Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29270
ORCID:  http://orcid.org/0000-0003-3870-3513
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: O significado do dinheiro: validação de escala e relacionamento com dados sociodemográficos em uma amostra de Uberlândia-MG
Alternate title (s): The meaning of money: scale validation and relationship with sociodemographic data in a sample from Uberlândia-MG
Author: Santos, Camila Assunção
First Advisor: Silva, Pablo Rogers
First member of the Committee: Peixoto, Fernanda Maciel
Second member of the Committee: Silva, Tarcisio Pedro da
Summary: O dinheiro faz parte do cotidiano das pessoas de maneira tão essencial que é difícil imaginar uma sociedade sem ele. Consonante a isso, desde a década de 1970, pesquisadores das áreas de psicologia e economia buscam compreender os significados, comportamentos e atitudes das pessoas em relação ao dinheiro ao longo da vida. Embora os estudos sobre o tema se justifiquem, as pesquisas brasileiras ainda carecem de aprofundamento. Neste sentido, este trabalho buscou em um primeiro momento validar, pela Análise Fatorial Confirmatória (AFC), a Escala de Significado do Dinheiro (ESD II) construída por Moreira (2000), considerando os níveis de ajustamento e confiabilidade da escala no intuito de facilitar a aplicação, e consequentemente, fomentar novas pesquisas. Em um segundo momento, o objetivo foi compreender se variáveis sociodemográficas, tais como gênero, idade, raça, religião, renda, estado civil e escolaridade influenciam no significado atribuído ao dinheiro. Os resultados do primeiro objetivo evidenciaram que a escala original (ESD II) de 6 fatores e 60 itens de Moreira (2000) possui uma versão validada, reduzida, com critérios de ajustamento e confiabilidade melhores que o modelo original. O segundo objetivo demonstrou que as variáveis gênero e ciclo de vida não apresentaram diferença entre os grupos em relação ao significado do dinheiro. Entretanto, as variáveis raça, religião e a sua prática, renda, estado civil e escolaridade demonstraram uma relação com os sentimentos e percepções que as pessoas atribuem ao dinheiro. Como pesquisas futuras, recomenda-se que a escala proposta neste estudo seja aplicada em todas as regiões do Brasil para detectar possíveis diferenciações nos resultados em detrimento da regionalidade, uma vez que este estudo foi aplicado, em sua maioria, na cidade de Uberlândia. Além disso, sugere-se coletar uma amostra com uma variabilidade maior de ciclos de vida com o objetivo de reavaliar o impacto da idade no significado do dinheiro.
Abstract: Money is so essential to people's daily lives that it is difficult to imagine a society without it. Accordingly, since the 1970s, researchers in the fields of psychology and economics have sought to understand people's meanings, behaviors and attitudes towards money throughout their lives. Although studies on the topic are justified, Brazilian research still needs to be deepened. In this sense, this work initially sought to validate, by the Confirmatory Factor Analysis (AFC), the Money Meaning Scale (ESD II) built by Moreira (2000), considering the levels of adjustment and reliability of the scale in order to facilitate application, and consequently, foster new research. Secondly, the objective was to understand whether sociodemographic variables, such as gender, age, race, religion, income, marital status and education, influence the meaning attributed to money. The results of the first objective showed that the original scale (ESD II) of 6 factors and 60 items by Moreira (2000) has a validated, reduced version, with better adjustment and reliability criteria than the original model. The second objective demonstrated that the variables gender and life cycle did not differ between groups in relation to the meaning of money. However, the variables race, religion and their practice, income, marital status and education showed a relationship with the feelings and perceptions that people attribute to money. As for future research, it is recommended that the scale proposed in this study be applied in all regions of Brazil to detect possible differences in results to the detriment of regionality, since this study was mostly applied in the city of Uberlândia. In addition, it is suggested to collect a sample with a greater variability in life cycles in order to reassess the impact of age on the meaning of money.
Keywords: Validação
Validation
Análise Fatorial Confirmatória
Confirmatory Factor Analysis
Escala
Scale
Significado do dinheiro
Meaning of money
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Administração
Quote: SANTOS, Camila Assunção. O significado do dinheiro: validação de escala e relacionamento com dados sociodemográficos em uma amostra de Uberlândia-MG. 2020. 76 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.282
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.282
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29270
Date of defense: 27-Feb-2020
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SignificadoDinheiroValidacao.pdf1.03 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons