Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21133
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Percursos da criança a partir da modernidade: fenomenologia e educação infantil no movimento escolanovista
Alternate title (s): Child's trajectories from modernity: phenomenology and early childhood education in the Escolano movement
Author: Carvalho, Cláudia Barbosa de
First Advisor: Guido, Humberto Aparecido de Oliveira
First member of the Committee: Fernandes, Paulo Irineu Barreto
Second member of the Committee: Danelon, Márcio
Summary: Esta dissertação de mestrado está vinculada à linha de pesquisa História e Historiografia da Educação, neste estudo é apresentada a concepção fenomenológica de infância e a influência desta corrente do pensamento contemporâneo no ideário escolanovista do mesmo período. O primeiro movimento da dissertação visou encontrar a concepção moderna de infância nos escritos educacionais de Rousseau em sua clássica obra Emílio, ou Da Educação; em seguida a pedagogia de Kant é tratada naquilo que versa sobre a educação das crianças. Esse quadro preliminar destina-se à compreensão dos delineamentos das ideias escolanovistas no âmbito da educação infantil. Essa passagem da teoria educativa para a prática pedagógica com crianças conduziu a pesquisa na direção da fenomenologia de Husserl e Merleau-Ponty que foi abordada no segundo capítulo. Na fenomenologia é possível encontrar a fundamentação de determinados procedimentos educativos daqueles educadores que, na primeira metade do século XX, se mostraram empenhados na renovação da educação infantil com a promoção de uma pedagogia centrada na criança. Husserl é importante para dar base à fundamentação da fenomenologia da percepção bem como fundamentar sua importância para um novo olhar direcionado para a criança que, na perspectiva dessa fenomenologia, preconizada por Merleau- Ponty, aponta para a relevância de investigar e considerar a criança por ela mesma. Buscou-se neste estudo, no entrelaçamento de cada autor aqui abordado, o sentido histórico que progressivamente consolidaram a educação infantil e a inseriu no sistema oficial de ensino. Merece destaque neste quadro histórico a pedagogia escolanovista, que foi contemplada no terceiro capítulo, por causa da sua concepção de criança e as suas descobertas: de si mesma, do outro e do mundo que a rodeia; esta teia complexa de significados merece o olhar fenomenológico, próprio do mundo adulto.
Abstract: This master's thesis is tied to a History and Historiography of Education research line, this study presents the phenomenological conception of childhood and the influence of this flux of contemporary thought by the view of the new school on the same period. The first movement of this thesis aimed to find the modern conception of childhood on the educational writings of Rousseau on his classical work Émile, ou De l’éducation, 1762, and after Kant's pedagogy is dealt with in what concerns about the education of children. This preliminary framework is intended to understand the delineations of the new school ideas in the field of early childhood education. This passage from educational theory to the pedagogical practice with children led this research towards to the phenomenology of Husserl and Merleau-Ponty, that was contemplated on the second chapter. In phenomenology it is possible to find the basis of certain educational procedures of those educators who in the first half of the 20th century were committed to the renewal of early childhood education with the promotion of a child-centered pedagogy. Husserl is important to the substantiation of the phenomenology's perception as well as to substantiate its importance for a new directed look towards to the child that, in this perspective of this phenomenology, advocated by Merleau-Ponty, points to the need of investigating and considering the child by itself. The sought on this study, in the interlacing of each author discussed here, the historical sense that progressively was consolidated the education of children and inserted it into the official system of education. It is worth mentioning in this historical context the new school pedagogy that was contemplated on the third chapter, because of its conception of child and its discoveries: from itself, from the other and from the world that surrounds it; this complex web of meanings deserves the phenomenological look, proper from the adult world.
Keywords: Educação
Educação - Filosofia
Educação de crianças
Pedagogia moderna
Filosofia fenomenológica
Movimento escolanovista
Criança
Modern Pedagogy
Phenomenological Philosophy
New school movement
Child
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Educação
Quote: CARVALHO, Cláudia Barbosa de. Percursos da criança a partir da modernidade: fenomenologia e educação infantil no movimento escolanovista - 2017. 98 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
Document identifier: x
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21133
Date of defense: 29-Aug-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PercursosCriancaModernidade.pdfDissertação674.54 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.