Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/25735
ORCID:  http://orcid.org/0000-0001-6642-1586
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Qualidade ambiental em unidades básicas de saúde: estudo de caso da UBSF Canaã II em Uberlândia-MG
Alternate title (s): Environmental quality in basic health units: case study of UBSF Canaã II in Uberlândia-MG
Author: Garcia, Gabriela Silva
First Advisor: Ribeiro, Patrícia Pimenta Azevedo
First member of the Committee: Villa, Simone Barbosa
Second member of the Committee: Moreira, Daniel Carvalho
Summary: Embora o Sistema Único de Saúde (SUS) seja um modelo de referência internacional em função de seu alcance e multiplicidade de serviços de saúde ofertados, importantes barreiras ainda persistem, dentre as quais se destaca a baixa qualidade das estruturas físicas de grande parte dos equipamentos assistenciais de saúde (EAS) públicos. Nesse contexto, inúmeros esforços têm sido empreendidos pelo governo nos últimos anos a fim de qualificar esses espaços, com especial atenção à Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF), por se tratar do equipamento correspondente à atenção básica, eixo estruturante e prioritário de toda política de saúde no Brasil. Entretanto, ainda se verifica a carência de parâmetros e instrumentos específicos para avaliação da qualidade ambiental desses edifícios, tanto daqueles já em uso, como em fase de projeto. Assim, essa pesquisa propõe discutir tais questões por meio de uma Avaliação Pós-ocupação (APO) piloto aplicada em projeto padrão desenvolvido na cidade de Uberlândia-MG, a UBSF Canaã II. A metodologia baseou-se na criação de um instrumento próprio de avaliação sob os aspectos ambientais, funcionais e de conforto, usando múltiplos métodos de investigação e estruturado em duas frentes de análise: a técnica, realizada pelo pesquisador com base em parâmetros pré-estabelecidos, e a de satisfação do usuário, limitada aos funcionários, também parametrizada, contudo, concebida sob uma abordagem mais subjetiva. Tal estrutura possibilitou a identificação dos aspectos positivos e negativos do edifício, traçando para este último, recomendações. Os resultados obtidos identificaram os aspectos positivos e negativos da unidade, sugerindo boa qualidade ambiental final, embora problemas significativos tenham sido identificados com relação ao dimensionamento e conforto dos ambientes, dentre outros. A partir dessa análise, foram traçadas recomendações, tanto para o objeto de estudo como para empreendimentos congêneres futuros, a fim de garantir que tais espaços sejam o suporte ideal para prestação de serviços de saúde no nível de excelência desejado por todos seus usuários.
Abstract: The Brazilian Unified Health System (SUS) is an international reference model due to its reach and diversity of health services offered to the population. However, the system still faces some difficulties. One of the main problems is the poor quality of the physical structures of most public health care facilities (EAS). In recent years, special efforts have been made by the government to improve those places, focusing on the Family Health Units (UBSF), since it is the correspondent of basic attention, a priority foundation for all health policies in Brazil. In spite of the efforts, there is still a lack of parameters and specific instruments in order to evaluate the environment quality of those buildings, both those in use and those in the process of creation. Thus, this research aims to discuss those problems through a pilot Post-Occupation Evaluation (APO), applied in a Family Health Unit located in Canaã II, in Uberlândia (MG). The methodology consisted in the creation of an evaluation instrument, using multiple investigation methods in terms of environmental, functional and comfort aspects. This instrument was structured in two parts: the technical factor performed by the researcher, based on pre-stablished parameters; and the user satisfaction, strict to employees, and also with stablished parameters, although conceived under a more subjective approach. This structure enabled the identification of positive and negative aspects of the building, drawing up recommendation for the latter. Results indicated positive and negative aspects in the unit. The positive aspects suggested a good environmental quality while the negative ones suggested problems related to the environment sizing and comfort, among others. Based on this analysis, recommendations were formulated for both the object of study and similar future developments, in order to ensure that these facilities are the ideal aid to provide proper health services requested by all users.
Keywords: Desempenho do ambiente construído,
Análise espacial
Edifício de saúde
Avaliação pós-ocupação
Arquitetura hospitalar
Qualidade ambienta
Unidade Básica de Saúde da Família
Uberlândia
Atenção básica
Built facility evaluation
Spatial analysis
Healthcare building
Post-occupation evaluation
Hospital architecture
Environmental quality
Family Health Units
Basic care
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO::PROJETO DE ARQUITETUTA E URBANISMO::PLANEJAMENTO E PROJETOS DA EDIFICACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo
Quote: GARCIA, Gabriela Silva Garcia. Qualidade ambiental em unidades básicas de saúde: estudo de caso da UBSF Canaã II em Uberlândia-MG. 2019. 325 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.2065
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/25735
Date of defense: 21-Sep-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
QualidadeAmbientalUnidades.pdf91.13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons