Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/25695
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Restrição hídrica e germinação de sementes de soja tratadas com produtos fitossanitários
Author: Borges, João Paulo Sousa
First Advisor: Assis, Gleice Aparecida de
First member of the Committee: Maciel, Gabriel Mascarenhas
Second member of the Committee: Carvalho, Everson Reis
Summary: A qualidade dos lotes de sementes de soja tratadas com produtos fitossanitários deve ser monitorada com extrema acurácia. O teste de germinação padrão conduzido em rolo de papel, envolvendo sementes de soja tratadas com produtos químicos fitossanitários, pode subestimar a qualidade de um lote, devido a comum toxidez causada pela rápida solubilização do produto químico junto à água disponibilizada no papel. Uma possível opção para evitar tal problema é a utilização de germinação em rolo de papel com restrição hídrica induzida artificialmente. Diante disto, o objetivo no trabalho foi verificar o efeito da restrição hídrica, simulada artificialmente por meio de manitol, na germinação de sementes de soja tratadas e armazenadas com produtos fitossanitários. O trabalho foi desenvolvido no Laboratório de Análise de Sementes e Recursos Genéticos, e no Laboratório de Fitotecnia da Universidade Federal de Uberlândia, Campus Monte Carmelo, MG, com sementes da cultivar Syn1366C-IPRO, as quais foram divididas e tratadas com quatro produtos fitossanitários com propriedades inseticidas: Cropstar®, Cruiser®, Fortenza® e Pirâmide® e o controle (água). Para avaliação da germinação em substrato de papel foram utilizadas as restrições hídricas artificiais com quatro potenciais osmóticos 0, -0,25; -0,50 e -0,75 MPa. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso em esquema fatorial 5 x 4, envolvendo cinco tratamentos de sementes e quatro potenciais osmóticos, com quatro repetições de 50 sementes por parcela. Após o tratamento as sementes foram acondicionadas em embalagens de papel multifoliado e armazenadas, com as avaliações realizadas logo após o tratamento das sementes e após quatro meses de armazenamento. Os tratamentos de sementes com os inseticidas Pirâmide® e Cropstar® proporcionaram maiores efeitos fitotóxicos e menores germinações em substrato de papel. Os potenciais hídricos -0,50 e -0,75 MPa foram muito severos e ocasionaram baixos valores de germinação em relação aos demais potenciais hídricos testados, não sendo adequados para testes com sementes tratadas. A restrição hídrica com -0,25 MPa constitui uma opção para análise de sementes de soja tratadas com produtos fitossanitários.
Keywords: Glycine max
Análise de sementes
Potencial osmótico
Tratamento químico de sementes
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::PRODUCAO E BENEFICIAMENTO DE SEMENTES
CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::DEFESA FITOSSANITARIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: BORGES, João Paulo Sousa. Restrição hídrica e germinação de sementes de soja tratadas com produtos fitossanitários. 2019. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Uberlândia Campus Monte Carmelo, Monte Carmelo, 2019.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/25695
Date of defense: 11-Jun-2019
Appears in Collections:TCC - Agronomia (Monte Carmelo)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RestriçãoHídricaGerminação.pdf442.34 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons