Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27974
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Embargado
Title: Efeitos celular e molecular de peptídeo mimético à Argonauta 4 em linhagens celulares celulares protáticas
Author: Silva, Luisa Nogueira e
First Advisor: Araújo, Thaise Gonçalves de
First member of the Committee: Mota, Sara Teixeira Soares
Second member of the Committee: Alves, Douglas Alexsander
Summary: O Câncer de Próstata (CaP) é um importante problema de saúde pública com incidência e mortalidade crescentes, em índices alarmantes. Seu diagnóstico precoce é imprescindível para a cura, e se mostra desafiador, frente à uma doença assintomática e de crescimento lento. Nesse cenário, RNAs não codificantes (ncRNA) têm emergido como moléculas-chave na compreensão da biologia tumoral, destacando-se o Prostate Cancer Associated 3 (PCA3), considerado um RNA longo não codificante (lncRNA) específico a condições malignas do órgão. Esse gene encontra-se envolvido no controle da sobrevivência de células neoplásicas, na regulação hormonal, na modulação da transição epitélio-mesenquimal e no processo de angiogênese. Portanto, é notória a necessidade de melhor compreender seu mecanismo transcricional, para assim definir novos caminhos terapêuticos contra o CaP. Propomos a utilização da nanobioplataforma de Phage Display para a descoberta de ligantes regulatórios do PCA3, visando modular sua expressão. Para isso, peptídeos ligantes à sua região promotora e miméticos à Argonauta 4 (AGO4) foram previamente selecionados. No presente estudo, a avaliação dos efeitos celulares mediados pelo tratamento com os fagos miméticos a AGO4 foi conduzida por ensaios de MTT. Para a linhagem RWPE-1 (não tumorigênica), os tratamentos por 24 horas com 10⁵ ufc e 48 horas com 10⁷ ufc foram citotóxicos (p< 0,05 e p< 0,01, respectivamente). Para a linhagem LNCaP (hormônio responsiva) o tratamento por 24 horas com 10⁵ ufc diminuiu a viabilidade celular. Já a 10⁹ ufc observou-se efeito proliferativo (p< 0,01). Para a linhagem PC3 (resistente à castração), após 48 horas, os fagos titulados a 10⁵ ufc induziram a proliferação celular (p< 0,05). Quanto aos transcritos dos genes AGO4, PRUNE2 e PCA3, estes se mostraram superexpressos na linhagem LNCaP comparados à PC3. Após tratamentos com as partículas fágicas, não foi verificada alteração na expressão mediada pelo peptídeo mimético à AGO4. Como a expressão de PCA3 é regulada por andrógenos, sugerimos que estudos posteriores sejam realizados sem a suplementação de soro. Além disso, fatores transcricionais adicionais também devem ser incluídos, uma vez que hipotetizamos que apenas a AGO4 não seja suficiente na ativação do promotor do gene PCA3.
Abstract: Prostate cancer (PCa) is an important public health problem with increasing incidence and mortality rates. The early diagnosis is essential for curing. However, the disease is challenge due to no specific symptoms and slow progression. In this scenario, non-coding RNAs have emerged as key molecules for understanding the tumor biology. Notably the Prostate Cancer Associated 3 (PCA3), a long non-coding RNA (lncRNA), is a specific marker for PCa, associated with neoplastic cell control, hormone regulation, epithelial mesenchymal transition and angiogenesis processes. In this context, is needed to better understand its transcriptional mechanism to define new therapeutic targets. We explored Phage Display nanoplatform for the discovery of PCA3 regulatory ligands, aiming to modulate its expression. Mimetic peptides to Argonauta 4 (AGO4) were previously selected by our group. In the present study, we evaluated the effects of AGO4 mimetic phages in prostate cells through MTT assays. For RWPE-1 (nontumorigenic) cell line, treatments for 24 hours at 10⁵ cfu and 48 hours at 10⁷ cfu were cytotoxic (p< 0.05 and p< 0.01, respectively). For LNCaP (responsive hormone) cell line, treatment for 24 hours with 10⁵ cfu decreased cell viability, and with 10⁹ cfu (p< 0.01) presented proliferative effect. For PC3 (castration resistant) cell line, after 48 hours, phages titrated at 10⁵ cfu induced cell proliferation (p< 0.05). Considering qPCR assays, AGO4, PRUNE2 and PCA3 genes are overexpressed in LNCaP lineage compared to PC3. After treatment with phage particles, no change in AGO4 mimetic peptide-mediated expression was observed. As PCA3 expression is regulated by androgens, we suggest that further studies may be performed without serum supplementation. In addition, other transcriptional factors should also be included as we hypothesize that AGO4 alone do not activate PCA3 expression.
Keywords: Câncer de próstata
lncRNA
Peptídeo recombinante
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: SILVA, Luisa Nogueira e. Efeitos celular e molecular de peptídeo mimético à Argonauta 4 em linhagens celulares prostáticas. 2019. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27974
Date of defense: 12-Dec-2019
Appears in Collections:TCC - Biotecnologia (Patos de Minas)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosCelularMolecular.pdf2.41 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons