Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/28543
ORCID:  http://orcid.org/0000-0002-6817-2429
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Os impactos da greve dos caminhoneiros de 2018 a luz da teoria econômica
Author: Vaz, Meiriellen dos Santos Florêncio
First Advisor: Santos, Júlio Fernando Costa
Summary: Este estudo objetivou destacar a relevância da logística rodoviária e sua significância para a economia do Brasil por meio da análise dos impactos provocados pela greve dos caminhoneiros em 2018. Os dados foram obtidos no IPEADATA, de 2017 a 2018, possibilitando a averiguação de quais setores apresentaram prejuízos durante o evento e quais foram as consequências negativas no setor de produção, estocagem e preço, identificando e diagnosticando o efeito sobre a economia brasileira durante e após o término do protesto. Para tal, realizou-se uma pesquisa quantitativa, apresentando dados dos setores de petróleo, setor bebidas, bens de consumo, farmacêutico, consumo de óleo combustível e setor de transporte durante o período avaliado. Os resultados demonstraram que a manifestação de 11 dias causou inúmeras perdas, estimando-se R$ 15,9 bilhões para economia do Brasil e acarretando em uma crise de abastecimento, prejudicando outras atividades, principalmente o setor logístico que se utiliza de transporte rodoviário por caminhões, em sua maioria. Para os gestores, a paralisação trouxe aprendizados que visam a prevenção de possíveis paralisações futuras, já que a greve é um direito dos trabalhadores, sendo a maioria era composta por profissionais autônomos que reivindicavam pontos importantes para a categoria, entre eles, a redução no preço do diesel e a implementação de uma tabela de valor mínimo para o preço do frete.
Abstract: This study aimed to highlight the relevance of road logistics and its significance for the Brazilian economy through the analysis of the impacts caused by the truckers strike in 2018. Data were obtained from IPEADATA, from 2017 to 2018, allowing the investigation of which sectors presented losses during the event and what were the negative consequences on the production, stocking and price sectors, identifying and diagnosing the effect on the Brazilian economy during and after the protest ended. To this end, a quantitative research was conducted, presenting data from the oil, beverage, consumer goods, pharmaceutical, fuel oil consumption and transportation sectors during the period evaluated. The results showed that the 11-day demonstration caused countless losses, estimated at R $ 15.9 billion for Brazil's economy and resulting in a supply crisis, harming other activities, especially the logistics sector that uses trucking by road, mostly. For managers, the stoppage brought learning that aims to prevent possible future stoppages, since the strike is a right of workers, and most were autonomous professionals who claimed important points for the category, including the reduction in price. diesel and the implementation of a minimum value table for the freight price.
Keywords: Choque de oferta
Economia
Greve dos caminhoneiros
Preços e estoques
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEIS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: VAZ, Meiriellen dos Santos Florêncio. Os impactos da greve dos caminhoneiros de 2018 a luz da teoria econômica. 2019. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Contábeis) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/28543
Date of defense: 12-Dec-2019
Appears in Collections:TCC - Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ImpactosGreveCaminhoneiros.pdfTCC670.58 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons