Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21134
Document type: Tese
Access type: Acesso Embargado
Title: Encontros da tecnologia e sociedade da informação: perspectivas da filosofia da educação no século XXI
Alternate title (s): Technology Meetings and Information Society: Perspectives on the Philosophy of Education in the 21st Century
Author: Bernal, Juan Guillermo Díaz
First Advisor: Guido, Humberto Aparecido de Oliveira
First member of the Committee: Brettas, Anderson Claytom Ferreira
Second member of the Committee: Pontin, Vivian Marina Redi
Third member of the Committee: Danelon, Márcio
Fourth member of the Committee: Bom-Tempo, Juliana Soares
Summary: Na medida em que as tecnologias da informação e comunicação (TIC) conseguem, cada vez com maior intensidade, um lugar importante em nossa sociedade e em nossas vidas, começa a ser prioridade se perguntar acerca de quais são as implicações do seu rol na filosofia da educação hoje e qual lugar devem ter nesta nova era. A tese a ser defendida não pode ser outra que a introdução das TIC provocaram mudanças estruturais significativas na sociedade. Mudanças que incidem não só na vida das pessoas e suas interações, senão também na forma de pensar e de conhecer o mundo que as rodeia. Duas metodologias do paradigma qualitativo foram empregadas como fundamentação da filosofia para a educação. Evidenciando a orientação descritiva da fenomenologia e a perspectiva interpretativa da hermenêutica, as quais convergem em um ponto de interseção, encontramo-nos diante de uma pesquisa desses dois enfoques. Trata-se do fato no qual nos encontramos em uma época com diversas modificações, propiciadas pela revolução técnico-cientifica em curso, onde se tem transformado: a forma de produzir e de nos relacionar, as formas de controle e do poder, assim como muitas das interações que constituem nosso cotidiano. Nesse sentido, as propostas para a educação atual procuram examinar as transformações da ciência contemporânea e suas implicações para nossa tarefa como educadores. Na atualidade, a tecnologia é considerada como ferramenta de domínio da natureza e meio para desenvolver as capacidades humanas em todo seu esplendor, em outros casos, às vezes, existe um paradoxo entre um domínio da técnica e uma técnica do domínio. A partir dessa confrontação, gera-se uma cegueira a um tipo de sedução diante do domínio técnico, atribuída principalmente ao fato que o século XX foi totalmente técnico (quanto à dependência) ou sobre o âmbito estritamente industrial, portanto, uma impressão muito comum consideraria que o ser humano não seria nada sem um dispositivo tecnológico. A sociedade da informação é a consequência inevitável da transformação tecnológica produzida nos países desenvolvidos, que nos últimos anos, gerou efeitos globais. Informação, comunicação e conhecimento são linguagens próprias dessa nova era, na qual, a cibersociedade e a educa-comunicação se incorporam no ensinamento e na aprendizagem. As novas formas de se fazer filosofia estabelecem hoje um debate com o presente na prática pedagógica mediante as relações na filosofia da educação para o século XXI, as quais concretam as múltiplas possibilidades do trabalho a seguir na escola e fora dela. As considerações finais foram divididas em blocos de reflexão que estabelecem a posição própria sobre cada uma das partes trabalhadas e desenvolvidas nessa tese. Por sua vez, apresentamos uns deslocamentos à maneira de não-conclusão do trabalho acadêmico, de forma que tais considerações impulsionem as investigações a seguir, prosseguir e instituir.
Abstract: As Information and Communication Technologies (ICT) are increasingly important in our society and in our lives, it becomes a priority to ask about the implications of their role in the philosophy of education and what place they should have in this new era. The thesis to be defended cannot be other than the introduction of ICT caused significant structural changes in society. Changes that affect not only the lives of people and their interactions, but also the way of thinking and knowing the world that surrounds them. Two methodologies of the qualitative paradigm were used as philosophy’s foundation for education. Evidenciating the descriptive orientation of phenomenology and the interpretive perspective of hermeneutics, which converge at a point of intersection, we are faced with a research of these two approaches. It is the fact that we are in a period with several modifications, propitiated by the ongoing technical-scientific revolution, where we have transformed: the way of producing and relating, the forms of control and power, as well as many of interactions that constitute our daily life. In this sense, the proposals for current education seek to examine the transformations of contemporary science and its implications for our task as educators. At present, technology is considered as a tool of domination of nature and a means to develop human capacities in its entire splendor, in other cases, sometimes there is a paradox between a field of technique and a technique of domination. From this confrontation, a blindness to a kind of seduction in the face of technical domination is generated, attributed mainly to the fact that the twentieth century was totally technical (regarding dependence) or strictly industrial scope, so a very common impression would that the human being would be nothing without a technological device. The information society is the inevitable consequence of technological change in developed countries, which in recent years has generated global effects. Information, communication and knowledge are proper languages of this new period, in which cyber-society and education-communication are incorporated in teaching and learning. The new ways of doing philosophy today establish a debate with the present in the pedagogical practice through the relations in the philosophy of education for the XXI century, which concretizes the multiple possibilities of the work to be followed in and out of school. The final considerations were divided in blocks of reflection that establish the proper position on each one of the parts worked and developed in this thesis. In turn, we present some dislocations in the manner of non-conclusion of the academic work, so that such considerations drive the investigations to follow, to continue and to institute.
Keywords: Educação
Globalização
Sociedade da informação
Educação - Filosofia
Tecnologia
Educomunicação
Filosofia da educação
Globalización
Tecnología
Sociedad de la información
Educomunicación
Filosofía de la educación
Globalization
Technology
Information society
Educommunication
Philosophy of education
Globalisation
Technologie
Société de l’information
Edu-communication
Philosophie de l’éducation
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: BERNAL, Juan Guillermo Díaz. Encontros da tecnologia e sociedade da informação: perspectivas da filosofia da educação no século XXI - 2017. 384 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
Document identifier: x
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21134
Date of defense: 23-May-2017
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EncontrosTecnologiaSociedade.pdf
  Until 2019-09-20
Tese1.93 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.