Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27463
ORCID:  http://orcid.org/0000-0003-0080-5469
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Embargado
Title: Avaliação do conhecimento dos pais ou responsáveis sobre traumatismo em dentes decíduos
Author: Silva, Ana Flávia Alves da
First Advisor: Hidalgo, Ana Paula Turrioni
Summary: A gestão ou tratamento de dentes traumatizados deve ser realizada imediatamente, sendo que a maior parte dos primeiros socorros é dada por pais e professores, ressaltando a importância do conhecimento na hora da administração do trauma, por parte dos responsáveis. Contudo, estudos têm relatado a falta de conhecimento nesta área tanto em casa, quanto na escola. Deste modo, o objetivo do presente estudo foi avaliar o conhecimento de pais ou responsáveis sobre traumatismo em dentes decíduos. A avaliação foi feita por meio de um estudo transversal, no qual foi realizada a aplicação de um questionário avaliando o conhecimento sobre traumatismo em dentes decíduos de pais ou responsáveis das crianças atendidas nas clínicas de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Uberlândia durante o ano de 2019. O questionário envolveu duas partes, a primeira abordando variáveis como: sexo, idade, experiência prévia com traumatismos em dentes decíduos, experiência prévia com cursos ou palestras a respeito de traumatismo em dentes decíduos e importância dada ao conhecimento a respeito do tema, a segunda parte continha três situações de traumatismo em dente decíduo em forma de questões fechadas de múltipla escolha. Além da análise descritiva, o teste exato de Fisher foi utilizado para verificação de associação entre as variáveis, respeitando o nível de significância de 5%. A apresentação dos resultados considerou n=97. A amostra teve predominância do sexo feminino (81,4%) e leve predominância da faixa etária de 31 a 40 anos (40,2%). Apesar de 95,8% dos participantes ter considerado importante realizar algum curso ou palestra sobre traumatismo em dentes decíduos, apenas 6,2% relataram ter participado. Além disso, 25,8% da amostra atingiu escores insatisfatórios nos casos clínicos abordando traumatismo em dentes decíduos. Foi possível verificar que a faixa etária esteve associada com o conhecimento sobre traumatismo em dentes decíduos (p=0,041). Concluiu-se que há uma necessidade, por parte dos pais ou responsáveis, de receber informações a respeito de traumatismo em dentes decíduos, no qual, parte considerável da população estudada apresentou conhecimento insatisfatório sobre o tema.
Abstract: The management or treatment of traumatized teeth should be performed immediately, being that the greater part of the first aid is given by parents and teachers, emphasizing the importance of knowledge at the time of administration of trauma, on the part of those responsible. However, studies have reported a lack of knowledge in this area both at home and at school. Thus, the objective of this study was to evaluate the knowledge of their parents or guardians about trauma in deciduous teeth. The evaluation was performed by means of a cross-sectional study was performed, in which the application of a questionnaire evaluating the knowledge about trauma in deciduous teeth of parents or guardians of children treated in clinics of Pediatric Dentistry School of Dentistry of Federal University of Uberlândia during the year of 2019. The questionnaire involved two parts, the first dealing with variables such as gender, age, previous experience with trauma in deciduous teeth, prior experience with courses or lectures about trauma in deciduous teeth and importance given to knowledge about the theme, the second part contained three situations of trauma in deciduous tooth in the form of closed questions, multiple choice. In addition to the descriptive analysis, Fisher exact test was used to verify the association between the variables, respecting the significance level of 5%. The presentation of the results considered n=97. The sample had a predominance of females (81.4%) and slight predominance of age from 31 to 40 years (40.2%). Although 95.8% of the participants have considered important to undertake any course or lecture about trauma in deciduous teeth, only 6.2% reported having participated. In addition, 25.8% of the sample reached unsatisfactory scores in clinical cases addressing trauma in deciduous teeth. It was possible to verify that age was associated with the knowledge about trauma in deciduous teeth (p=0.041). It was concluded that there is a need on the part of parents or guardians, to receive information regarding trauma in deciduous teeth, in which a considerable part of the population studied presented unsatisfactory knowledge about the theme.
Keywords: Odontopediatria
Traumatismos dentários
Dente decíduo
Conhecimento
Pais
Pediatric dentistry
Tooth injuries
Tooth deciduous
Knowledge
Parents
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::ODONTOPEDIATRIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: SILVA, Ana Flávia Alves. Avaliação do conhecimento dos pais ou responsáveis sobre traumatismo em dentes decíduos. 2019. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/27463
Date of defense: 6-Nov-2019
Appears in Collections:TCC - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoConhecimentoPais.pdf
  Until 2021-11-06
TCC684.72 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.