Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24465
ORCID:  http://orcid.org/0000-0001-7263-6444
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Produção de membranas de acetato de celulose simétricas e assimétricas para aplicação na liberação dos fármacos ibuprofeno e naproxeno
Alternate title (s): Production of symmetric and asymmetric cellulose acetate membranes for application in the release of the drugs ibuprofen and naproxen
Author: Ferreira, Marcos Vinícius
First Advisor: Assunção, Rosana Maria Nascimento
First coorientator: Santos, André Luiz
First member of the Committee: Otaguro, Harumi
Second member of the Committee: Barud, Hernane da Silva
Summary: Neste trabalho, o polímero diacetato de celulose, conhecido comercialmente como acetato de celulose (AC), foi empregado como matriz polimérica no processamento de membranas simétricas e assimétricas pelo Método de Evaporação de Solvente, utilizando a acetona como solvente e a água como não solvente (NS). As membranas referência foram produzidas pela adição das proporções 0, 10, 15 e 25 %(m/m) de NS, sem adição dos fármacos. Em seguida, foram preparadas membranas nas mesmas proporções mássicas de NS, com adição de 10% (m/m) dos fármacos Ibuprofeno (IBF) e Naproxeno (NPX), separadamente, também pelo Método de Evaporação de Solvente. Análises por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) permitiram avaliar a influência da adição das diferentes proporções de NS e de cada fármaco na morfologia das membranas. Os resultados das Análises Termogravimétricas (TGA) e Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC) permitiram uma análise conjunta dos resultados afim de verificar a existência de interações do tipo polímero-fármaco (P-F) e estudar como estas interações são alteradas pelas modificações morfológicas induzidas pelas diferentes proporções de NS adicionadas e os diferentes fármacos estudados. Ainda neste sentido, foram realizados ensaios de liberação dos fármacos em tampão fosfato 0,1 mol L-1, em pH 7,4, a temperatura fixa de 36 °C e quantificados por voltametria de onda quadrada (SWV). Por fim, foi possível identificar a existência das interações P-F e determinar que estas são menos intensas conforme as proporções de NS aumentam. Foi identificado ainda que, embora o NPX apresente resultados que indicam a existência de interações P-F mais intensas do que para o IBF, este último apresentou resultados de liberação com tempos maiores. A partir destas informações e dos resultados e hipóteses formuladas no decorrer deste trabalho, concluiu-se que, embora a interação P-F estabelecida entre o AC e o fármaco NPX seja aparentemente mais intensa, as propriedades do IBF influenciaram mais a evaporação de solvente, retardando a volatilização da acetona e formando membranas com morfologia de tamanho e distribuição de poros mais uniformes, que garantiram seu maior tempo de liberação das matrizes poliméricas.
Abstract: In this work, the cellulose diacetate polymer, known commercially as cellulose acetate (AC), was used as polymer matrix in the processing of symmetric and asymmetric membranes by the Solvent Evaporation Method, using acetone as solvent and water as non-solvent (NS). The reference membranes were produced by adding the proportions 0, 10, 15 and 25% (w/w) NS, without addition of the drugs. Then, membranes were produced in the same mass proportions of NS, with addition of 10% (w/w) of the drugs Ibuprofen (IBF) and Naproxen (NPX), separately, also by Solvent Evaporation Method. Scanning Electron Microscopy (SEM) allowed the evaluation of the addition of different proportions of NS, as well as of each drug on the membrane morphologies. The results of the Thermogravimetric Analysis (TGA) and Differential Exploratory Calorimetry (DSC) allowed a joint analysis of the results in order to verify the existence of interactions of the polymer-drug type (P-D) and to study how these interactions was altered by the morphological modifications induced by the different proportions of NS added and the different drugs studied. Also, drug release assays were carried out in 0.1 mol L-1 phosphate buffer at pH 7.4 at a fixed temperature of 36 ° C and quantified by square wave voltammetry (SWV). Finally, it was possible to identify the existence of the P-D interactions and to determine that they are less intense as the proportions of NS increase. It was also identified that, although NPX shows results indicating more intense P-F interactions than for IBF, the latter showed release results with longer times. From this information and the results and hypotheses formulated during this work, it was concluded that, although the P-D interaction established between AC and NPX drug is apparently more intense, the properties of IBF influenced the solvent evaporation, reducing the volatilization rate of acetone and forming membranes with morphology of size and distribution of pores more uniforms, which guaranteed its greater time of release from the polymer matrices.
Keywords: Química
Acetato de celulose
Ibuprofeno
Naproxeno
Membranas
Morfologia modificada
Cellulose acetate
Ibuprofen
Naproxen
Membranes
Modified morphology
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::FISICO-QUIMICA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Química
Quote: FERREIRA, Marcos Vinícius. Produção de membranas de acetato de celulose simétricas e assimétricas para aplicação na liberação dos fármacos ibuprofeno e naproxeno. 2019. 109 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.335.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.335
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24465
Date of defense: 25-Feb-2019
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ProducaoMembranasAcetato.pdf7.92 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.