Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/23801
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: A origem, formação e realização do estado segundo a filosofia do direito de Hegel.
Author: Silva, Kaique Aparecido Gonçalves e
First Advisor: Schneider, Jakob Hans Josef
First member of the Committee: Guido, Humberto
Summary: A presente monografia tem como proposta analisar e transmitir uma interpretação contemporânea sobre a origem, a fundamentação e a realização do conceito de Estado desenvolvido pelo filósofo idealista Hegel, em seu célebre sistema filosófico contido na Filosofia do Direito – 1820/21. Para tanto, temos como eixo basilar a filosofia Platônica e Aristotélica para fundamentar a ideia de Estado original, assim como utilizaremos a filosofia contratualista, a partir dessas três correntes contratuais: liberal, absolutista e socialista, é que sustentaremos nossas interpretações contemporâneas ressiginificadas sobre os conceitos de indivíduo, família, sociedade civil-burguesa, moral, eticidade e Estado postos por Hegel. Outrossim, utilizaremos também exemplos do próprio Estado Democrático Brasileiro cujo regime de governo se realiza pela democracia representativa, isto é, escolhe-se os representes por intermédio do voto popular aqueles que irão legislar e executar o funcionamento do Estado, para empreender um contraponto entre os dois períodos de tempo históricos: a Alemanha de 1820, cujo regime de governo era realizado por uma monarquia parlamentarista, isto, o rei exerce a função de Chefe de Estado, contanto que respeite o poder legislativo e o poder executivo; essa comparação histórica entre regimes governamentais se faz necessária para entendermos a ideia de Estado, para tal empresa iremos diferenciar e separar a ideia de sociedade tribal do Estado totalitário, ou seja, visamos entender como uma sociedade pode controlar outras sociedades menos abastadas de conhecimento, de técnicas de cultivo e de sistemas de carecimento. Por fim, buscamos entender como a subjetividade individual e objetividade estatal divergem entre si e para si, considerando que um ou mais indivíduos só podem existir se a objetividade do Estado vier-a-ser real, livre e consciente tanto em si, quanto para si.
Keywords: Estado
Sociedade
Indivíduo
Família
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: SILVA, Kaique Aparecido Gonçalves e. A Origem, Formação e Realização do Estado segundo a Filosofia do Direito de Hegel. 2018. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/23801
Date of defense: 19-Dec-2018
Appears in Collections:TCC - Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OrigemFormaçãoRealização.pdf1.03 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.