Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21422
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: A motilidade esofágica na esclerose sistêmica e suas relações com as alterações cutâneas e pulmonares
Alternate title (s): Esophageal motility in systemic sclerosis and its relations with cutaneous and pulmonary alterations
Author: Markus, Juliana
First Advisor: Pinto, Rogério Melo Costa
First coorientator: Matoso, Abadia Gilda Buso
First member of the Committee: Fonseca, Daurin Narciso da
Second member of the Committee: Taliberti, Ben Hur Braga
Summary: Introdução A Esclerose Sistêmica (ES) é uma desordem autoimune que atinge vários sistemas e órgãos, de etiologia ainda desconhecida, caracterizada por dano vascular e por fibrose de pele e de órgãos. Entre os órgãos envolvidos estão o esôfago e o pulmão. Objetivos Relacionar o perfil das alterações da manometria esofágica(ME), com o tipo de envolvimento cutâneo, com a pneumopatia intersticial(PI) bem como com os sintomas esofágicos nos pacientes com ES. Método Trata-se de um estudo observacional, transversal, realizado no ambulatório de ES do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. Após aprovação no Comitê de Ética e assinados os termos de consentimento, foram incluídos inicialmente 50 pacientes, entre os dias 04/12/2014 a 25/06/2015. Os mesmos foram submetidos às investigações habituais para o quadro e conforme queixas clínicas. A análise estatística foi descritiva em percentual, médias e desvio padrão. Para avaliar a relação entre ME, tomografia de alta resolução e sintomas esofágicos foi utilizado o teste Qui-quadrado. Resultados 91,9% dos pacientes apresentavam alguma alteração manométrica. 37,8% apresentavam envolvimento do corpo esofágico e do esfíncter inferior do esôfago. 37,8% apresentavam PI. 24,3% apresentavam a forma difusa da ES. Conclusão Este estudo não demonstrou um padrão de distribuição de alterações do esôfago relacionado ao tipo de envolvimento cutâneo. Não houve relação de um padrão manométrico específico com a presença de PI. Nem mesmo a presença de sintomas clínicos gastrointestinais se relacionou com um padrão cutâneo ou com alterações manométricas do esôfago ou com a presença de PI. Palavras chaves: Esclerose sistêmica, Esôfago, Doenças pulmonares intersticiais
Abstract: Introduction Systemic Sclerosis (SS) is an autoimmune disorder that affects several systems and organs, of unknown etiology, characterized by vascular damage and fibrosis of the skin and organs. Among the organs involved are the esophagus and the lung. Objectives To relate the profile of changes in esophageal manometry (EM), the type of skin involvement, interstitial lung disease (ILD) as well as esophageal symptoms in SS patients. Method This is an observational, cross-sectional study carried out at the outpatient clinic of the Hospital of the Federal University of Uberlândia. After approval by the Ethics Committee and signed the terms of consent, 50 patients were initially included, between 04/12/2014 to 06/25/2015. They were submitted to the usual investigations for the condition and according to clinical complaints. The statistical analysis was descriptive in percentage, means and standard deviation. The Chi-square test was used to evaluate the relationship between EM, high resolution tomography and oesophageal symptoms. Results 91.9% of the patients had some manometric alterations. 37.8% had involvement of the esophageal body and lower esophageal sphincter. 37.8% presented ILD. 24.3% presented the diffuse form of SS. Conclusion This study did not demonstrate a pattern of distribution of esophageal changes related to the type of cutaneous involvement. There was no relation of a specific manometric standard with the presence of ILD. Not even the presence of gastrointestinal clinical symptoms was associated with a cutaneous pattern or with manometric changes of the esophagus or with the presence of ILD. Key words: Systemic sclerosis, Esophagus, Interstitial lung disease.
Keywords: Ciências médicas
Medical sciences
Escleroderma sistêmico
Systemic scleroderma
Esôfago
Esophagus
Pulmões
Lungs
Esclerose sistêmica
Systemic sclerosis
Doenças pulmonares intersticiais
Interstitial lung diseases
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::REUMATOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Quote: MARKUS, Juliana. As alterações da motilidade esofágica na esclerose sistêmica e suas relações cutâneas e pulmonares. 52 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.149
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21422
Date of defense: 20-Dec-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MotilidadeEsofagicaEsclerose.pdf1.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.