Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30034
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-0941-3501
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Ordem e progresso: colonização e desenvolvimento em Mato Grosso: o caso de Sinop
Alternate title (s): Order and Progress: colonization and development in Mato Grosso: the case of Sinop
Author: Vieira, Paulo Alberto dos Santos
First Advisor: Almeida Filho, Niemeyer
First member of the Committee: Ortega, Antonio César
Second member of the Committee: Fonseca, Pedro Cezar Dutra
Third member of the Committee: Corrêa, Vanessa Petrelli
Summary: Responsável a um só tempo pela ocupação e surgimento de destacados e importantes núcleos urbanos em Mato Grosso, como é o caso do município de Sinop, a colonização dirigida realizada por capitais privados, possui lugar assegurado entre aqueles que se preocupam com a economia e história regionais e como estas se relacionam com a trajetória de desenvolvimento do país. O tema apresenta-se com destaque, também, para aqueles que buscam formular quadros interpretativos para situação tão recente, como o caso da ocupação do território mato-grossense liderado pelos empreendimentos das colonizadoras. Deste ponto de vista ganha dimensão os empreendimentos de colonização que se multiplicam após 1964. A intensidade com que estes projetos ocorreram em Mato Grosso a partir de então, sinalizam para a existência de novas articulações presentes no interior da sociedade brasileira, cujos desdobramentos trazem repercussões até nossos dias. No caso presente, buscamos demonstrar que a colonização dirigida em Mato Grosso, tendo como referência maior o caso de Sinop, foi resultado de mudanças estruturais da sociedade, da economia e do Estado, daí este caso e tantos outros similares ocorridos em território mato-grossense distanciarem-se das experiências de colonização das décadas de 1940 e 1950. Estas, praticamente permaneceram restritas em determinadas áreas como exemplificam os casos de Corumbá em Mato Grosso do Sul e Goiânia em Goiás. As experiências das Colônias Nacionais Agrícolas por uma série de debilidades e também em função do padrão de desenvolvimento então vigente avançaram pouco seja sob a ótica político-ideológica, quer seja sob a sócio-econômica. Absolutamente distinta das experiências das Colônias Nacionais Agrícolas foi a colonização dirigida largamente estimulada após 1964. Neste caso as debilidades haviam sido superadas e o país passava por uma importante divagem no interior do padrão de desenvolvimento, isto é, as relações entre Estado, economia e sociedade assumiam novos contornos nos quais prevaleciam as opções pelas classes e frações de classes proprietárias e dirigentes, autóctones ou não.
Abstract: Responsible at the same time for the occupation and emergence of prominent and important urban centers in Mato Grosso, as is the case of the municipality of Sinop, the colonization directed by private capital, has an assured place among those concerned with the regional economy and history and how they relate to the country's development trajectory. The theme also presents itself prominently for those who seek to formulate interpretive frameworks for such a recent situation, such as the case of the occupation of the territory of Mato Grosso led by the colonizers' enterprises. From this point of view, the colonization enterprises that multiply after 1964 gain importance. The intensity with which these projects took place in Mato Grosso since then, signal the existence of new articulations present within the Brazilian society, whose developments bring repercussions up to our days. In the present case, we seek to demonstrate that the colonization directed in Mato Grosso, having Sinop as its main reference, was the result of structural changes in society, the economy and the State, hence this case and so many similar ones that occurred in Mato Grosso territory distance themselves from the colonization experiences of the 1940s and 1950s. These practically remained restricted in certain areas, as exemplified by the cases of Corumbá in Mato Grosso do Sul and Goiânia in Goiás. The experiences of the National Agricultural Colonies due to a series of weaknesses and also due to the development pattern then in effect have made little progress either under the political-ideological perspective, whether under the socio-economic. Absolutely different from the experiences of the National Agricultural Colonies, colonization was largely stimulated after 1964. In this case the weaknesses had been overcome and the country was experiencing an important divide within the pattern of development, that is, the relations between State, economy and society they assumed new contours in which the options for classes and fractions of proprietary and ruling classes prevailed, whether
Keywords: Desenvolvimento regional
Mato Grosso
Reforma agrária
Agricultura e Estado
Colonização
Migração interna
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Subject: Sinop (MT)
Colonização
Desenvolvimento local-regional
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Economia
Quote: VIEIRA, Paulo Alberto dos Santos. Ordem e progresso: colonização e desenvolvimento em Mato Grosso: o caso de Sinop. 2003. 182 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2003.71
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2003.71
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/30034
Date of defense: 2003
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OrdemProgressoColonizacao.pdf20.14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons