Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21154
Document type: Tese
Access type: Acesso Aberto
Title: Memórias e experiências de trabalhadores no processo de luta pela terra em Cachoeirinha : violência, mobilização e conquistas. Vale do Jaíba-MG,1960/1980.
Alternate title (s): Memories and experiences of workers in the process of struggle for land was Cachoeirinha: violence, mobilization and achievements. Vale do Jaíba-MG, 1960/1980
Author: Souza, Andrey Lopes de
First Advisor: Calvo, Célia Rocha
First member of the Committee: Almeida, Paulo Roberto de
Second member of the Committee: Vasconcelos, Regina Ilka Vieira
Third member of the Committee: Rodrigues, Rejane Meireles Amaral
Fourth member of the Committee: Inácio, Juliana Lemes
Summary: O tema central desta tese são as disputas por memórias em torno da luta pela terra que ocorreu em Cachoeirinha a partir de meados dos anos 1960, povoado que mais tarde se transformou na cidade de Verdelândia, em 1996, norte de Minas Gerais. Inspirados na História Social, a memória, aqui, foi compreendida como uma arena de lutas sociais, em que cada época projeta sua força e suas categorias sobre o passado, influenciando, por vezes, na forma de percebê-lo. Nesse sentido, o objetivo central desta tese foi captar esse fazer e esse movimento de produção social de memórias produzidas pelos e sobre os trabalhadores que, em meio a projeções, recuperações e tentativas de apagamento de versões, construíram formas de lembrar hegemônicas que cingiram o processo de luta pela terra de tonalidades marcadas por imagens delineadas pela expulsão de “posseiros” que ocuparam o que não é seu. A partir de entrevistas com trabalhadores rurais que vivenciaram processos de expulsão, jornais e um processos-crime, foi possível visualizar as formas pelas quais esses trabalhadores, no processo de luta, instituíram seus territórios e seus modos de viver e de trabalhar em meio à dureza da vida. A pesquisa permitiu evidenciar que “as memórias se fazem luta e a luta se fez memórias” em um processo contínuo, vivo e dinâmico, revelando a força e a vitalidade das memórias produzidas como sinal de luta, processo em andamento, presença, o que revela que a luta pela terra não findou em algum acontecimento, como a expulsão dos “posseiros” em 1967, mas se faz e refaz como um direito à vida e um processo dinâmico de luta que não cessa.
Abstract: The central theme of this thesis is the disputes over memories of the struggle for land that occurred in Cachoeirinha from the mid-1960s, a settlement that later became the city of Verdelândia in 1996, Norte of Minas Gerais. Inspired in Social History, memory here has been understood as an arena of social struggles, in which each epoch projects its strength and its categories on the past, sometimes influencing the way of perceiving it. In this sense, the central objective of this thesis was to capture this movement and the social production of memories produced by and on the workers who, in the midst of projections, recoveries and attempts to erase versions, constructed hegemonic ways of remembering that the process of struggle for the land of tonalities marked by images delineated by the expulsion of “squatters” who occupied what is not his. From interviews with rural workers who experienced expulsion processes, newspapers and a criminal process, it was possible to visualize the ways in which these workers, in the process of struggle, instituted their territories and their ways of living and working in the midst of hardness of life. The research made it possible to show that “the memories make themselves fight and the fight becomes memories” in a continuous process, alive and dynamic, revealing the strength and vitality of the memories produced as a sign of struggle, process in progress, presence, Which reveals that the struggle for land did not end in any event, such as the expulsion of the “squatters” in 1967, but is made and re-established as a right to life and a dynamic process of struggle that does not cease.
Keywords: História
História social
Conflitos de terra - Verdelàndia (MG) - Históri
Verdelàndia (MG) - História
História Social
Luta pela terra
Memórias
Trabalhadores e Norte de Minas
Social History
Struggle for Land
Memories
Workers and Norte de Minas
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em História
Quote: SOUZA, Andrey Lopes de. 2017.198 f. Memórias e experiências de trabalhadores no processo de luta pela terra em Cachoeirinha : violência, mobilização e conquistas. Vale do Jaíba-MG,1960/1980. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21154
Date of defense: 8-Jun-2017
Appears in Collections:TESE - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MemoriasExperiênciasTrabalho.pdfTese5.91 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.