Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20526
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Asilo de São Vicente e Santo Antônio – memória e história
Author: Cunha, Marizete Aparecida
First Advisor: Cardoso, Heloisa Helena Pacheco
First member of the Committee: Gomide, Leila Regina Scalia
Second member of the Committee: Nunes, Leandro José
Summary: Este trabalho monográfico busca analisar a questão dos idosos na sociedade capitalista e como esta vê a velhice. Dentro desta temática, a autora escolheu como objeto de estudo o Asilo São Vicente e Santo Antônio, localizado em Uberlândia-MG. Trata-se, portanto, de um estudo de caso que pretende inserir a instituição na conjuntura maior das relações sociais capitalistas. Foram realizadas análises de diversas fontes como dossiês dos internos do Asilo São Vicente e Santo Antônio, fichas de registros feitas pela administração do asilo e relatórios redigidos por funcionários. Com a Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP) a pesquisadora conseguiu atas de reuniões e o livro de Regra da Sociedade. Com intenção de levantar histórias de vida, trabalhou com a memória e com a “História Oral'”, fazendo algumas entrevistas com internos e funcionários da instituição. O tema possibilitou, além da documentação escrita e entrevistas, a utilização de fotografias a fim de recuperar momentos da vida cotidiana dos idosos e o espaço físico da entidade. Quanto aos jornais, foi analisado o Caderno Especial da Folha de São Paulo. Esta monografia está dividida em três capítulos. O primeiro trata do lugar que o idoso ocupa na sociedade e da visão desta sobre aquele. Procura analisar a problemática do idoso do ponto de vista da previdência; o trabalho na Terceira Idade; as formas de tratamento do idoso e as instituições especializadas em atividades para essa faixa da população, como o Centro Educacional de Assistência Integrada (CEAI) e o Serviço Social do Comércio (SESC). Também chama a atenção para a questão do asilo ser, ou não, uma forma de exclusão do idoso do convívio social. O segundo capítulo apresenta um histórico da SSVP e do asilo, desde a sua fundação até hoje, nos anos 90. Analisa a administração do asilo e as formas de manutenção da casa, desde os aspectos físicos a toda a infraestrutura existente. O último capítulo analisa as entrevistas e trata da questão da solidão e do significado do asilo na vida dos internos. Apresenta o cotidiano dos idosos, suas frustrações e experiências vividas, sempre analisando o convívio deles uns com os outros e com os funcionários da casa, os fatos que marcaram suas vidas, o que fazem todos os dias e a disciplina da instituição. Constata, mediante depoimentos, a ausência de atividades, a falta que sentem do trabalho e o desejo que possuem de serem novamente ativos e úteis para a sociedade.
Notes: Palavras-chave e resumo criados pelo pesquisador dos Projetos “(Per)cursos da graduação em História: entre a iniciação científica e a conclusão de curso.” (PROGRAD/DIREN/UFU 2017/2018) e “Entre a iniciação científica e a conclusão de curso: a produção monográfica dos Cursos de Graduação em História da UFU” (PIBIC EM CNPq/UFU 2017-2018).
Keywords: Idosos
História e Memória
Sociedade capitalista
Asilo de São Vicente e Santo Antônio
Uberlândia
Anos 60 aos anos 90
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: CUNHA, Marizete Aparecida. Asilo de São Vicente e Santo Antonio – memória e história. 1999. 61 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 1999.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20526
Date of defense: 1999
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AsiloSaoVicente.pdfTCC12.64 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.