Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29108
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Embargado
Title: Predição de ganho genético utilizando índices de seleção e reação à Dickeya zeae em genótipos de milho doce
Alternate title (s): Prediction of genetic gain using selection and reaction indexis for Dickeya zeae in sweet corn genotypes
Author: Silva, Isadora Gonçalves da
First Advisor: Castoldi, Renata
First coorientator: Tebaldi, Nilvanira Donizete
First member of the Committee: Oliveira, Ana Paula Nogueira
Second member of the Committee: Vargas, Pablo Forlan
Summary: O cultivo de milho doce vem se expandido no Brasil, contudo, ainda apresenta restrições em relação à disponibilidade de híbridos comerciais e à suscetibilidade a patógenos. Dessa forma, é necessário selecionar linhagens promissoras no banco de germoplasma, considerando o potencial agronômico e a resistência às doenças. A seleção de genótipos superiores pode ser realizada com base em índices de seleção, por permitir obter simultaneamente ganhos genéticos para caracteres de importância. Portanto, os objetivos desse trabalho foram realizar a seleção de genótipos de milho doce com base em caracteres agronômicos e organolépticos, utilizando índices de seleção, e avaliar a reação dos genótipos mais promissores à Dickeya zeae. O trabalho foi realizado em duas etapas. O experimento de campo foi desenvolvido na Estação Experimental de Hortaliças da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Campus Monte Carmelo, em delineamento em blocos casualizados com 18 tratamentos (genótipos de milho doce da geração F3) e três repetições. Realizaram-se avaliações agronômicas e organolépticas dos genótipos de milho doce. As análises estatísticas foram efetuadas com o auxílio do programa Genes. Foram empregadas a seleção direta e indireta, índice baseado em soma de ranks, índice baseado nos ganhos desejados e índice baseado no ideótipo. A segunda etapa foi realizada em casa de vegetação na UFU, Campus Umuarama, onde avaliaram-se a reação de onze acessos de milho doce à dois isolados de Dickeya zeae. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 11 x 2, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram de 10 genótipos de milho doce da geração F3, pertencentes ao Banco de Germoplasma de Hortaliças da UFU, Campus Monte Carmelo, (L2P1, L2P11, L2P33, L2P37, L2P45, L3P27, L4P19, L5P3, L5P18 e L5P42), e um híbrido de milho comum comercial (AS1633) suscetível à bactéria da podridão do colmo, e dois isolados de Dickeya zeae (UFU J23 e UFU H113). A suspensão bacteriana foi inoculada 45 dias após a semeadura e aos 4, 8, 12 e 16 dias após a inoculação mediu-se o comprimento das lesões, para determinar o período de incubação, severidade da doença e área abaixo da curva de progresso da doença. As análises estatísticas foram realizadas nos programas R e SigmaPlot. O método de seleção direta e indireta não foi satisfatório para a predição de ganho genético em milho doce. O índice de soma de “ranks” apresentou o maior valor de ganho total e também proporcionou distribuição equilibrada dos ganhos de seleção, selecionando os genótipos L2P1, L2P11, L2P37, L2P45 e L4P19, com desempenho superior para o conjunto de caracteres. Nenhum genótipo avaliado foi resistente à Dickeya zeae. Porém, alguns foram classificados como moderadamente suscetível. No entanto, a pesquisa pode ser realizada com outros acessos do banco de germoplasma de milho doce da UFU.
Abstract: The cultivation of sweet corn has expanded in Brazil, however, there are still restrictions on the availability of commercial hybrids and susceptibility to pathogens. Thus, it is necessary to select promising lines in the germplasm bank, considering the agronomic potential and resistance to diseases. The selection of superior genotypes can be carried out based on the selection indexes, allowing to obtain additional genetic gains for important characters. Therefore, the objectives of this work were to carry out the selection of sweet corn genotypes based on agronomic and organoleptic characters, using selection indexes and measuring the reaction of the most promising genotypes in Dickeya zeae. The work has been done in two steps. The field experiment was developed at the Experimental Vegetable Station at the Federal University of Uberlândia (UFU), Monte Carmelo Campus, in a randomized block design with 18 treatments (genotypes of F3 generation sweet corn) and three replications. Agronomic and organoleptic evaluations of sweet corn genotypes were performed. Statistical analysis was performed with the Genes program support. In this research, direct and indirect selection, index based on the sum of the ratings, index based on the desired gains and index based on the ideotype were used. The second step was carried out in a greenhouse at UFU, Umuarama Campus, where the reaction of eleven sweet corn accessions to two isolates of Dickeya zeae was evaluated. The experimental design was in randomized blocks, in a factorial scheme 11 x 2, with four replications. The treatments consisted of 10 genotypes of F3 generation sweet corn, belonging to the UFU Vegetable Germplasm Bank, Monte Carmelo Campus, (L2P1, L2P11, L2P33, L2P37, L2P45, L3P27, L4P19, L5P3, L5P18 and L5P42), and a hybrid of common commercial corn (AS1633) susceptible to bacteria that rots the stem, and two isolates of Dickeya zeae (UFU J23 and UFU H113). The bacterial suspension was inoculated 45 days after sowing and at 4, 8, 12 and 16 days after inoculation. The lesion length was measured to determine the incubation period, disease severity and area under the disease progress curve. Statistical analyzes were performed in the R and SigmaPlot programs. The method of direct and indirect selection was not satisfactory for the prediction of genetic gain in sweet corn. The sum of ratings index presented the highest total gain value and also provided a balanced distribution of selection gains, selecting the genotypes L2P1, L2P11, L2P37, L2P45 and L4P19, with superior performance for the character set. No genotype evaluated was resistant to Dickeya zeae. But, some were classified as moderately susceptible. However, the research can be carried out with other accesses from the UFU sweet corn germplasm bank.
Keywords: Zea mays subsp. Saccharata
Podridão do Colmo
Ganho Genético
Stalk Rot
Genetic Gain
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Agronomia
Quote: SILVA, Isadora Gonçalves da. Predição de ganho genético utilizando índices de seleção e reação à Dickeya zeae em genótipos de milho doce. 2020. 53 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível em: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.107.
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.107
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29108
Date of defense: 5-Feb-2020
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PredicaoGanhoGenetico.pdf
  Until 2022-02-05
1.69 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.