Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24289
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Uso de seleção assistida por marcadores moleculares em melhoramento genético de suínos
Alternate title (s): Use of molecular marker assisted selection in genetic improvement of pigs.
Author: Ferreira, Isaura Maria
First Advisor: Antunes, Robson Carlos
First member of the Committee: Rossi, Daise Aparecida
Second member of the Committee: Silva, Flávio Caldeira
Third member of the Committee: Braga, Thiago Felipe
Fourth member of the Committee: Zanardo, João Antonio
Summary: Resumo: Com o avanço do conhecimento sobre o genoma animal, a produção de suínos se beneficia das novas ferramentas moleculares na busca de melhores resultados zootécnicos, como eficiência alimentar, número de leitões desmamados/porca ano, maior produção de carne na carcaça, melhor rendimento dos cortes cárneos. Assim a utilização dos marcadores moleculares seleciona os melhores genótipos para as características desejadas, permitindo um menor tempo entre as gerações, menor custo para os produtores, maior rendimento de produtos para indústria e melhor qualidade para os consumidores. O trabalho foi dividido em duas etapas onde no primeiro estudo procurou-se avaliar em uma população de 272 matrizes Large White, os polimorfismos dos genes DGAT1, LEPR, HFABP, MC4R, SREBF1 pela técnica do ARMS-PCR e para o polimorfismo do gene GH empregou- se a técnica do PCR-RFLP. O DNA genômico foi extraído do bulbo do pelo. Os primers foram desenhados para cada um dos genes utilizando as sequências depositadas no GenBanK. Após o sequenciamento do DNA não foi encontrado polimorfismos, com exceção do marcador MC4R que apresentou 100% de heterozigose. Da população inicial, 209 amostras foram genotipados para o gene pGH, onde um amplicon de 605 pares de base foi digerido pela enzima de restrição DdeI, resultando em dois alelos. O alelo D1 com 335,148 e 122 pb e o alelo D2 com 457 e 148 pb. A frequência genotípica de D1D2 foi de 88% e para D2D2 de 22%. O alelo D1 apresentou frequência de 11% e D2 89%. A alta intensidade de seleção para raças comerciais, justifica a ausência ou o baixo número de polimorfismos para os genes estudados. Para a segunda parte da pesquisa objetivou-se associar o polimorfismo do pGH/DdeI com características de carcaça e qualidade de carne. Utilizou-se uma população de 476 animais provenientes do cruzamento do macho AGPIC 415 e fêmeas LW X LD livres da mutação do gene halotano, machos castrados e fêmeas com idade de 150 a 180 dias. Foram coletadas as informações como peso da carcaça quente, comprimento de carcaça, pH 45min e pH ± 16h pós mortem dos músculos Longíssimus cervicis, Longíssimus dorsi e Semimebranosus, espessura de toucinho, profundidade do músculo LD e cor pelo sistema CIELAB. A capacidade de retenção de água foi realizada pelo método do papel filtro no músculo Semimebranosus e calculado a porcentagem de carne magra. Encontrou-se um SNP na posição g365G> A, com a troca do núcleotideo guanina por uma adenina, e em consequência, o aminoácido arginina por uma glutamina. Apresentou o alelo D1 com os fragmentos de 335 pb, 148 pb e 122 pb e o alelo D2 com 457 genotípicas pb e 148 pb com as frequencias de 0,43 e 0,57 respectivamente. As frequências encontradas foram as seguintes: D1D1 (22,09%), D1D2 (49,82%), D2D2 (28,09%). Após a realização do teste de qui-quadro a população se apresentou em equilibrio de Hardy-Weinberg. O polimorfismo do gene pGH/DdeI apresentou relação com as características de carne magra e pH a 45, propriedades estas importantes para a comercialização da carne fresca bem como produtos processados.
Abstract: ABSTRACT: With the advancement of knowledge about the animal genome, the production of pigs benefits from the new molecular tools in search of the best zootechnical, results such as feed efficiency, number of piglets weaned / sow year, higher meat production in the carcass, better yield of meat cuts. Thus, the use of molecular markers selects the best genotypes for the desired characteristics, allowing shorter generation time, lower cost to producers, higher yields of products for industry and better quality for consumers. The work was divided into two stages where the first study sought to evaluate in a population of 272 Large White matrices the polymorphisms of the DGAT1, LEPR, HFABP, MC4R, SREBF1 genes by the ARMS- PCR technique and for the pGH gene polymorphism the PCR-RFLP technique was used. Genomic DNA was extracted from the hair bulb. The primers were designed for each of the genes using the sequences deposited in GenBanK. After DNA sequencing no polymorphisms were found, with the exception of the MC4R marker which showed 100% heterozygosity. Considering the initial population, 209 samples were genotyped for the pGH gene, where a 605 base pair amplicon was digested by restriction enzyme DdeI, resulting in two alleles. The D1 allele with 335,148 and 122 pb and the D2 allele with 457 and 148 pb. The genotypic frequency of D1D2 was 88% and for D2D2 22%. The D1 allele had a frequency of 11% and for D2 of 89%. The high intensity of selection for commercial breeds justifies the absence or the low number of polymorphisms for the genes studied. For the second part of the research, we aimed to associate pGH / DdeI polymorphism with carcass characteristics and meat quality. A population of 476 animals from the crossing of the AGPIC 415 male and LW X LD females free from the halothane gene mutation, castrated males and females aged 150 to 180 days. The information were collected as warm carcass weight, carcass length, pH 45min and pH ± 16h postmortem of the muscles Longíssimos cervicis, Longíssimos dorsi and Semimebranosus, backfat thickness, LD muscle depth and color by the CIELAB system. The water holding capacity was determined by the filter paper method in the Semimebranosus muscle and the percentage of lean meat was calculated. A SNP at position g365G> A was found, with the exchange of the guanine nucleotide by an adenine and consequently the amino acid arginine by a glutamine. It presented the D1 allele with fragments of 335 bp, 148 bp and 122 bp and the D2 allele with 457 bp and 148 bp and with frequencies of 0.43 and 0.57 respectively. The genotypic frequencies found were as follows: D1D1 (22.09%), D1D2 (49.82%), D2D2 (28.09%). After the chi- square test the population presented in Hardy-Weinberg equilibrium. The polymorphism of the pGH / DdeI gene was related to the characteristics of lean meat and pH to 45, properties that are important for the commercialization of fresh meat as well as processed products. KEYWORDS: Assisted selection, SNPs, DdeI, Economic characteristics, Lean meat
Keywords: Veterinária
Suíno melhoramento genético
Somatotropina
Carne de porco
SNPs
Hormônio do crescimento
Características econômicas
Carne magra
Assisted selection
DdeI
Economic characteristics
Lean meat
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias
Quote: FERREIRA, Isaura Maria. Uso de seleção assistida por marcadores moleculares em melhoramento genético de suínos. 2018. 47 f. Tese (Doutorado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em:http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.505
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.505
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/24289
Date of defense: 7-Nov-2018
Appears in Collections:TESE - Ciências Veterinárias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
UsoSelecaoAssistida.pdf936.76 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.