Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22497
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Estudo da publicidade brasileira de produtos dirigida às crianças e a relação com as distorções cognitivas
Alternate title (s): Study of the Brazilian advertising of products directed to children and the relation with the cognitive distortions
Author: Silveira, Sandra Maria Prado
First Advisor: Lopes, Ederaldo José
First member of the Committee: Montagnero, Alexandre Vianna
Second member of the Committee: Rossini, Joaquim Carlos
Summary: Esta pesquisa teve como objetivo principal investigar, por meio de uma prova de juízes, a presença de seis possíveis distorções cognitivas em trecho transcrito de uma peça de propaganda infantil relacionada ao mercado de medicamentos e veiculada nacionalmente através das principais mídias. Considerando que profissionais da área de Publicidade e Propaganda utilizam inúmeras estratégias voltadas para o consumo, ampliação de vendas e obtenção de lucros, supõe-se que, ao tentarem convencer os consumidores, programas e mensagens publicitárias veiculem pensamentos e crenças desadaptativos, como as distorções cognitivas. O método utilizado para a verificação da presença das distorções foi uma prova de juízes. Para isso, participaram desta pesquisa oito juízes experts em terapia cognitivo-comportamental, com atuação acadêmica e/ou clínica na área. Os juízes eram seis participantes do sexo feminino (75%) e dois participantes do sexo masculino (25%), com idade média de 31 anos (DP 7,83), formados em Psicologia em média há oito anos (DP 8,13). Os juízes avaliaram a transcrição verbal e não verbal de uma propaganda infantil, seguida de uma tabela que continha a descrição das seis distorções cognitivas cuja presença deveriam verificar na peça publicitária, a saber: 1) Os derrotistas, 2) Explodindo tudo, 3) Prevendo o fracasso, 4) Sentindo os pensamentos, 5) Preparando-se para fracassar, 6) Culpe-me!. Os juízes também poderiam escolher uma opção segundo a qual não havia a presença de nenhuma distorção cognitiva na peça publicitária transcrita. Os dados coletados foram analisados através do índice Kappa (k) e os resultados estatísticos apontam para uma concordância muito forte entre os juízes sobre a presença do erro de pensamento denominado “Explodindo Tudo”. Sabe-se que as técnicas relacionadas à categorização, registro e ressignificação dos pensamentos ocupam lugar relevante no processo da Terapia Cognitiva. Dessa forma algumas propagandas, ao veicularem erros de pensamento, podem atuar favorecendo as resistências do cliente e dificultar o processo terapêutico. Logo, a relação encontrada entre propaganda e distorções cognitivas pode ser mais um importante aspecto ao qual os terapeutas poderão estar atentos, e até mesmo incluí-lo nas sessões como forma de psicoeducação, apresentando à criança os tipos de pensamento que devem ser evitados. Além disso, estudos futuros mais amplos e complexos podem contribuir para que a regulamentação publicitária infantil considere a influência da publicidade no processamento cognitivo, evitando a difusão desses erros de pensamento por meio das ações midiáticas.
Abstract: The present work aims to investigate, through a proof of judges, whether there were any possible cognitive distortions in a transcript text of a piece of children advertisement related to the pharmacological market and broadcasted nationally in the mainstream media. Considering that professionals of the area of marketing and advertisement use numerous strategies aimed at consumerism, expansion of sales volume and generation of profit, it is assumed that, when trying to convince consumers, advertising messages and programs disseminate both maladaptative behavior and maladaptative beliefs. To verify if there were any distortions in the above-mentioned advertisement, a proof of judges was performed. To do so, eight judges, experienced in both academic and clinical cognitive-behavioral therapy, were invited to take part in this study. Six judges were female (75%) and two of them were male (25%), the average age being 31 years old, holding a Psychology degree not older than 8 years in average (DP 8,13). The judges evaluated both verbal and non-verbal transcriptions of a piece of children advertisement, followed by a table which contained the description of six cognitive distortions that might or might not be identified in the advertisement. The above-mentioned six distortions were named as: 1) The defeaters; 2) Exploding everything; 3) Foreseeing failure; 4) Experiencing thoughts; 5) Preparing to fail; 6) Blame me! The judges could also choose an option in which no distortions were present in the advertisement. The collected data was analyzed using the Kappa index (K) and the statistic results pointed to a very strong agreement related to the thinking error classified as “exploding everything”. It is known that techniques related to categorization, recording and reframing of thoughts are important in the process of cognitive therapy. Thus, some advertisements, when displaying thinking errors, may not only promote client resistance but also create difficulty in the therapeutic process. Therefore, the link between advertisement and cognitive distortion can be an important aspect to be taken into consideration and even included in sessions as an example of psycoeducation, exposing the child to the types of thoughts that must be avoided. Besides, broader and more complex studies can contribute to the regulation of children advertisement, taking into account the influence exerted by publicity in cognitive processing, as a way of avoiding thinking errors through media actions.
Keywords: Terapia cognitivo-comportamental
Cognitive-behavioral therapy
Distorções cognitivas
Cognitive distortions
Propaganda infantil
Children's advertisements
Psicologia
Terapia do comportamento
Terapia cognitiva
Propaganda - Aspectos psicológicos
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA COGNITIVA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Quote: SILVEIRA, Sandra Maria Prado. Estudo da publicidade brasileira de produtos dirigida às crianças e a relação com as distorções cognitivas. 2018. 99 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.1197.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.1197
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22497
Date of defense: 10-Aug-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstudoPublicidadeBrasileira.pdfDissertação2.22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.