Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20357
Document type: Trabalho de Conclusão de Curso
Access type: Acesso Aberto
Title: Hipotireoidismo gestacional e suas repercussões sobre as respostas hemodinâmicas, modulação autonômica tônica e reflexa na prole adulta
Author: Alves, Juliana Milan
First Advisor: Neto, Marcos Luiz Ferreira
First coorientator: Balbi, Ana Paula Coelho
First member of the Committee: Vieira, Alexandre Antonio
Second member of the Committee: Ruocco Jr, Sidiney
Summary: O hipotireoidismo gestacional é um dos distúrbios endócrinos que podem afetar a prole negativamente, devido às mudanças causadas no ambiente intrauterino. Para a gestante, pode causar quadros patológicos secundários, como anemia, pré-eclâmpsia, parto prematuro e até abortos espontâneos. Para a prole, os níveis baixos dos hormônios tireoidianos podem gerar repercussões importantes na vida adulta. Recentemente, estudos demonstraram alterações na contratilidade cardíaca e na estrutura endotelial dos vasos sanguíneos. Portanto, os objetivos do nosso estudo foram avaliar as respostas hemodinâmicas, modulação autonômica e reflexa em prole adulta de ratas submetidas ao hipotireoidismo na fase gestacional. Para tanto, induzimos o quadro hipotireoideo em ratas gestantes com metimazol 0,02 % durante toda a gestação e lactação e aos 20 dias de gestação, realizamos coleta de sangue de todas as mães. Os filhotes machos destas mães foram divididos em um grupo controle (CONT) e em um grupo experimental (HIPO) e, ao completarem 90 dias, foram submetidos ao procedimento experimental. Os animais foram anestesiados com tiopental sódico (40 mg/kg i.v.) após indução com halotano (2 %) em O2 100 % e a artéria e veia femorais foram canuladas para o registro dos parâmetros hemodinâmicos e infusão de drogas respectivamente. A avaliação da sensibilidade barorreflexa foi avaliada por meio da infusão de fenilefrina (2 μg/kg) e do índice simpato-vagal (ISV) avaliado após o duplo-bloqueio com metilatropina (4 mg/kg) e atenolol (8 mg/kg). Os resultados obtidos para as dosagens sanguíneas das ratas grávidas de T3 (2,88±0,09 pg/ml, n=4 vs 0,84±0,11 pg/ml, n=8) e T4 (1,57±0,044 ng/ml, n=4 vs 0,13±0,035 ng/ml, n=8) apresentaram reduções nos níveis hormonais destes animais. Os valores de peso corporal (363,4±19,2 g, n=7 vs 300,0±6,0 g, n=10), PAM (108,7±7,6 mmHg, n=7 vs 86,5±4,6 mmHg, n=10), PAD (90,50±6,2 mmHg, n=7 vs 73,90±4,1 mmHg, n=10), ISV (1,21±0,04 bpm, n=4 vs 0,98±0,06 bpm, n=5) e sensibilidade barorreflexa (1,04±0,23 ms/mmHg, n=6 vs 0,48±0,06 ms/mmHg, n=7) foram reduzidos. Já os valores de PAS (131,2±8,5 mmHg, n=7 vs 111,6±4,7 mmHg, n=10), FC (370,7±12,4 bpm, n=7 vs 379,9±15,4 bpm, n=10) e FCIM (305,3±9,1 bpm, n=6 vs 323,4±24,2 bpm, n=6) não apresentaram diferenças. Em conjunto, nossos resultados são compatíveis com a literatura, onde trabalhos recentes evidenciaram alterações hemodinâmicas como a redução de PAM e PAD, assim como o comprometimento inotrópico do coração. Em conclusão, encontramos reduções de pressão arterial associadas a redução no balanço simpato-vagal destes animais, inotropismo cardíaco comprometido, assim como alterações regulatórias da pressão arterial quando ativado o barorreflexo.
Notes: Possui versão em CD.
Keywords: Hipotireoidismo
Gestacional
Alterações
Hemodinâmicas
Pressão
Arterial
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA::FISIOLOGIA GERAL::FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Quote: ALVES, J. M. Hipotireoidismo gestacional e suas repercussões sobre as respostas hemodinâmicas, modulação autonômica tônica e reflexa na prole adulta. Universidade Federal de Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20357
Date of defense: 14-Dec-2017
Appears in Collections:TCC - Ciências Biomédicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HipotireoidismoGestacionalRepercussões.pdf2.18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.