Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21161
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Campus Pontal da UFU: Espaço socialmente produzido a partir das políticas de expansão do acesso e permanência ao ensino superior
Alternate title (s): Campus Pontal of UFU: Space socially produced from the policies of expansion of access and permanence to higher education
Author: Pereira, Ana Rúbia Muniz dos Santos
First Advisor: Oliveira Jr., Antônio de
First member of the Committee: Magrini, Maria Angélica de Oliveira
Second member of the Committee: Carvalho, Luciana Beatriz de Oliveira Bar de
Summary: A presente pesquisa tem por objeto a Faculdade de Ciências Integradas do Pontal-Campus Pontal da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), localizada na cidade de Ituiutaba, Estado de Minas Gerais, Brasil. O Campus foi criado a partir do Programa Expansão fase I, programa governamental com vistas a expandir, interiorizar e democratizar o acesso ao ensino superior no país. A pesquisa objetivou investigar: em que medida o espaço geográfico da cidade e do campus universitário se apresenta como dificuldade ao aluno no processo de permanência no ensino superior? Como objetivo geral propôs compreender a política de permanência de estudantes em um Campus fora de sede, a partir da expansão e interiorização do ensino superior e sua relação com o espaço social e para tanto, objetivos específicos foram delimitados, tais como: Levantar as políticas de expansão do ensino superior no Brasil no período compreendido entre 2003 e 2010; Analisar e discutir os indicadores com vistas a verificar em que medida a expansão e a interiorização têm garantido a democratização do acesso e a permanência ao ensino superior em um Campus fora de sede da UFU; Analisar as políticas governamentais e institucionais de permanência dos estudantes no Campus Pontal da UFU, e, identificar as possíveis relações entre o espaço e dificuldades no processo de permanência do aluno. A metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa, e, as técnicas metodológicas utilizados na pesquisa compreenderam as etapas: Delimitação do universo da pesquisa, pesquisa bibliográfica, documental, de campo e análise descritiva dos dados. A pesquisa bibliográfica contempla os tópicos: ensino superior, expansão do ensino superior, democratização do ensino, espaço social, lugar, métodos e metodologia de pesquisa, e, foi fundamentado nas pesquisas já publicadas de autores como Fávero, Cunha, Saviani, Ferreira e Oliveira, Dias Sobrinho, Santos, Souza e Rolim dentre outros. A pesquisa documental buscou como fonte de dados: documentos (arquivos públicos) e dados estatísticos (disponibilizados por órgão oficiais). A análise dos dados coletados nessa etapa da pesquisa foi feita sob a utilização da técnica da análise descritiva. O estudo empreendido vem contribuir com a produção de conhecimentos na área da expansão universitária, no registro histórico da criação do Campus e no processo de gestão institucional com a divulgação dos resultados. A análise dos dados coletados nas diversas etapas da pesquisa, permitiu afirmar que a relação entre o espaço social da Universidade (campus e cidade), e a permanência do aluno existe e é significativa. Variáveis como origem domiciliar, faixa de renda, transporte, segurança, área urbana onde o campus está localizado, atuações do poder público municipal e da comunidade empresarial da cidade e especulação imobiliária compõem os problemas que geram dificuldades aos estudantes/usuários do espaço pesquisado, apontando para possível segregação social a partir do distanciamento entre campus e cidade, distância que não é somente física, mas cultural e simbólica também. Ademais, verificou-se que a democratização ocorrida foi a do acesso ao ensino superior e não a do ensino, podendo ser considerada como processo de massificação ou mesmo uma democratização segregativa a partir das discussões já empreendidas sobre a temática.
Abstract: The current research has as its object Campus Pontal, one of the campuses of the Federal Univesity of Uberlândia – UFU. Located in Ituiutaba, a municipality in the Brazilian State of Minas Gerais, the campus was created when the federal government lauched a program named ‘Expansão Fase I’aiming to expand the access to higher education, making it available for more citizens in the most remote places of inland Brazil. The research aimed to investigate: to what extent the geographic space of the city and the university campus present as a difficulty to the student in the process of staying in higher education? The main scope of this research is to comprehend the policy designed to maintain students on a peripheral campus and its relation with the resulting social environment. In order to reach the main purpose, some specific objectives were delimited: to proceed with a survey of the policies regarding the expansion of higher education in the country in the period from 2003 to 2010; to analyze and discuss indicators in order to verify to what extension did the efforts guarantee a more democratic access for future students; to investigate possible reations between the geographic space and the difficulties students face regarding their permanence in the new campus for the whole lenght of a chosen course. The research was based on qualitative methods and techniques through a series of phases: delimitation of the scope, bibliographic, documentary and field researches and data analysis. The bibliographic research covered the following topics: higher education and its expansion and democratization; geographic space, social environment and research methods, in order to establish a historic perspective for the expansion of higher education in Brazil in the period mentioned above (2003 to 2010), and was based on the research already published by authors like Fávero, Cunha, Saviani, Ferreira and Oliveira, Dias Sobrinho, Santos, Souza and Rolim among others. The documentary research used different sources, like public documents e statistics from official government bodies. The analysis of collected data indicates a true relation between the geographical space and social environment of the campus and the permanence of students at the university until graduation. Variables like distance from campus to hometown, household income, availability of public services (such as security and transportation), the business environment in the city and costs of housing were considered and suggested a certain distance between life in campus and off campus, both physically and symbolically. The democratization (or universalization) of higher education, if occurred, seems to be restricted to the access itself, not reflecting directly on an increase of graduate students.
Keywords: Espaço social
Expansão
Ensino
Permanência
Política
social environment
expansion
higher education
permanence
public policies
Geografia
Planejamento urbano- Aspectos sociais - Ituiutaba (MG)
Ensino superior - Expansão
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Geografia (Pontal)
Quote: PEREIRA, Ana Rúbia Muniz dos Santos. CAMPUS PONTAL DA UFU: Espaço socialmente produzido a partir das políticas de Expansão do Acesso e Permanência ao ensino Superior - Ituiutaba. 2018. 131 f. Dissertação (mestrado e Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia, Ituiutaba, 2018.
Document identifier: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2018.907
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21161
Date of defense: 8-Mar-2018
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Geografia (Ituiutaba)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAMPUSPONTALUFU.pdf5.51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.