Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/23454
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Embargado
Title: Positividade de Leishmania sp e Ehrlichia sp em cães sintomáticos atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia
Author: Faria, Camila Nogueira de Faria Camila
First Advisor: Silva, Sydnei Magno da Silva Sydnei
First coorientator: Miranda, Juliana Silva Miranda Juliana
Summary: Diferentes doenças que acometem os cães transmitidas por vetores (DCTVs) têm adquirido grande relevância na clínica veterinária devido ao aumento da frequência com o decorrer dos anos. As doenças transmitidas por vetores como erliquiose e leishmaniose são afecções de potencial zoonótico e de caráter peculiar em Uberlândia-MG. São enfermidades de difícil controle e grande enfoque na medicina veterinária, responsáveis por manifestações clínicas graves, sendo o diagnóstico parte fundamental para o estabelecimento de prognóstico e tratamento apropriados e prevenção de novos casos. A detecção do DNA das formas parasitas auxilia no diagnóstico e possibilita o tratamento mais rápido e adequado, permitindo assim a melhora da qualidade de vida do animal, além de minimizar a possibilidade do mesmo se tornar um reservatório. Nesse trabalho foi realizado um estudo das taxas de positividade em animais suspeitos para erliquiose e leishmaniose do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia (HVET-UFU) no período de fevereiro a maio de 2018. Foram coletadas 70 amostras dentre os animais suspeitos atendidos na rotina clínica do HVET-UFU, sendo que a detecção do DNA da forma parasita foi realizada por PCR direcionada à região 16S rRNA para Ehrlichia sp e à região do kDNA de Leishmania sp. Desta análise foi verificado que 55% destes animais estavam positivos para erliquiose, 42% positivos para leishmaniose e 21% apresentaram coinfecção. Observou-se que ambas doenças estão distribuídas por todas regiões de Uberlândia-MG com maior frequência de erliquiose no Setor Leste e de leishmaniose no Setor Norte. Já em relação às alterações clínicas/hematológicas como esplenomegalia, linfoadenopatia, hipertemia, anemia e trombocitopenia foi verificado que elas estavam presentes mesmo nos animais negativos para erliquiose e leishmaniose não sendo assim sintomas patognomônicos dessas e sim alterações que podem estar presentes em várias doenças. Por isto, estas alterações não ofereceram suporte para o diagnóstico confiável e diferencial entre elas. Portanto, faz-se necessário a análise não só das características clínicas/hematológicas, mas também do exame molecular, ferramenta de suma importância como método diagnóstico complementar e final.
Keywords: Leishmaniose Canina
Canine Leishmaniasis
Erliquiose Canina
Canine Ehrlichiosis
Achados Clínicos / Hematológicos Diagnóstico Molecular
Clinical / Hematologic Findings Molecular Diagnosis
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: FARIA, Camila Nogueira de. Positividade de Leishmania sp e Ehrlichia sp em cães sintomáticos atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia. 2018. 34 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/23454
Date of defense: 3-Jul-2018
Appears in Collections:TCC - Medicina Veterinária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PositividadeLeishmaniaEhrlichia.pdf8.88 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.