Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30423
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Mudanças recentes no sistema bancário nacional: impactos sobre sua forma de atuação
Alternate title (s): Recent changes in the national banking system: impacts on how it operates
Author: Adati, Fabiana Mitiko
First Advisor: Corrêa, Vanessa Petrelli
First member of the Committee: Corazza, Gentil
Second member of the Committee: Almeida Filho, Niemeyer
Summary: Este trabalho pretende analisar se as transformações ocorridas no sistema bancário nacional nesses últimos anos modificaram a sua lógica de atuação. Dentre as mudanças ocorridas neste sistema, temos a redução do número de bancos estaduais e o aumento da participação de instituições estrangeiras. A questão central é a oferta de crédito, uma vez que se esperava que o crédito voltasse a crescer com a estabilização. Isso realmente aconteceu logo após a implementação do Plano Real, no entanto, o crescimento do crédito não foi sustentado por muito tempo. A questão do crédito foi analisada em comparação com outras formas de aplicações e analisada dentro de uma periodização que considera os momentos específicos de alta rentabilidade advinda de operações especulativas. Tais momentos foram justamente os períodos em que o país foi afetado pelas crises internacionais. Verificamos que, nesses períodos, o Governo, para evitar a saída de divisas, elevou os juros e emitiu títulos públicos com boa rentabilidade. Foram esses títulos que forneceram grande lucratividade àqueles que os adquiriram: o sistema bancário e outros participantes do mercado financeiro. Isso demonstra a permanência da lógica especulativa e que o sistema bancário possui outras formas de aplicações que não necessariamente as operações de crédito. A mudança da estrutura do ativo bancário evidencia este fato. No período analisado, observou-se o aumento da participação de títulos e valores mobiliários sobre o total do ativo, em detrimento da participação das operações de crédito. Objetivamos demonstrar que o novo desenho do sistema bancário caracterizado pela redução da participação dos bancos públicos e pelo aumento da participação dos bancos estrangeiros, não muda o perfil de operação dos bancos privados. Isto porque bancos estrangeiros, de modo geral, atuaram da mesma forma que os bancos privados nacionais, mantendo e reforçando a lógica especulativa do sistema bancário. Para melhor entender essa questão, buscamos mostrar como as possibilidades de ganhos do sistema bancário estiveram diretamente ligadas às políticas do Plano Real. Veremos que as políticas macroeconômicas adotadas pelo país criaram uma armadilha para a economia, cuja contrapartida foi uma crescente piora das contas internas e externas do país, enquanto se verificou um grande lucro para as instituições ba
Abstract: This paper intends to analyze whether the changes that have occurred in the national banking system in recent years have changed its logic of operation. Among the changes that have occurred in this system, we have a reduction in the number of state banks and an increase in the participation of foreign institutions. The central issue is the supply of credit, since credit was expected to grow again with stabilization. This actually happened shortly after the implementation of the Real Plan, however, credit growth was not sustained for long. The credit issue was analyzed in comparison with other forms of investments and analyzed within a periodization that considers the specific moments of high profitability arising from speculative operations. Such moments were precisely the periods when the country was affected by international crises. We note that, in these periods, the Government, to avoid the outflow of foreign exchange, raised interest rates and issued government bonds with good profitability. It was these bonds that provided great profitability to those who acquired them: the banking system and other participants in the financial market. This demonstrates the permanence of speculative logic and that the banking system has other forms of investments that are not necessarily credit operations. The change in the structure of banking assets highlights this fact. In the analyzed period, there was an increase in the participation of bonds and securities over the total assets, to the detriment of the participation of credit operations. We aim to demonstrate that the new design of the banking system, characterized by a reduction in the participation of public banks and an increase in the participation of foreign banks, does not change the operating profile of private banks. This is because foreign banks, in general, acted in the same way as national private banks, maintaining and reinforcing the speculative logic of the banking system. To better understand this issue, we seek to show how the banking system's chances of gain were directly linked to Plano Real's policies. We will see that the macroeconomic policies adopted by the country created a trap for the economy, the counterpart of which was a growing worsening of the country's internal and external accounts, while there was a great profit for the financial institutions.
Keywords: Sistema bancário
Bancos estaduais
Oferta de crédito
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Subject: Bancos
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Economia
Quote: ADATI, Fabiana Mitiko. Mudanças recentes no sistema bancário nacional: impactos sobre sua forma de atuação. 2002. 142 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2002.69
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2002.69
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30423
Date of defense: 2002
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MudancasRecentesSistema.pdfDissertação14.37 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons