Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/23775
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Efeito antinociceptivo da inibição da enzima epóxido hidrolase solúvel (EHS) em um modelo de neuralgia do trigêmio em roedores
Author: Silva, Matheus Henrique
First Advisor: Silva, Cássia Regina
First member of the Committee: Santos, Débora de Oliveira
Second member of the Committee: Rodrigues, Tamiris Sabrina
Summary: A neuralgia do trigêmeo é um tipo de neuropatia periférica causada por lesão no nervo trigêmeo, o mais amplamente distribuído na cabeça. Recentemente demonstrou-se que a inibição da enzima epóxido hidrolase solúvel (EHS) causou analgesia em animais com neuropatia diabética, sugerindo uma nova via para o estudo e tratamento das neuropatias. A enzima EHS catalisa a degradação de ácidos epóxieicosatrienoicos (EET) convertendo-os em metabólitos inativos. Assim, a inibição da EHS estabiliza as concentrações citoplasmáticas de EET, que apresentam atividade anti-inflamatória e anti-nociceptiva em diferentes modelos de dor. A hipótese do presente projeto é de que a inibição da enzima epóxido hidrolase solúvel previna o estresse do reticulo endoplasmático e estabilize as concentrações de EETs diminuindo a dor resultante da neuropatia trigeminal. Desta forma, os objetivos do presente estudo foram: padronizar o modelo de neuropatia do trigêmeo por constrição do nervo infraorbital no laboratório e, avaliar o possível efeito antinociceptivo do inibidor da EHS (TPPU) em um modelo de neuralgia do trigêmeo em camundongos. Foi realizado a padronização do modelo de neuralgia trigeminal em camundongos, e foi observado que o limiar mecânico dos animais CION, do inglês “constriction of the infraorbital nerve” (constrição do nervo infraorbital), diminuiu após a cirurgia de constrição do nervo infraorbital e o mesmo não ocorreu com os outros animais, que não foram submetidos a cirurgia (naive) e os falso operados (sham). A avaliação da resposta espontânea e sensibilidade térmica não demonstrou nenhuma alteração e devido a isso estes parâmetros não foram observados nos experimentos subsequentes. Os testes comportamentais, Von Frey, resposta espontânea e sensibilidade térmica foram realizados nos dias 3, 7, 10, 15 e 20 após a cirurgia. Quando foi realizado o tratamento com o inibidor da EHS, TPPU na dose de 3mg/kg (iniciado no dia 3 pós cirurgia), foi possível observar que os animais tratados apresentaram queda do limiar mecânico em relação aos animais tratados com veículo, o que indica efeito analgésico da inibição da EHS, observado em todos os dias de tratamento.
Keywords: Dor crônica
Neuralgia trigeminal
Ácidos epóxieicosatrienoicos
Epóxido hidrolase Solúvel
Estresse do retículo endoplasmático
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: SILVA, Matheus Henrique. Efeito antinociceptivo da inibição da enzima epóxido hidrolase solúvel EHS) em um modelo de neuralgia do trigêmio em roedores. 2018. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/23775
Date of defense: 5-Dec-2018
Appears in Collections:TCC - Ciências Biomédicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitoAntinociceptivoInibição.pdf2.01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.