Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29094
ORCID:  http://orcid.org/0000-0001-6022-7184
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States
Title: Custo total de uso e propriedade: estudo da aplicação em compras de insumos de produção
Alternate title (s): Total cost of ownership: study on the application in production input purchase
Author: Sousa, Luana Martins Guimarães
First Advisor: Fehr, Lara Cristina Francisco de Almeida
First member of the Committee: Souza, Marcos Antônio de
Second member of the Committee: Silva, Júlio Orestes da
Summary: O TCO é um artefato da Gestão Estratégica de Custos (GEC) que permite a compreensão de todos os custos relacionados a compras de determinados bens, desde a aquisição até o descarte. No entanto, há poucos estudos relacionados à aplicação do TCO na aquisição de insumos, pois normalmente destaca-se o papel do TCO na aquisição de bens de capital. Nesse sentido, esta pesquisa buscou identificar as principais características da aplicação do TCO no processo de aquisição de insumos de produção. Para tanto, realizou-se um estudo de caso único, de abordagem díade, desenvolvido com uma empresa compradora da agroindústria e um de seus fornecedores diretos de insumos. A aplicação do TCO foi analisada na compra de três insumos estratégicos utilizados na produção do óleo de soja (soda, pré-forma e caixa de papelão), tendo como teoria de base a Economia dos Custos de Transação (ECT). Para a coleta de dados, foram realizadas entrevistas semiestruturadas, análises de documentos e observação direta, tendo sido os dados analisados por meio da Análise de Conteúdo. Os resultados evidenciaram que a empresa compradora aplica o TCO em insumos considerados estratégicos, desde que mantenha relacionamentos estreitos com os respectivos fornecedores. Verificou-se que, especificamente, em insumos, o TCO é utilizado, principalmente, para renegociação de preço com fornecedores e gerir custos com os mesmos. Encontrou-se, ainda, que os modelos de TCO para compra de insumos na empresa compradora possuem direcionadores de custos e custos comuns a todos os insumos, porém há custos que são específicos para cada compra. Nesses modelos, os fatores qualitativos não são medidos em termos monetários, mas são considerados na aquisição e na negociação dos insumos. Outro achado se refere aos benefícios advindos da aplicação do TCO pela empresa compradora, tais como reduções de custos, maior profundidade no relacionamento com os fornecedores de insumos, especialização dos compradores de insumos em suas categorias de compra e melhor gerenciamento e visibilidade dos custos que impactam os insumos. Constatou-se, ainda, que o papel dos fornecedores de insumos na aplicação do TCO é o de fornecer informações de custos e propor, conjuntamente com a empresa compradora, estratégias e inovação para a redução dos custos e melhoria da qualidade dos insumos e da produção. Com isso, verificou-se que os contratos de longo prazo, os investimentos em ativos específicos e a frequência das transações diminuem o risco de oportunismo e as incertezas na relação, conforme prevê a ECT, bem como favorecem o compartilhamento detalhado de informações. Constatou-se, portanto, que o TCO é utilizado juntamente com o Open Book Accounting (OBA), visto que há o compartilhamento de informações, especialmente, de custos, por parte do fornecedor para análise do TCO; e com a Gestão de Custos Interorganizacionais (GCI), uma vez que a empresa compradora busca, em conjunto com seus fornecedores diretos, algumas alternativas para gerenciar mais adequadamente os custos e para reduzir o custo total de uso e propriedade (TCO) dos insumos. Conclui-se, assim, que o TCO é um artefato importante para o conhecimento do custo total dos insumos, porém alguns aspectos, como o desenvolvimento de relacionamentos estreitos e o compartilhamento de informações detalhadas, principalmente, de custos, devem ser considerados para a sua efetiva aplicação, como evidenciado no caso estudado.
Abstract: Total Cost of Ownership (TCO) is a Strategic Cost Management (SCM) tool for comprehending all of the costs related to the purchase of specific goods, from acquisition to disposal. Nonetheless, few studies are concerned with the use of TCO in input acquisition, as TCO role is usually highlighted in the acquisition of capital goods. Because of it, this research aimed at identifying the main features of the use of TCO to the acquisition process of production inputs. To this purpose, a dyadic approach, single-case study was conducted on an agroindustry purchasing company and on one of its direct suppliers. Based on the Transaction Cost Economics (TCE), the use of TCO was analyzed during the purchase of three strategic inputs required to the production of soybean oil, namely lye, pre-format, and cardboard box. Data were collected in semi-structured interviews, document analysis and direct observation, and then were submitted to Content Analysis. The results showed that the purchasing company applies TCO to those inputs regarded as strategic, as long as the company maintains a close relationship with its own suppliers. Regarding inputs specifically, TCO is mainly used to renegotiate prices with suppliers and manage costs. Moreover, in the purchasing company’s TCO models for purchasing inputs, there are cost drivers and costs which were common to all inputs. However some costs are specific to each purchase. In such models, qualitative factors are not monetarily assessed, but are taken into account in acquiring and negotiating inputs. Another finding relates to the benefits from the purchasing company TCO use, such as reduction in costs, improvement in the relationship with suppliers, input buyers specialization in their own buying category, and better management and perception of the costs related to the inputs. In addition, suppliers’ TCO role is to provide information about costs and to propose, along with the purchasing company, strategies and innovation that reduce costs and improve input and production quality. For this reason, long-term contracts, investments on specific assets and transactions frequency reduce the risk of opportunism and the uncertainty in the relationship, according to the TCE, and support sharing in-depth information as well. Therefore, TCO is used along with both the Open Book Accounting (OBA), since supplier provides TCO analysis with information mainly about costs; and the Interorganizational Cost Management (IOCM), since the purchasing company, along with direct suppliers, seeks alternatives to properly manage costs and to reduce input TCO. In conclusion, TCO is an important tool for knowing the total cost of inputs; some aspects, however, such as the development of close relationship and the sharing of in-depth information mainly about costs, must be taken into account for its effective use, as evidenced by the case study.
Keywords: Gestão Estratégica de Custos
Relacionamentos Interorganizacionais
Agroindústria
Insumos
Contabilidade
Strategic Cost Management
Total Cost of Ownership (TCO)
Interorganizational Relationships
Agroindustry
Inputs
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Contábeis
Quote: SOUSA, Luana Martins Guimarães.Custo total de uso e propriedade: estudo da aplicação em compras de insumos de produção. 2020. 100 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020. Disponível: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.373 .
Document identifier: http://doi.org/10.14393/ufu.di.2020.373
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/29094
Date of defense: 27-Feb-2020
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CustoTotalUso.pdfDissertação1.21 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons