Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30036
Document type: Tese
Access type: Acesso Embargado
Title: Estimativa de perdas econômicas e produtivas do estresse por calor e efeito de ondas de calor sobre o desempenho de frangos de corte em ambiente tropical
Alternate title (s): Estimation of economic and productive losses from heat stress and the effect of heat waves on the performance of broilers in a tropical environment
Author: Moraes, Cíntia Amaral
First Advisor: Nascimento, Mara Regina Bueno de Mattos
First member of the Committee: Antunes, Robson Carlos
Second member of the Committee: Bueno, João Paulo Rodrigues
Third member of the Committee: Guimarães, Ednaldo Carvalho
Fourth member of the Committee: Marchini, Cristiane Ferreira Prazeres
Summary: Alterações climáticas são consideradas desafios na criação de frangos de corte. Neste contexto, conhecer a incidência de ondas de calor e seus efeitos no desempenho de frangos são fundamentais na escolha do tipo de climatização utilizada no aviário que garanta a expressão do potencial genético e o bem-estar animal. Assim, no primeiro estudo, objetivou-se realizar o zoneamento bioclimático, a estimativa das perdas econômicas e financeiras causadas pelo estresse por calor em ambiente tropical. Para isso, calculou-se o Índice de Temperatura e Umidade (ITU) máximo, mínimo e médio diários em oito estações meteorológicas de 2002 a 2019, duração do calor térmico acumulado em um dia (ITU Load), duração do período de estresse (D), redução no consumo de ração de aves sob estresse por calor (DMI Loss), perda no ganho de peso (Gain Loss), variação na taxa de mortalidade por estresse térmico (PDeath) e posteriormente realizados os custos de produção e as estimativas de perdas financeiras por causa do estresse por calor. Maio a agosto caracterizaram-se pelos menores riscos de desconforto térmico para a produção de frangos de corte em Araxá, Patrocínio, Conceição das Alagoas, Sacramento, Uberaba e Uberlândia e de setembro a abril houve a necessidade da utilização de sistema de condicionamento térmico artificial para minimizar as variações do ambiente térmico em todas as cidades estudadas. O desempenho foi prejudicado quando não se usou técnicas para resfriamento. A região de Ituiutaba e Campina Verde são locais desfavoráveis para a criação de frangos de corte, para indicadores zootécnicos e financeiros. No segundo estudo, objetivou-se avaliar os efeitos das ondas de calor no desempenho de frangos de corte criados em galpões semiclimatizados e climatizados e a taxa de mortalidade durante o transporte até ao abatedouro. Desse modo, calculou-se o ganho de peso diário, peso ao abate e a taxa de mortalidade de frangos “griller” criados em galpões semiclimatizados e climatizados e comparou com o número de dias de ondas de calor (0 a 2 dias (I); 3 a 6 dias (II); 7 a 10 dias (III) e maior que 10 dias (IV), além disso calculou-se a taxa de mortalidade durante transporte até o abatedouro. O sistema de resfriamento de aviários (semiclimatizados e climatizados) não interferiu no ganho de peso diário e no peso de abate, mas a taxa de mortalidade foi maior em frangos criados em sistema de semiclimatizado comparados aos criados em sistema climatizados. No galpão semiclimatizado a menor taxa de mortalidade ocorreu nos tipos de ondas I, III e IV em relação ao tipo II, no entanto o tipo II não diferiu de I e IV. A taxa de mortalidade durante o transporte até o abatedouro aumentou com o acréscimo do ITUmáx. Ondas de calor com duração de 10 ou mais dias não interferem no peso ao abate e no ganho de peso diário de frangos criados em sistema semiclimatizado e em climatizado em ambiente tropical, porém, a taxa de mortalidade de aves em galpões semiclimatizado aumenta com acréscimo dos dias de ondas de calor. A taxa de mortalidade durante o transporte até o abatedouro aumenta com o acréscimo do ITUmax.
Abstract: Climate change is considered a challenge in broiler breeding. In this context, knowing the incidence of heat waves and their effects on the performance of chickens is essential in choosing the type of air conditioning used in the aviary that guarantees the expression of genetic potential and animal welfare.Thus, in the first study, the objective was to perform bioclimatic zoning, the estimate of economic and financial losses caused by heat stress in a tropical environment. For this, the daily maximum, minimum and average daily temperature and humidity index (THI) was calculated in eight weather stations from 2002 to 2019, duration of the thermal heat accumulated in one day (THI Load), duration of the stress period (D), reduction in the consumption of poultry feed under heat stress (DMI Loss), loss of weight gain (Gain Loss), variation in the mortality rate due to thermal stress (PDeath) and later production costs and estimates of financial losses because of heat stress. May to August were characterized by lower risks of thermal discomfort for the production of broilers in Araxá, Patrocínio, Conceição das Alagoas, Sacramento, Uberaba and Uberlândia and from September to April there was a need to use an artificial thermal conditioning system to minimize variations in the thermal environment in all cities studied. Performance was impaired when no cooling techniques were used. The Ituiutaba and Campina Verde regions are unfavorable places for the rearing of broilers, for zootechnical and financial indicators. In the second study, the objective was to evaluate the effects of heat waves on the performance of broiler chickens raised in semi-climatic and climatic sheds and the mortality rate during transport to the slaughterhouse. In this way, the daily weight gain, slaughter weight and mortality rate of “griller” chickens reared in semi-climatic and acclimatized sheds were calculated, in addition to the mortality rate during transport to the slaughterhouse. The poultry cooling system (semi-climatic and acclimatized) did not interfere with daily weight gain and slaughter weight, but the mortality rate was higher in broilers raised in a semi-climatic system compared to those raised in a climatized system. In the semi-climatic house, the lowest mortality rate occurred in wave types I, III and IV in relation to type II, however type II did not differ from I and IV. The mortality rate during transport to the slaughterhouse increased with the addition of THImax. Heat waves lasting 10 days or more do not affect slaughter weight and daily weight gain of broilers raised in a semi-climatic system and in a climatized system in a tropical environment, however, the mortality rate of birds in semi-climatic sheds increases with the increase of heat wave days. The mortality rate during transport to the slaughterhouse increases with the addition of THImax.
Keywords: Ave
Aviários
Instalações avícolas
Conforto térmico
Índice de temperatura e umidade
Poultry
Aviary
Poultry facilities
Thermal comfort
Temperature and humidity index
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Subject: Frango de corte
Calor
Controle de perdas
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias
Quote: MORAES, Cíntia Amaral. Estimativa de perdas econômicas e produtivas do estresse por calor e efeito de ondas de calor sobre o desempenho de frangos de corte em ambiente tropical. 2020. 65 f. Tese (Doutorado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org./10.14393/ufu.te.2020.434
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.te.2020.434
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30036
Date of defense: 23-Jul-2020
Appears in Collections:TESE - Ciências Veterinárias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstimativaPerdasEconomicas.pdf
  Until 2022-07-23
Tese1 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.