Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22516
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Embargado
Title: Efeitos agudos de dois protocolos de corrida na função dos músculos do assoalho pélvico feminino
Alternate title (s): Acute effects of two running protocols on the function of female pelvic floor muscles
Author: Maniglia, Marcela Camargo Magalhães
First Advisor: Bernardes, Ana Paula Magalhães Resende
First member of the Committee: Jurgensen, Soraia Pilon
Second member of the Committee: Baldon, Vanessa Santos Pereira
Summary: Objetivos: Avaliar a presença de incontinência urinária e a função dos músculos do assoalho pélvico de corredoras de longa distância, antes e imediatamente após duas situações de corrida: corrida em intensidade máxima e intensidade submáxima. Métodos: Estudo transversal realizado com 15 mulheres nulíparas que praticam corrida de longa distância há no mínimo 12 meses e frequência mínima de 3 vezes/semana. No primeiro dia foi realizado o teste na esteira, baseado em um protocolo incremental de velocidade, intenso e curto, e no segundo dia, foi realizado o teste longo, com duração de uma hora e m édia de velocidade baseado no resultado do teste incremental. A avaliação dos músculos do assoalho pélvico foi realizada em ambos os dias antes e imediatamente após o teste na esteira por meio da palpação vaginal, utilizando a escala de Oxford e da manometria, utilizando aparelho da marca Peritron. Resultados: Quinze mulheres nulíparas (6 continentes (40%) 9 incontinentes (60%)) foram incluídas no estudo. Não houve diferença significativa na função dos MAP entre os grupos de continentes e incontinetes. Com relação aos testes na esteira, não houve diferença na função dos MAP antes e após aplicação dos dois protocolos, nos valores do Oxford, pressão de pico e pressão média. Conclusão: Correr em alta e moderada intensidade parece não afetar de forma aguda a função do MAP em corredores de longa distância.
Abstract: Objectives: To evaluate the presence of urinary incontinence and the function of the pelvic floor muscles of long distance runners, before and immediately after two running situations: race at maximum intensity and submaximal intensity. Methods: A cross-sectional study was performed with 15 nulliparous women who practiced long distance running for at least 12 months and a minimum frequency of 3 times a week. On the first day, the treadmill test was performed, based on an incremental speed protocol, intense and short, and on the second day, the long test, with duration of one hour and average speed, was performed based on the incremental test result. The evaluation of pelvic floor muscles was performed both days before and immediately after the treadmill test using vaginal palpation using the Oxford scale and manometry using Peritron brand device. Results: Fifteen nulliparous women (6 continents (40%) 9 incontinent (60%)) were included in the study. There was no significant difference in the function of the MAP between the groups of continents and incontinetes. Regarding the tests on the treadmill, there was no difference in MAP function before and after application of the two protocols, in the values of Oxford, peak pressure and mean pressure. Conclusion: Running at high and moderate intensity does not seem to affect acutely the function of MAP in long distance corridors.
Keywords: Corrida
Assoalho pélvico feminino
Atletas
Incontinência urinária
Running
Female pelvic floor
Athletes
Urinary incontinence
Fisioterapia
Assoalho pélvico
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Fisioterapia
Quote: MANIGLIA, Marcela Camargo Magalhães. Efeitos agudos de dois protocolos de corrida na função dos músculos do assoalho pélvico feminino. 2018. 47 f. Dissertação (Mestrado em Fisioterapia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.822
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.822
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22516
Date of defense: 31-Jul-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosAgudosDe.pdf
  Until 2020-07-31
Dissertação1.68 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.