Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24409
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorAraújo, Samara Guimarães-
dc.creatorAguiar, Kamilla Oliveira-
dc.date.accessioned2019-02-21T16:10:29Z-
dc.date.available2019-02-21T16:10:29Z-
dc.date.issued2018-11-23-
dc.identifier.citationARAÚJO, Samara Guimarães , AGUIAR, Kamilla Oliveira. Efeito de diferentes tipos de alongamentos da musculatura de isquiotibiais na força isométrica. 2018. 25 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24409-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAlongamentopt_BR
dc.subjectIsquiotibiaispt_BR
dc.titleEfeito de diferentes tipos de alongamentos da musculatura de isquiotibiais na força isométrica.pt_BR
dc.title.alternativeEffect of different types of stretches musculature of hamstrings in isometric force.pt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor-co1Felicio, Lilian Ramiro-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5721303841655608pt_BR
dc.contributor.advisor1Seizo Kishi, Marcos-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2333440373816942pt_BR
dc.contributor.referee1Dias Nunes, João Elias-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3813905133203137pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9108410233705643pt_BR
dc.description.degreenameTrabalho de Conclusão de Curso (Graduação)pt_BR
dc.description.resumoIntrodução O alongamento consiste em várias técnicas utilizadas para o ganho de flexibilidade e amplitude de movimento (ADM) , que influenciam a propriedade viscoelástica do músculo, diminuindo a tensão muscular. O alongamento garante a mobilidade de tecidos moles, previne lesões por estiramento e deformidades devido ao encurtamento da musculatura.Objetivo Avaliar a influência de diferentes tipos de alongamento muscular na força isométrica de músculos isquiotibiais. Método Foram avaliados 90 voluntários com idade entre 18 e 30 anos, divididos aleatoriamente 30/grupo, sendo 1) grupo alongamento estático; 2) grupo alongamento Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (PNF) e 3) grupo controle. Sem queixas álgicas em membro inferior e com encurtamento da musculatura de IT. A força muscular isométrica da musculatura de isquiotibiais foi mensurada em 3 repetições utilizando o dinamômetro Após 05 minutos da avaliação da força muscular, foi realizado o alongamento, em seguida foi reavaliado a força imediatamente, 15 e 30 minutos após.Para análise da normalidade dos dados foi realizado teste de Shapiro-Wilk, sendo aceita a normalidade. Para a comparação entre grupos e avaliações, foi aplicado o teste ANOVA two way e pos hoc teste de Tukey. Para todos os testes foi utilizado o programa BioEstat versão 5.3. e o nível de significância adotado foi de p ≤0,05. Resultados O alongamento PNF foi o único a apresentar uma redução de força superior a 10% imediatamente após o alongamento. Tanto o grupo estático, quanto o controle apresentaram redução de força inferior a 10% imediatamente após o alongamento. Conclusão De acordo com o exposto, o alongamento PNF produziu redução da força pós alongamento, já a técnica estática, apesar da redução da força, esta não foi clinicamente relevante. Quanto ao ganho de ADM, ambas técnicas se mostraram efetivas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.courseFisioterapiapt_BR
dc.sizeorduration25pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpt_BR
Appears in Collections:TCC - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitoDiferentesTipos.pdf1.17 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.