Qgis, Erdas Imagine) que possibilitaram verificar e mapear o avanço do desmatamento em 20 anos no município. Para realizar o mapa de uso e ocupação da terra, foi feito uma classificação supervisionada com o auxílio do classificador de máxima verossimilhança, onde se pode quantificar as classes de uso da terra. As métricas de paisagem foram obtidas por meio da extensão Patch Analyst do Arcgis, aplicada para a classe de vegetação do mapeamento de uso e ocupação da terra. E também foi verificado a mudança da cobertura da vegetação para os três anos estudado por meio do cálculo do índice de vegetação de diferença normalizada (NDVI). Por fim, foram efetuados os cálculos da Temperatura de Superfície (TS) através dos sensores termais do satélite Landsat para os três anos em estudo. Com os resultados obtidos com o mapa de uso e ocupação pôde-se identificar os impactos causados pelo desmatamento, onde no ano de 1999 a vegetação nativa ocupava 70,51% da área do município, caiu para 51,64% no ano de 2009 e, no ano de 2009, reduziu para 46,77%. No intervalo de 20 anos houve uma redução de 23,74% na vegetação, indicando o aumento significativo nas atividades antrópicas (agricultura, pastagem e solo exposto) e houve uma redução de 0,59 % na classe de água no ano de 2019. Com os cálculos das métricas foi possível observar uma paisagem mais fragmentada nos dois últimos anos estudados. Havia uma maior preservação da vegetação nativa no ano de 1999 quando comparado aos outros anos, sendo o ano de 2019 o ano com maior quantidade de fragmentos sujeitos aos efeitos de bordas. O índice de vegetação por diferença normalizada (NDVI) demostrou-se eficiente para a análise temporal, e para identificar as áreas degradadas, podendo verificar que a vegetação de densidade alta predominou no município também no ano de 1999. A Temperatura de Superfície (TS), mostrou a grande influência que a vegetação tem sobre a temperatura, visto que nas áreas com solo exposto as temperaturas se mostraram mais elevadas, com valores que chegaram de 28,9°C a 45°C e 34,9°C a 43,6°C. De forma geral, os dados obtidos a partir das imagens orbitais e a metodologia utilizada permitiu elaborar mapas de uso e ocupação da terra, fragmentos de vegetação nativa, NDVI e Temperatura de superfície, que foram essenciais para realizar uma análise-espaço temporal para os anos de 1999, 2009 e 2019, com resultados satisfatórios demostrando o avanço do desmatamento, nesse intervalo de tempo, e os impactos causado por ele no município de Águas Vermelhas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.courseEngenharia de Agrimensura e Cartográficapt_BR
dc.sizeorduration60pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRApt_BR
dc.orcid.putcode85713024-
Appears in Collections:TCC - Engenharia de Agrimensura e Cartográfica (Monte Carmelo)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnáliseEspaçoTemporal.pdfTCC1.94 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.