Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22737
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Percepção e valoração ambiental de um parque urbano: o caso do parque municipal do Sabiá, Uberlândia-MG
Alternate title (s): Perception and environmental valuation of an urban park: the case of the Sabiá municipal park, Uberlândia-MG
Author: Borges, Ciro Josué Alves
First Advisor: Araújo, Aracy Alves de
First coorientator: Silva, Claudionor Ribeiro da
First member of the Committee: Almeida, Maria Rita Raimundo e
Second member of the Committee: Mendonça, Talles Girardi de
Summary: O atual modelo econômico não proporciona meios de calcular os valores imateriais dos recursos naturais, e a valoração dos ativos ambientais é imprescindível para que se crie um valor de referência para estes recursos, que concederá uma sinalização de mercado para a possibilidade de cunhar políticas de uso sustentável. A valoração econômica ambiental procura estimar o valor econômico de determinado recurso ambiental por meio da equivalência a outros recursos, como impactos em uma determinada área de preservação permanente ou um parque urbano, os quais possuem extrema importância para a qualidade de vida da população e preservação ambiental. Por essas razões, neste estudo, foi valorado um parque urbano. Os parques urbanos, por suas características físicas, sociais e ambientais, são considerados apropriados para lazer e estudos científicos, além de proporcionar melhorias ambientais em seu redor. Dessa forma, este estudo buscou valorar, pelo método de valoração contingente, o Parque Municipal do Sabiá, em Uberlândia-MG, como ferramenta para a preservação dos recursos naturais nele existentes e aperfeiçoamento da gestão e gerenciamento deste parque urbano. Para tal, foi utilizado um questionário que consistiu em um conjunto de perguntas socioeconômicas, ecológicas e de percepção ambiental, relacionadas ao perfil do entrevistado e suas atitudes, incluindo informações que subsidiaram a interpretação dos valores da Disposição a Pagar (DAP) e da Disposição a Receber (DAR) pela preservação do parque. Foram aplicados 350 questionários, e dos entrevistados, 70,28% apresentaram DAP positiva, sendo seu valor médio de R$14,95 e o valor anual da DAP de R$14.792.606,40. Os resultados da DAR apresentaram que 66,57% não estariam dispostos a receber, desta forma, apenas 33,43% aceitaram receber, e declararam uma DAR positiva média de R$14,97 mensais, logo, R$14.812.395,84 anuais. Na Disposição a Pagar a variável que indica o nível de escolaridade apresentou que os indivíduos que possuem o terceiro grau completo tem maior disposição a pagar pela preservação do parque. O aumento da renda familiar indicou que esta não interfere na DAP positiva. A variável que indica se o entrevistado já ouviu falar em sustentabilidade, demonstrou que existe uma maior probabilidade de o indivíduo apresentar uma DAP positiva se já tenha ouvido falar em sustentabilidade. A frequência de visita ao parque interferiu negativamente na DAP, mostrando que a frequência não atinge diretamente o valor da DAP positiva. Já, na Disposição a Receber, a variável idade apresentou uma indicação de que o aumento da idade gera uma variação positiva no valor na DAR. A condição da moradia, indicou que os moradores que possuem moradias em condições melhores tem maior disposição a receber pela exploração dos bens do parque. Na variável tempo de moradia, pode-se verificar que o tempo em anos que o morador reside no local não influencia na disposição a receber. A variável importância do parque para preservação da vegetação nativa do Cerrado apresentou que essa ciência não influenciaria na DAR. Já, a variável que questiona os entrevistados estão de acordo com a exploração do parque caso trouxesse emprego para a região, indicou que os entrevistados que estão de acordo com a exploração do parque apresentam uma maior disposição a receber. As principais conclusões apontam para uma consciência ambiental, visto que, os moradores do entorno do parque apresentam DAP positiva e DAR negativa, o que evidencia o valor social, cultural e ambiental do Parque do Sabiá.
Abstract: The current economical model doesn't provide means of calculating the immaterial values of the natural resources, and the valuation of the environmental assets is indispensable for to be created grows up a reference value for these resources, that it will grant a market signaling for the possibility of coining politics of maintainable use. The environmental economical valuation tries to esteem the value certain economical environmental resource through the equivalence the other resources, like as impacts in a certain area of permanent preservation or an urban park, which possess exalt importance for the quality of life of the population and environmental preservation. For those reasons, in this study, an urban park was valued. The urban parks, for their characteristics physical, social and environmental, they are considered appropriate for leisure and scientific studies, besides providing environmental improvements in your circuit. In that way, this study looked for to value, for the method of uncertain valuation, the Park of the Sabiá, in Uberlândia-Minas Gerais, as tool for the preservation of the natural resources in him existent and improvement of the administration and administration of this urban park. For such, it was used a questionnaire that consisted of a group of questions socioeconomic, ecological and of environmental perception, related to the interviewee's profile and their attitudes, including information that subsidized the interpretation of the values of the Disposition to Pay (DTP) and of the Disposition to Receive (DTR) for the preservation of the park. They were applied 350 questionnaires, and the interviewees, 70,28% presented positive DTP, being your medium value of R$14,95 and the annual value of DTP of R$14.792.606,40. The results of DTR presented that 66,57% would not be willing to receive, this way, only 33,43% accepted to receive, and they declared a DTR positive average of monthly R$14,97, in that case, R$14.812.395,84 annual. In the Disposition to Pay the variable that indicates the education level presented that the individuals that possess the third complete degree have larger disposition to pay for the preservation of the park. The increase of the family income indicated that this doesn't interfere in positive DTP. The variable that the interviewee is indicated already heard to speak in sustainability, it demonstrated that a larger probability of the individual exists to present a positive DTP if already has ear to speak in sustainability. Visit's frequency to the park interfered negatively in DTP, showing that the frequency doesn't reach the value of positive DTP directly. Already, in the Disposition to Receive, the variable age presented an indication that the increase of the age generates a positive variation in the value in DTR. The condition of the home indicated that the residents that possess homes in better conditions have larger disposition to receive for the exploration of the resources of the park. In the variable time of home, it can be verified that the time in years that the resident lives at the place doesn't influence in the disposition to pay. The variable importance of the park for preservation of the native vegetation of the Cerrado presented that that science would not influence in DTR. Already, the variable that questions the interviewees are in agreement with the exploration of the park case brought job for the area, it indicated that the interviewees that are in agreement with the exploration of the park present a larger disposition to receive. The main conclusions appear for an environmental conscience, because, the residents of the I spill of the park present positive DTP and DTR negative, what evidences the value social, cultural and environmental of the Park of the Sabiá.
Keywords: Valoração Ambiental
Valoração Contingente
Dap
Dar
Parques Urbanos
Regressão Logit
Environmental Valuation
Contingent Valuation
Dtp
Dtr
Urban Park
Regression Logit
Qualidade ambiental
Uberlândia (MG)
Recursos naturais - Preservação
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Qualidade Ambiental
Quote: BORGES, Ciro Josué Alves. Percepção e valoração ambiental de um parque urbano: o caso do parque municipal do Sabiá, Uberlândia-MG. 2017. 87 f. Dissertação (Mestrado em Qualidade Ambiental) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.53
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.te.2018.53
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22737
Date of defense: 30-Aug-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Qualidade Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PercepçãoValoraçãoAmbiental.pdfPercepçãoValoraçãoAmbiental2.47 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.