Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29925
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-0941-3501
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Freqüência de anticorpos anti- Toxocara sp. em amostras de soro de crianças, atendidas no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, HC-UFU Uberlândia - Minas Gerais
Alternate title (s): Frequency of anti-Toxocara sp. in serum samples from children, seen at the Hospital de Clínicas, Universidade Federal de Uberlândia, HC-UFU Uberlândia - Minas Gerais
Author: Teixeira, Cristiane Rodrigues
First Advisor: Cury, Márcia Cristina
Summary: Toxocara canis e T. cati são nematodeos parasitas de cães e gatos respectivamente, estes causam no homem, devido à ingestão acidental de ovos larvados, a Toxocaríase humana. Devido à inexistência de estudos sobre freqüência de anticorpos anti-T. canis no município de Uberlândia, foram analisados soros sangüíneos de 242 indivíduos, entre um e quinze anos, de ambos os sexos para verificar a presença de anticorpos anti-Toxocara sp., através do ELISA. Estes indivíduos foram atendidos no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) e encaminhadas ao Laboratório de Análises Clínicas UFU, para coleta de sangue. Todos os dados dos indivíduos foram registrados, sendo as informações sobre os dados ambientais e comportamentais obtidas por meio de entrevistas com os pais ou responsáveis, através de questionário investigativo. Para obtenção das informações dos sinais clínicos, 187 prontuários dos pacientes provenientes do Arquivo Médico HC-UFU, foram analisados. A presença de cães e gatos e o local de contanto foram variáveis, que mostraram associação significante (p < 0,05) com sorologia positiva. Em relação ao local de contato a escola mostrou ser o maior fator de risco à infecção. A variável clínica problema respiratório, também mostrou relação estatística positiva com a sorologia para Toxocara sp., podendo-se conjectura que esse distúrbio se mostrou específico, podendo este estar relacionado à infecção. Observou-se associação estatística significante para níveis de eosinófilos superior a 20%, o que poderia associar estes valores à infecção por Toxocara sp. As demais variáveis testadas, tais como sexo, idade, dor de cabeça, dor abdominal, crises convulsivas, anemia e eosinofilia, não se associaram significativamente a ocorrência de toxocaríase. A magnitude dos títulos de anticorpos observada, sugere precedente contato dos indivíduos investigados com o helminto. Observa-se uma grande variação dos títulos sorológicos e que as variáveis demográficas, ambientais e clínicas são fatores de grande importância na infecção por Toxocaríase.
Abstract: Toxocara canis and T. cati are nematode parasites of cats and dogs, respectively. In humans, because of accidental ingestion of larvae eggs, they cause Toxocariasis. Due to the lack of studies on the frequency of anti-r canis antibodies in the city of Uberlândia, blood serum of 242 girls and boys aged one to fifteen were collected to verify the presence of anti-r. canis antibodies by the ELISA method. The participants of the study were attended at the Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) and referred to the Laboratory of Clinicai Analysis at the same university aforementioned, for blood collection. All data were registered, and the information on the environment and behavior of the patients was obtained through interviews with the parents or legal guardians, using an investigative questionnaire. To obtain data on clinicai symptoms, 187 medicai records form medicai files of the hospital, HC-UFU, were analyzed. The presence of cats and dogs and the place of contact were variables which revealed to be significantly associated (p < 0,05) with positive serology. In relation to the place of contact, schools showed to be the greatest risk factor for infection. The clinicai variable, respiratory problem, also revealed positive statistical correlation serology for T. canis, inferring that this disturbance, which showed to be specific, may be related to infection. All other tested variables such as sex, age, headaches, abdominal pain, convulsive crises, anemia and eosinophilia, were not signifícantly associated with the risk for toxocariasis. The frequency of antibodies observed suggests that the investigated individuais had previous contact with the helminth. A large variation of the serological titles was observed and the demographic, environmental and clinicai factors are of great importance in Toxocariasis infection.
Keywords: Toxocara canis
Parasitas de cães e gatos
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA
Subject: Anticorpos
Hospitais públicos
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Imunologia e Parasitologia Aplicadas
Quote: TEIXEIRA, Cristiane Rodrigues. Freqüência de anticorpos anti- Toxocara sp. em amostras de soro de crianças, atendidas no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, HC-UFU Uberlândia - Minas Gerais. 2004. 72 f. Dissertação (Mestrado em Imunologia e Parasitologia Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2004.75
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2004.75
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29925
Date of defense: 2004
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Imunologia e Parasitologia Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FrequenciaDeAnticorpos.pdf2.29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons