Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19687
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
metadata.dc.rights: Acesso Embargado
Title: Análise da técnica restauradora em cavidade de lesão cervical não cariosa no efeito da tensão de contração residual e grau de conversão
metadata.dc.creator: Guedes, Fernanda Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Paulo Vinícius
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Machado, Alexandre Coelho
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Ana Paula de Lima
metadata.dc.contributor.referee2: Zancopé, Karla
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste trabalho foi analisar a influência do tipo de resina composta e a técnica incremental no efeito da tensão de contração residual e grau de conversão em cavidade de lesão cervical não cariosa (LCNC). Para o método de elementos finitos, pré-molar superior hígido foi seccionado, fotografado e a distância vestíbulo-lingual mensurada. Esta imagem foi exportada para o software ImageJ e os pontos de coordenadas das superfícies das estruturas foram obtidos e enviados para o programa MSC Marc. Curvas caracterizando as estruturas foram criadas e as seguintes técnicas restauradoras com resina composta foram simuladas: bulk-fill (BK); convencional 1 incremento (C1); convencional paralelo (CP); e convencional oblíquo (CO). As estruturas foram consideradas isotrópicas. A contração de polimerização foi simulada por analogia térmica. A distribuição das tensões foi expressa nos parâmetros de von Mises modificado, analisados na própria geometria e em gráficos. Para a análise do grau de conversão, utilizou-se o Espectrofotômetro de InfraVermelho por Transformada de Fourier – FTIR, com elemento acoplado de reflectância total atenuada (ATR), infravermelho médio (MIR) e detector de sulfato de triglicina deuterada (DTGS). As amostras foram confeccionadas em matriz cilíndrica de silicone por adição com diâmetro e espessura de 2mm, também de acordo com os fatores em estudo. Para a técnica de incremento único, fotoativação de 20 segundos foi realizada com unidade LED com irradiâncida de 1200 mW/cm2. Já para as técnicas de 3 incrementos, após cada inserção, o material foi fotoativado por 20 segundos. O grau de conversão foi mensurado imediatamente e após 24 h. Os espectros nos estados polimerizado e não polimerizado da resina composta foram obtidos por meio do software OPUS (Spectroscopy Software, Bruker Optik GmbH, Ettlingen, Germany). A resina bulk fill apresentou distribuição de tensão mais homogênea comparada com todas as técnicas da resina composta convencional. Em relação à disposição dos incrementos da resina convencional, CP apresentou maiores valores de tensão no ângulo cavo superficial da parede oclusal (100,04 MPa). C1 concentrou altos níveis de tensão na interface e dentina próxima da cavidade e CO concentrou mais tensão próximo do ângulo da lesão (21,43 MPa). Quanto ao grau de conversão analisado imediatamente, foram observados maiores valores ao avaliar o fundo das amostras dos grupos CP E CO (58,2% e 58,5%, respectivamente). BK E C1 apresentaram resultados similares entre si, tanto no topo quanto na superfície. O topo das amostras, independente do grupo, também apresentaram valores próximos. Não houve diferença estatística em relação ao momento de avaliação (imediato ou tardio) da conversão dos monômeros. Conclui-se que resina composta do tipo bulk fill apresenta menores valores de tensão de contração residual em cavidade de LCNC. A técnica com incrementos paralelos acumulou os maiores valores de tensão. O grau de conversão foi satisfatório para as duas resinas e as técnicas de inserção avaliadas.
Abstract: O objetivo deste trabalho foi analisar a influência do tipo de resina composta e a técnica incremental no efeito da tensão de contração residual e grau de conversão em cavidade de lesão cervical não cariosa (LCNC). Para o método de elementos finitos, pré-molar superior hígido foi seccionado, fotografado e a distância vestíbulo-lingual mensurada. Esta imagem foi exportada para o software ImageJ e os pontos de coordenadas das superfícies das estruturas foram obtidos e enviados para o programa MSC Marc. Curvas caracterizando as estruturas foram criadas e as seguintes técnicas restauradoras com resina composta foram simuladas: bulk-fill (BK); convencional 1 incremento (C1); convencional paralelo (CP); e convencional oblíquo (CO). As estruturas foram consideradas isotrópicas. A contração de polimerização foi simulada por analogia térmica. A distribuição das tensões foi expressa nos parâmetros de von Mises modificado, analisados na própria geometria e em gráficos. Para a análise do grau de conversão, utilizou-se o Espectrofotômetro de InfraVermelho por Transformada de Fourier – FTIR, com elemento acoplado de reflectância total atenuada (ATR), infravermelho médio (MIR) e detector de sulfato de triglicina deuterada (DTGS). As amostras foram confeccionadas em matriz cilíndrica de silicone por adição com diâmetro e espessura de 2mm, também de acordo com os fatores em estudo. Para a técnica de incremento único, fotoativação de 20 segundos foi realizada com unidade LED com irradiâncida de 1200 mW/cm2. Já para as técnicas de 3 incrementos, após cada inserção, o material foi fotoativado por 20 segundos. O grau de conversão foi mensurado imediatamente e após 24 h. Os espectros nos estados polimerizado e não polimerizado da resina composta foram obtidos por meio do software OPUS (Spectroscopy Software, Bruker Optik GmbH, Ettlingen, Germany). A resina bulk fill apresentou distribuição de tensão mais homogênea comparada com todas as técnicas da resina composta convencional. Em relação à disposição dos incrementos da resina convencional, CP apresentou maiores valores de tensão no ângulo cavo superficial da parede oclusal (100,04 MPa). C1 concentrou altos níveis de tensão na interface e dentina próxima da cavidade e CO concentrou mais tensão próximo do ângulo da lesão (21,43 MPa). Quanto ao grau de conversão analisado imediatamente, foram observados maiores valores ao avaliar o fundo das amostras dos grupos CP E CO (58,2% e 58,5%, respectivamente). BK E C1 apresentaram resultados similares entre si, tanto no topo quanto na superfície. O topo das amostras, independente do grupo, também apresentaram valores próximos. Não houve diferença estatística em relação ao momento de avaliação (imediato ou tardio) da conversão dos monômeros. Conclui-se que resina composta do tipo bulk fill apresenta menores valores de tensão de contração residual em cavidade de LCNC. A técnica com incrementos paralelos acumulou os maiores valores de tensão. O grau de conversão foi satisfatório para as duas resinas e as técnicas de inserção avaliadas.
Keywords: Resina Composta
Tensão de Contração
Grau de Conversão
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::MATERIAIS ODONTOLOGICOS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Citation: GUEDES, Fernanda Rodrigues. Análise da técnica restauradora em cavidade de lesão cervical não cariosa no efeito da tensão de contração residual e grau de conversão. 2017. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19687
Issue Date: 3-Jul-2017
Appears in Collections:TCC - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Análisedatécnicarestauradora.pdfTCC1.96 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.