Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21092
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Financiamento às empresas de micro, pequeno e médio portes uma análise do perfil da liberação e da distribuição regional dos recursos direcionados pelo BNDES
Alternate title (s): Financing to micro, small and medium-sized enterprises an analysis of the profile of the liberation and regional distribution of resources directed by BNDES
Author: Torniziello Filho, Weber Luiz
First Advisor: Corrêa, Vanessa Petrelli
First member of the Committee: Botelho, Marisa dos Reis Azevedo
Second member of the Committee: Deos, Simone Silva de
Summary: O presente trabalho estuda a distribuição dos recursos creditícios por parte do Sistema Financeiro Nacional, com enfoque nas linhas de créditos dirigidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES) entre os anos de 2000-2014 às Micro, Pequenas e Médias empresas (MPMEs) nacionais. Para tanto, trouxemos a luz a discussão da dinâmica do financiamento do investimento apontada por Keynes, mostrando o papel do finance, mas destacando a complexidade do funding. Avançando nessa discussão, trouxemos os elementos postulados por Minsky acerca da dinâmica de atuação dos bancos, especialmente após a década de 1960, mostrando sua contínua atuação, relacionando a busca por valorização do capital, com a relação de segurança e liquidez e, também, a contribuição de Dow sobre a lógica da distribuição espacial de recursos. O intuito, portanto, é de verificar se o banco estatal foi capaz de reverter a lógica do sistema bancário, a qual é de concentração de recursos em regiões mais dinâmicas e integradas economicamente e em agentes de maior porte e/ou capitalizados. Desta forma, partindo de uma perspectiva pós-keynesiana, buscamos entender como se deu essa dinâmica, principalmente no pós 2008, em que a crise do subprime reverteu as expectativas e, por consequência, tendenciou a retração das linhas de crédito bancários, principalmente na esfera privada. Todavia, ainda que houvesse melhora na distribuição de recursos via banco público em regiões brasileiras que antes não eram contempladas por estes tipos de repasses, identificamos a continuidade da concentração de crédito em regiões mais dinâmicas do país. Para esta observação, criamos, então, índices que captaram a proporção de crédito - seja via BNDES ou via SFN por meio de bancos comerciais e múltiplos - frente ao PIB de cada município brasileiro, versus o IDH destes mesmos municípios, para realizarmos nossas análises. Da mesma forma, fizemos para as macrorregiões Sudeste e Nordeste, a fim de contrapormos essas duas localidades e mostrar a disparidade, do ponto de vista de direcionamento de políticas públicas, ainda existentes.
Abstract: The present work studies the distribution of credit resources by the National Financial System, focusing on the credit lines directed by the “Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social” (BNDES) between the years 2000-2014 to Micro, Small and Medium Enterprises. To that end, we have brought to light the discussion of the investment financing dynamics pointed out by Keynes, showing the role of finance, but highlighting the complexity of funding. Moving forward in this discussion, we have brought the elements postulated by Minsky about the dynamics of banks' performance, especially after the 1960s, showing their continuous performance, relating the search for capital appreciation, the security and liquidity relationship, and also the Dow's contribution to the spatial distribution of resources. The aim, therefore, is to verify if the state bank was able to reverse the logic of the banking system, which is to concentrate resources in more dynamic and economically integrated regions and in larger and / or capitalized agents. Thus, starting from a post-Keynesian perspective, we sought to understand how this dynamic occurred, especially in the post-2008 period, when the subprime crisis reversed expectations and, as a consequence, tended to reduce bank credit lines, especially in the sphere Private. However, although there was an improvement in the distribution of resources through a public bank in Brazilian regions that were not previously covered by these types of onlendings, we identified the continuity of the concentration of credit in the most dynamic regions of the country. For this observation, we created indexes that capped the proportion of credit - either through BNDES or via SFN through commercial banks and multiples - against the GDP of each Brazilian municipality, versus the HDI of these same municipalities, to carry out our analyzes. In the same way, we did for the Southeast and Northeast macro-regions, in order to counterpose these two locations and show the disparity, from the point of view of directing public policies, still existing.
Keywords: Economia
Crédito bancário
Políticas públicas
Instituições financeiras - Brasil
Bancos Públicos
Sistema Financeiro Nacional
Banking Credit
Public Policies
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Program: Programa de Pós-graduação em Economia
Quote: TORNIZIELLO FILHO, Weber Luiz.Financiamento às empresas de micro, pequeno e médio portes uma análise do perfil da liberação e da distribuição regional dos recursos direcionados pelo BNDES. 2017.195 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
Document identifier: x
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/21092
Date of defense: 30-Jun-2017
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FinanciamentoEmpresasMicro.pdfDissertação19.16 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.