Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20459
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Aborto: matizes sócio-culturais
Author: Oliveira, Carmen Lúcia de
First Advisor: Bessa, Karla Adriana Martins
Summary: O objetivo da monografia é resgatar a experiência de algumas mulheres que provocaram aborto ilegal no Brasil no final da década de 1980. Saber quais foram as causas desta escolha, quais os conflitos que enfrentaram e as condições em que os abortos foram realizados. A pesquisa também analisa a documentação de um dos segmentos do movimento feminista favorável à legalização do aborto além do discurso religioso católico, levando em conta que o Brasil é um país majoritariamente cristão e as leis sofrem grande influência religiosa. Por conta da escassez de dados sobre o assunto uma saída para o problema foi lidar com a História Oral. Foram realizadas entrevistas com quatro mulheres que passaram pela experiência do aborto provocado e com dois médicos que, apesar de não terem praticado aborto ilegal, esclareceram dúvidas referentes à questão. O Bispo de Uberlândia, D. José Alberto Moura, também foi entrevistado a fim de que fornecesse maiores informações sobre a orientação da Igreja Católica quanto à sexualidade, reprodução, métodos contraceptivos e aborto. O texto monográfico se divide em três capítulos. O primeiro realiza um breve histórico do aborto no Brasil e no mundo, com a intenção de mostrar que é uma prática antiga, presente entre a maioria dos povos e que sempre sofreu reprimendas. O segundo capítulo analisa as entrevistas das mulheres que fizeram aborto, pontuando alguns itens como orientação sexual, iniciação na vida social, perfil socioeconômico, formação escolar, como chegaram à situação de provocar o aborto e porque, de que maneira foi realizado e se houve consequências físicas e psicológicas. Analisa, também, a documentação da Sempre Viva Organização Feminista (SOF) referente à legalização do aborto, as reivindicações quanto à saúde da mulher e em que princípios estas bandeiras estão assentadas. O último capítulo se detém em algumas divergências presentes nas falas da SOF e da Igreja, evidenciando em que se baseiam as alegações pró ou contra o aborto. Para mostrar a amplitude desta polêmica, este capítulo apresenta a fala de duas católicas a favor do aborto.
Notes: Palavras-chave e resumo criados pelo pesquisador dos Projetos “(Per)cursos da graduação em História: entre a iniciação científica e a conclusão de curso.” (PROGRAD/DIREN/UFU 2017/2018) e “Entre a iniciação científica e a conclusão de curso: a produção monográfica dos Cursos de Graduação em História da UFU” (PIBIC EM CNPq/UFU 2017-2018).
Keywords: Aborto
Feminismo
Cristianismo
Mulher
Brasil
Final da década de 1980
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: OLIVEIRA, Carmen Lúcia de. Aborto: matizes sócio-culturais. 1997. 82 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 1997.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20459
Date of defense: 1997
Appears in Collections:TCC - História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AbortoMatizesSocioculturais.pdfTCC10.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.