Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26798
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States
Title: Poliembrionia em espécies de Bombacoideae (Malvaceae sensu lato)
Alternate title (s): Polyiembrionia in Bombacoideae (Malvaceae sensu lato) species
Author: Rodrigues, Clesnan Mendes
First Advisor: Oliveira, Paulo Eugênio Alves Macedo de
First member of the Committee: Ranal, Marli Aparecida
Second member of the Committee: Goldenberg, Renato
Third member of the Committee: Santana, Denise Garcia de
Summary: A presença de embrionia adventícia e poliembrionia têm sido documentadas para várias espécies de Bombacoideae, embora aspectos da sua distribuição ecológica, variação interespecífica e influência sobre aspectos da germinação de sementes tenham sido pouco enfatizados. O objetivo do presente estudo foi quantificar a poliembrionia em diferentes indivíduos de Eriotheca pubescens (Mart. & Zucc.) Schott & Endl. e Bombacopsis glabra (Pasq.) A. Robyns, sua distribuição em populações naturais e a influência das características morfológicas dos frutos sobre a poliembrionia. Foi ainda verificada a interferência da poliembrionia sobre a germinação e emergência de sementes, comparadas com algumas espécies monoembriônicas do grupo. As coletas foram realizadas ao longo da rodovia entre Uberlândia a Brasília, onde frutos de indivíduos de E. pubescens foram coletados e tiveram o número de embriões por semente, o número de sementes monoembriônicas vs. poliembriônicas e as características morfológicas dos frutos avaliadas. Num estudo similar, realizado com indivíduos de B. glabra cultivados em ambiente urbano, foram coletadas e analisadas sementes no período de 2002 a 2004. Foram realizados testes de germinação das espécies poliembriônicas E. pubescens (indivíduos com sementes poliembriônicas) e B. glabra e de espécies monoembriônicas como E. pubescens (indivíduos com sementes monoembriônicas), E. gracilipes (K. Sch.) A. Robyns, Pseudobombax longiflorum (Mart. & Zucc.) A. Robyns e P. tomentosum (Mart. & Zucc.) A. Robyns. Foram realizados ainda testes de emergência dos dois padrões de embrionia em E. pubescens, sendo avaliadas diversas características do padrão de germinação das sementes e emergência de plântulas. Nos indivíduos poliembriônicos de E. pubescens e B. glabra apresentam sementes predominantemente poliembriônicas, mas a freqüência de poliembrionia e o número médio de embriões por sementes variou amplamente entre frutos, indivíduos ou mesmo entre períodos de observação. Os indivíduos estritamente monoembriônicos de E. pubescens representaram apenas 13,16% dos indivíduos e tiveram a distribuição geográfica mais restrita. Nos indivíduos poliembriônicos de E. pubescens a porcentagem de sementes monoembriônicas variou de zero até 48% e o número médio de embriões por semente variou de 1,86 a 6,36. Os dois padrões de embrionia em E. pubescens mostraram diferenças morfológicas entre as características dos frutos, mas as análises não permitiram separar os dois grupos de maneira definitiva. Em B. glabra não foi observada monoembrionia estrita, mas o número de embriões também variou entre indivíduos e entre períodos de estudo. As sementes poliembriônicas de E. pubescens apresentaram germinabilidade e vigor no crescimento inicial das sementes menores, em comparação com aquelas de indivíduos conspecíficos monoembriônicos e com as das espécies monoembriônicas avaliadas. Estas diferenças podem estar associadas à competição por recursos nas sementes poliembriônicas, mas é interessante notar que mesmo nas plântulas monoembriônicas originadas de sementes poliembriônicas de E. pubescens, o vigor foi menor que o das plântulas originadas de sementes monoembriônicas. Estas diferenças indicam que a monoembrionia estrita pode estar associada a indivíduos sexuados em contraste com a predominância da poliembrionia adventícia associada à apomixia
Abstract: The presence of adventitious embryony and polyembryony has been documeníed for several species of Bombacoideae, although aspects of its ecological distribution, interspecific variation and influence on aspects of seed germination have been a little emphasized. The objective of the present study was to verify the occurrence of the polyembryony in different individuais of Eriotheca pubescens (Mart. & Zucc.) Schott & Endl. and Bombacopsis glabra (Pasq.) A. Robyns, its distribution in natural populations and the influence of morphological characteristics of the fruits on the polyembryony. It was also verified the interference of the polyembryony on the germination and emergency of polyembryonic seeds compared with some sexual species with monoembryonic seeds of the same group. The study was developed along the road between Uberlândia and Brasília, where fruits of individuais of Eriotheca pubescens were collected and had the number of embryos per seed, number of monoembryonic vs. polyembryonic seeds and fruit morphological characteristics evaluated. In a similar study accomplished with cultivated individuais of B. glabra in an urban areas, seeds were collected during the period from 2002 to 2004. Germination tests were carried out for the polyembryonic species and for individuais or species exclusively monoembryonic with E. pubescens (individuais with exclusively monoembryonic seeds), E. gracilipes (K. Sch.) A. Robyns, Pseudobombax longiflorum (Mart. & Zucc.) A. Robyns and P. tomenlosum (Mart. & Zucc.) A. Robyns. Seedling emergency was also observed in experimental conditions for the two embryonic patterns in E. pubescens measuring several characteristics of the germination and emergency process. E. pubescens and B. glabra presented seeds predominantly polyembryonic, but the frequency of polyembryony and average number of embryos per seed varied among fruits, individuais or even years of study. Individuais strictly monoembryonic represented only 13,16% of the individuais observed in E. pubescens and they had a more restricted geographical distribution. In the polyembryonic individuais, the frequency of monoembryonic seeds varied from zero to 48% and the average number of embryos per seed varied from 1,86 to 6,36. The two embryonic patterns in E. pubescens showed morphological differences among the characteristics of the fruits, but the analyses did not allow to separate clearly the two groups. In B. glabra individuais with strict monoembryony were not observed, but the number of embryos also varied among individuais and years. The polyembryonic seeds of E. pubescens presented lower germinability and vigor during initial growth than seeds from strictly monoembryonic individuais and than those of the other monoembrionic species. These differences may be associated to the competition for resources in polyembryonic seeds, but it is interesting to notice that even in the monoembryonic seeds of plants of E. pubescens with polyembryony, the vigor was lower than in seeds of the strictly monoembrionic individuais . These differences suggest that the strict monoembriony may be associated to sexual individuais in contrast with the predominance of the adventitious polyembryony associated to apomixis
Keywords: Bombacaceae
Apomixia
Poliembrionia
Germinação de sementes
Plântulas múltiplas
Polyembryony
Apomixis
Seed germination
Twin seedlings
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Quote: RODRIGUES, Clesnan Mendes. Poliembrionia em espécies de Bombacoideae (Malvaceae sensu lato). 2005. 73 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2005.13
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2005.13
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/26798
Date of defense: 2005
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PoliembrioniaEspeciesBombacoideae.pdf4.3 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons