Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22049
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Embargado
Title: Hospitalização de Idosos: Avaliação Epidemiológica e de Custos
Alternate title (s): Hospitalization of the Elderly: Epidemiological and Cost Evaluation
Author: Ferreira, Amanda Aparecida
First Advisor: Porto, Juliana Pena
Summary: Introdução: Atualmente o processo de transição demográfica vem provocando alterações na estrutura etária populacional. O número de pessoas idosas (≥ 60 anos) cresceu rapidamente provocando uma série de alterações na economia, no mercado de trabalho, nas relações familiares e principalmente aos sistemas de saúde. Quando os idosos necessitam ser hospitalizados, os custos gerados com essas internações são bem maiores quando comparados a hospitalizações de pessoas mais jovens. Objetivo: Analisar o perfil epidemiológico e os custos de internação em Hospital Universitário Mineiro. Métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo, de corte transversal, de análise documental com abordagem quantitativa e descritiva, realizado no Hospital de Clinicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) no período de junho a agosto de 2016, onde foram analisados 861 prontuários médicos. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Uberlândia. Resultados: Do total de internações foi observado maior número de idosos do sexo masculino (56%). As principais causas de internação foram: doenças do aparelho circulatório (26%); neoplasias (18%) e lesões externas (12%). Quanto aos custos gerados com as internações o mês de agosto foi o que mais obteve custos (R$ 9.011.447,22). Conclusão: A maioria dos idosos incluídos nesta investigação possuíam idade entre 60 a 70 anos, predominando a internação de idosos em relação as idosas. O mesmo foi observado considerando o número de óbitos, maior na população masculina. No entanto, 80% dos idosos evoluíram pra alta. As principais causas de internação foram relacionadas as doenças do aparelho circulatório, principalmente para idosos entre 71 e 80 anos, seguido das neoplasias, predominantes e idosos entre 60 e 70 anos e lesões, envenenamento e algumas outras consequências de causas externas, mais comuns para idosos com 81 anos ou mais. A compreensão do perfil dessa população e suas principais patologias tem muita importância no planejamento e implementação de novas políticas que visam a melhoria do atendimento a essa população que cada vez mais precisam de nossos cuidados e atenção. A partir das principais causas de internação os sistemas de saúde, principalmente as unidades básicas, podem desenvolver ações diminuam o número de internação desses idosos através da promoção e prevenção à saúde dos idosos de sua área.
Abstract: Introduction: Currently the process of demographic transition has caused changes in the population structure. The number of elderly people (≥ 60 years) grew rapidly, causing a series of changes in the economy, the labor market, family relations and, above all, health systems. When the elderly need to be hospitalized, the costs generated by these hospitalizations are much higher when compared to hospitalizations of younger people. Objective: To analyze the epidemiological profile and the hospitalization costs at Hospital Universitário Mineiro. Methods: This is a retrospective, cross-sectional study of documentary analysis with a quantitative and descriptive approach, carried out at the Clinical Hospital of the Federal University of Uberlândia (HC-UFU) from June to August 2016, where 861 medical records doctors. This study was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Uberlândia. Results: Of the total number of hospitalizations, a greater number of elderly males (56%) were observed. The main causes of hospitalization were: diseases of the circulatory system (26%); neoplasms (18%) and external lesions (12%). As for the costs generated with hospitalizations, the month of August was the one that obtained the most costs (R $ 9,011,447.22). Conclusion: The majority of the elderly included in this research had age between 60 and 70 years, predominantly the hospitalization of the elderly in relation to the elderly. The same was observed considering the number of deaths, higher in the male population. However, 80% of the elderly evolved. The main causes of hospitalization were related to diseases of the circulatory system, mainly for the elderly between 71 and 80 years, followed by neoplasias, predominant and elderly between 60 and 70 years and injuries, poisoning and some other consequences of external causes, more common for the elderly aged 81 or over. The understanding of the profile of this population and its main pathologies is very important in the planning and implementation of new policies aimed at improving the service to this population that increasingly need our care and attention. Based on the main causes of hospitalization, the health systems, mainly the basic units, can develop actions to reduce the number of hospitalization of these elderly people through the promotion and prevention of the health of the elderly in their area.
Keywords: Idoso
Hospitalização
Epidemiologia
Custos Hospitalares
Aged
Hospitalization
Epidemiology
Hospital Costs
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: FERREIRA, Amanda Aparecida. Hospitalização de idosos: avaliação epidemiológica e de custos.2018. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/22049
Date of defense: 4-Jul-2018
Appears in Collections:TCC - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HospitalizaçãoIdososAvaliaçãoEpidemiológicaCustos.pdf
  Until 2020-07-04
TCC969.47 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.