Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20301
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorRodrigues, Alexandre Guerra-
dc.date.accessioned2018-01-18T19:04:25Z-
dc.date.available2018-01-18T19:04:25Z-
dc.date.issued2017-07-14-
dc.identifier.citationRODRIGUES, Alexandre Guerra. Da desconsideração da personalidade jurídica, sua aplicabilidade no processo trabalhista e seus reflexos após a instauração do incidente no novo Código de Processo Civil. 2017. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufu.br/handle/123456789/20301-
dc.description.abstractSince the important precedent started in 1896 in the famous Salomon v. Salomon & Co Ltd case, the disregard of legal personality has been the subject of a heated debate. With the new Code of Civil Procedure, the establishment of the incident of disregard of legal personality appeased the desire of an entire doctrinal community for something that should have been positive since the Civil Code of 2002, both harvest civilian and labor action . So, flowers, henceforth the need for a new debate with new directions. If before, matured by decades of altercations, now, in the mold in which it was incurred, it will point the forerunner to the foward satisfaction. However, even in embryonic demand, introduce considerable divergences. Visible shows the tension between what is must be. On the one hand, the letter of the law encoding the case in the name of legal certainty, by virtue of the constitutional right to the contradictory, which, from the point of view of this analysis was never devalued by the Labor Justice, on the other, the doctrine not yet pacified The topic, the timid Jurisprudence and the recent promotion of the debate. It is a fact that the process of labor in Brazilian history has always been one step ahead of the civilian processual discussion, and will continue, even with the linkage to the direction and rules of the incident. Our proposal aims to demonstrate, punctuate, explain and insert a rational balance bias, defending both the interest of procedural speed, the urgency of labor claims and labor procedural income as well as the effective fulfillment of legal duty without the demerit of what has already been put In discussion.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Uberlândiapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectIncidente de desconsideraçãopt_BR
dc.subjectIncident of disregardpt_BR
dc.subjectProcesso trabalhistapt_BR
dc.subjectPersonalidade jurídicapt_BR
dc.subjectContraditóriopt_BR
dc.subjectCeleridade processualpt_BR
dc.subjectLabor processpt_BR
dc.subjectLegal personalitypt_BR
dc.subjectContradictorypt_BR
dc.subjectProcedural speedpt_BR
dc.titleDa desconsideração da personalidade jurídica, sua aplicabilidade no processo trabalhista e seus reflexos após a instauração do incidente no novo Código de Processo Civilpt_BR
dc.title.alternativeDisregard of legal personality incidentpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Orlandini, Márcia Leonora Santos Régis-
dc.contributor.referee1Orlandini, Márcia Leonora Santos Régis.-
dc.contributor.referee2Martins, Juliane Caravieri.-
dc.description.degreenameTrabalho de Conclusão de Curso (Graduação)pt_BR
dc.description.resumoA contar da ocorrência do importante precedente iniciado no ano de 1896 no famoso caso Salomon vs A Salomon & Co Ltd, a desconsideração da personalidade jurídica tem sido objeto de calorosos debates. Com a vigência do novo Código de Processo Civil, a instauração do incidente de desconsideração da personalidade jurídica apaziguou o anseio de toda uma comunidade doutrinadora por algo que já deveria ter sido positivado desde o Código Civil de 2002, tanto na seara civilista quanto na atuação trabalhista. Floresce, doravante, a necessidade de um novo debate com novos rumos. Se antes, amadurecido por décadas de altercações, agora, no molde em que foi incorrido, apontará a dianteira precursora da satisfação agrumada. Contudo, mesmo em demanda embrionária, já apresenta sensíveis divergências. Visível se mostra a tensão entre o que é pelo dever ser. De um lado, a letra da lei engessando o processo em nome da segurança jurídica, em virtude do direito constitucional ao contraditório, que, no ponto de vista dessa análise jamais foi desvalorizado pela Justiça do Trabalho, de outro, a doutrina ainda não pacificada sobre o tema, a Jurisprudência tímida e a recente promoção do debate. Fato é que o processo do trabalho na história brasileira sempre esteve um passo à frente da discussão processual civilista, e assim continuará, mesmo com o atrelamento ao alvitramento e às regras do incidente. Nossa proposição visa a demonstrar, pontuar, esclarecer e introduzir um viés racional de equilíbrio, defendendo tanto o interesse da celeridade processual, a urgência dos créditos trabalhistas e o rendimento processual trabalhista quanto o efetivo cumprimento do dever legal sem o desmerecimento do que já foi posto em debatept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.courseDireitopt_BR
dc.sizeorduration33pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO::DIREITO PRIVADO::DIREITO DO TRABALHOpt_BR
Appears in Collections:TCC - Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DesconsideracaoPersonalidadeJuridica.pdf839.35 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.